cobogó

Casa térrea em Goiânia

por Cris Campos - 07 de outubro de 2014

Casa térrea com linhas retas, ambientes integrados e muitos elementos da arquitetura modernista brasileira. 

cobogo-na-fachada

fachada-de-casa-terrea (1)

A fachada principal é formada por um volume único quebrado apenas pela porta de madeira e por uma parede de cobogós, preservando o interior da vista da rua.

casa_patio_leo_romano_edgard_cesar_2

fachada-de-casa-terrea (2)

Já as fachada interna revelam toda a arquitetura,  distribuição dos setores e ambientes da casa, já que todos se voltam para a área de lazer. As suítes ficam mais distantes e são protegidas por grandes brises que garantem maior conforto térmico e acústico.

sala-de-estar-2

sala-de-estar

espaço-gourmet

A sala é toda aberta e integrada, o que favorece o uso e o convívio da família. Na decoração, móveis de design e obras de arte nacionais, como telas de artistas como Antônio Poteiro. A parede do fundo e o piso da sala e da varanda são revestidos com mármore travertino. Os trilho na foto mostra que as esquadrias permitem integração total da sala com a área de lazer.

varanda (2)

varanda (1)

A varanda tem dimensões generosas, cobertura em balanço e móveis confortáveis e convidativos. Amei a mesa de madeira com as cadeiras coloridas!

cozinha-gourmet

casa-do-patiocozinha-integrada

O espaço gourmet e a cozinha são separados por uma porta de alumínio que permite abertura total, permitindo que uso seja o prolongamento do outro, o que facilita muito o uso. Adoro essa ideia! Repare que as bancadas são iguais, mas na cozinha a bancada de sentar e mais baixa e mais confortável para o dia-a-dia.

quart-de-casal

Que delícia o quarto todo aberto para o quintal!

Projeto: Leo Romano. Fotos: Edgar Cesar

+ projetos de casas / + fachadas

UPDATE: Quem aqui também é apaixonado pelo programa CASA BRASILEIRA do GNT? Essa semana o programa foi exatamente sobre o Leo Romano e mostrou todos os detalhes dessa casa linda, inclusive aos olhos da moradora. Fiquei ainda mais encantada com o projeto! O programa vai ao ar aos domingos, 23hs, mas tem vários  horários de reprise: domingo às 23h, segunda às 23h30, quarta às 16h30, sexta às 10h30, sábado às 05h30 e às 06h e domingo, às 19h.

Comente Aqui (10)

Casa no Paraná

por Cris Campos - 27 de agosto de 2013

Essa casa de arquitetura modernista volumétrica foi projetada pelo arquiteto Guilherme Torres. A volumetria foi pensada para preservar a intimidade da família e é marcada por uma mistura de materiais interessante e funcional.

bt-house-studio-guilherme-torres__mg_0122-3-1000x672bt-house-studio-guilherme-torres__mg_0017-3-528x333 As fachadas que dão para a rua são formadas por dois volumes marcados pela diferença de materiais – tijolos e concreto com madeira. Chama a atenção também o paisagismo de Alex Hanazaki, que ganhou leveza e movimento com o uso do Capim do Texas.

bt-house-studio-guilherme-torres__mg_0407-3-1000x659Já as fachadas internas deixam a casa totalmente aberta e integrada com o terreno através de grandes portas de correr.

bt-guilhermetorres bt_guilhermetorres2

No andar de cima o arquiteto fez uma releitura do muxarabi, um elemento clássico da arquitetura oriental, que chegou ao Brasil através dos portugueses. Ele protege os ambientes do vento, do sol e dos olhares externos, mas permitem a vista de dentro pra fora. Adoro a forma que ele foi usado, ajudando a marcar o volume de concreto.

bt-house-studio-guilherme-torres__mg_0325-3-1000x650

bt-house-studio-guilherme-torres__mg_0180-1-1000x666

Internamente a casa é formada por espaços internos leves e bem iluminados, que ganharam uma decoração moderna e atual. Na sala as cores dos móveis se destacam nas paredes brancas e fogem do convencional. Outro ponto forte são os móveis de design assinado – o sofá e as mesas foram criados pelo próprio Guilherme Torres e convivem com poltrona Mole e as cadeiras Oscar, de Sérgio Rodrigues e outras peças de Carlos Motta.

bt-house-studio-guilherme-torres__mg_0358-2-1000x650Nesse outro angulo da sala dá pra ver a linda parede de tijolos aparentes – adoro quando um material da fachada invade também os ambientes internos. Aqui ficou perfeito!

bt-house-studio-guilherme-torres__mg_0346-2-1000x647A sala de jantar é bem moderna, adorei a mesa de laca azul e o mix de pendentes do Tom Dixon.

bt_guilhermetorres4A cozinha, mesmo totalmente preta, não ficou escura por causa da abertura para um pátio interno bem iluminado e ventilado. Os vasos que ficam ali receberam uma horta.

bt-house-studio-guilherme-torres__mg_0229-1-1000x666 bt_guilhermetorres3A suíte do casal é simples e minimalista. Aqui dá pra ver como os muxarabis permitiram grandes aberturas, mas com privacidade.

bt-house-studio-guilherme-torres__mg_0267-1-1000x666 bt-house-studio-guilherme-torres__mg_0273-2-1000x666Os quartos dos filhos são modernos e coloridos, refletindo a personalidade das crianças. O quarto da menina ganhou paredes revestidas com madeira e uma estante linda com nichos coloridos.

bt-house-studio-guilherme-torres__mg_0286-1-1000x666 bt-house-studio-guilherme-torres__mg_0300-2-1000x666

No quarto do menino foram usados vários tons de azul nos móveis e nas paredes.

Imagens Denilson Machado.

+ Veja o perfil do arquiteto Guilherme Torres aqui!

Comente Aqui (9)

Painéis vazados (2)

por Mariana Lombardi - 21 de agosto de 2012

—-> continuação de Cobogós e Painéis Vazados 1

Mais uma seleção de projetos com painéis vazados – hoje, painéis mais delicados do que os apresentados nos posts anteriores – que podem ser usados nas mais variadas escalas, desde a fachada até biombos.

A Sakura House em Meguro, Japão, é de uma beleza indescritível! A casa tem as fachadas e várias paredes do seu interior feitas de painéis furados com desenhos inspirados nas flores de sakura. Projeto de Mount Fuji Architects Studio. (mais aqui)

Este projeto nem está dentro do contexto do post, mas não resisti… é lindo demais, gente! O restaurante japonês Tori Tori fica na Cidade do México e ganhou o prêmio de prédio do ano de 2011 no site Archdaily. A fachada é composta de duas camadas de chapas de aço que parecem sair do chão formando um painel vazado iluminado. Para quem se interessou tem mais mais aqui. Projeto Rojkind Arquitectos + ESRAWE Studio.

A fachada deste centro cultural tem um painel de aço cortén com desenhos circulares que fica afastado do corpo do prédio. Via Semple Brown Design. / Na loja Volume B a fachada é de ferro em várias camadas formando um painel quadriculado. Projeto Studio MK27 – Márcio Kogan.

Entre a sala de jantar e a de estar, um leve painel vazado de ferro separa sutilmente e ao mesmo tempo decora os dois ambientes. Para quem gosta de casa colorida, este mix está bem interessante! Projeto Rachel Rodrigues.

Entre o quarto e o banheiro semi-integrados, um lindo painel de ferro torcido (dá pra ver o desenho refletido no espelho) + bancada preta + madeira.

Lindo biombo branco com desenho delicado + iluminação colorida + mix de cores e estampas. Via Missoni Home.

Quarto com biombo branco e delicado que isola a cama da porta de entrada.

No hall de entrada do escritório do Skype, em San Francisco, um painel recortado preso no teto e no piso (parece de vinil ou plástico) demarca a área de espera.

Entre a cozinha e a sala de jantar o balcão tem janela com acabamento vazado formando um lindo painel vazado. Projeto Mck architects.

A sala de reunião do escritório da Red Bull em Amsterdam tem paredes feitas de aço recortado em formato de bolas de vários tamanhos. Projeto Sid Lee Architecture, via ArchDaily. (mais aqui)

Neste banheiro de bebê a parede tem acabamento em corian recortado com bolas de vários tamanhos. Projeto Consuelo Jorge para Casa Cor São Paulo.

O saguão do Riviera Palm Springs Hotel (USA) impressiona com os enormes painéis de madeira com desenhos florais + iluminação colorida no fundo. (mais aqui)

A cabeceira da cama recebeu um painel vazado de madeira com iluminação embutida. Projeto Samara Barbosa e Michele Krauspenhar para a Casa Cor Paraná.

Nos perguntaram sobre o painel da casa do Sarmento na novela Cheias de Charme. Não tenho certeza, mas acredito que o princípio seja parecido com alguns exemplos acima: um painel de madeira recortado com iluminação no fundo. Neste caso, parece que tem um acrílico branco leitoso para esconder a iluminação. Alguém tem outra sugestão?

CONTINUA AQUI

Comente Aqui (20)