cobogó

Parede da semana

por Mariana Lombardi - 15 de novembro de 2011

A fachada da loja Valisère, em São Paulo, é encantadora! Uma parede de cobogós personalizados (feitos de resina translúcida), brinca com a logomarca da empresa e transforma o hall de entrada num espaço único.

Durante o dia, quando os raios de sol passam pelo cobogó, o desenho marca o piso e cria um efeito que parece uma renda. Além disso, à noite, a vitrine é iluminada por led que muda de cor.

E esta porta pink, hein?! Tudo a ver com o conceito de uma loja de lingerie, super feminina… amei! ♥

.

Projeto de Patrícia Anastassiadis e do cenógrafo Edgard Octávio. /

Via Arcoweb –>clique para ver o projeto completo.

 

Comente Aqui (4)

Casa Tangram – Brasília

por Cris Campos - 14 de agosto de 2010

Essa casa de 320 m², localizada em um condomínio de Brasília, teve suas proporções inspiradas no Tangram, um quebra-cabeça do século XVIII de origem chinesa, em que formas geométricas possibilitam a formação de diversas figuras. O resultado foi uma volumetria ao mesmo tempo simples e original, o que torna esse projeto tão interessante. Os responsáveis são os arquitetos e nossos queridos amigos Henrique Coutinho, Daniel Mangabeira e Matheus Seco, do escritório DOMO Arquitetos Associados e está concorrendo ao Prêmio “O melhor da Arquitetura”, da revista Arquitetura & Construção, na categoria Residência Urbana de 200 a 500m2.  Que orgulho… eles merecem!

1_casa_tangram

Seguindo o pedido dos clientes, a casa possui 2 volumes interligados. O primeiro tem dois pavimentos, e abriga 3 quartos, escritório, sala, cozinha e copa integrada, além da área de serviço. O segundo volume é térreo e contém uma estrutura para hóspedes com entrada independente. Entre os dois, uma grande varanda integrada à churrasqueira também pode abrigar a coleção de veículos antigos dos moradores. No fundo do terreno, na parte mais baixa, fica uma garagem com oficina. A fachada principal possui um volume revestido em madeira, que abriga o escritório. O projeto ainda levou em consideração a inclinação do terreno, a orientação solar, a possibilidade de reutilização de água de chuva e a otimização da iluminação e ventilação naturais.

8_casa_tangram

A porta principal foi executada em vidro translúcido, dando privacidade ao interior da fachada voltada para a rua, mas sem impedir a entrada de luz natural.

2_casa_tangram

Em cima do segundo pavimento, o volume triangular abriga as caixas d´água e os reservatórios superiores de águas pluviais. Segundo os arquitetos, esta água é armazenada em um reservatório subterrâneo na parte mais baixa do terreno para depois ser bombeada para os reservatórios superiores e utilizada para irrigação de jardins e descarga dos sanitários.

6_casa_tangram

Cobrindo os volumes térreos, um grande terraço se abre para a vista de uma área de proteção ambiental que fica nas redondezas do condomínio. O piso foi coberto com argila expandida.

4_casa_tangram

A varanda/garagem é o ponto central da casa e se abre para o quintal. Ao fundo fica a churrasqueira, cujo balcão foi revestido com ladrilhos hidráulicos coloridos.

 

casa-com-cobogo

A fachada voltada para o Noroeste é revestida por cobogós de diversos padrões, que foram comprados de uma demolição e reaproveitados neste projeto. Esse material, por ser vazado, permitiu a ventilação cruzada em toda a extensão do térreo da casa, e fez um contraponto com o desenho moderno das fachadas.  A noite, a iluminação de baixo pra cima valoriza o material e o efeito é lindo!

claraboia-na-escada

 

A escada possui aberturas zenitais para a entrada de iluminação e ventilação naturais. / A porta de vidro é protegida pela esquadria de madeira, composta por brises que bloqueiam o sol em determinados horários do dia.

9_casa_tangram

*Gostou??? Vote no prêmio “O melhor da Arquitetura” aqui!

Veja mais projetos de casas aqui.

Comente Aqui (2)

Cobogó

por Mariana Lombardi - 11 de janeiro de 2010

Scott Schuman, o badalado fotógrafo do blog The Sartorialist, está no Brasil para o Fashion Rio. Suas fotos são sempre um sucesso por retratar (e ditar) tendências para o mundo inteiro.

Na foto publicada esta semana, o que mais me chamou atenção (além da bolsa maravilhosa e todo o estilo da moça!), foi o painel vazado que está logo atrás. O painel de cobogós com pintura branca e iluminação azulada criou um efeito muito legal!

tipos de cobogo

Cobogó é um tijolo vazado, um elemento totalmente brasileiro que foi criado em Pernambuco, e pode ser feito em cimento, cerâmica e até vidro. Funciona para fechamento ou divisão de ambientes permitindo a passagem de luz e ventilação. Tudo a ver com o mega calor que está fazendo no verão do Rio de Janeiro nessa época, não é?!

biblioteca publica brasilia

cobogo-predios brasilia

Em Brasília, vários prédios mais antigos da Asa Sul e Norte possuem cobogós nas fachadas, corredores ou áreas de serviço. Até mesmo a recente Biblioteca Pública Nacional, projeto de Oscar Niemeyer, tem as fachadas feitas com o material. Pode-se dizer que o cobogó é uma marca da cidade!

cobogo arquitetura

Fachadas feitas com 4 tipos de cobogó. Projeto Domo Arquitetos, Casa Cor Brasília 2008.

restaurante coco bambu brasilia

Cobogó pintado de preto e usado como se fosse um biombo para separar os ambientes. Restaurante Coco Bambu Brasília, projeto Raquel Fechina.

Dois tipos de cobogó isolam a sala de estar. Projeto André Alf para a Mostra Artefacto Brasília.

Fachada ma-ra-vi-lho-sa do Hotel Qing Shui Wan, na China. Observem que foi usado apenas um tipo de cobogó, mas a iluminação fez toda diferença!

Esta fachada tem a mesma ideia da anterior, mas neste caso o cobogó não é vazado. Loja Hi-Lo, em Belo Horizonte.

kogan2

O arquiteto Márcio Kogan criou o Cobogo Haaz,  uma versão mais moderna do cobogó feita em mármore branco para uma exposição na Turquia. Lindo demais!

Inspirações… parece mas não é!

casa cor sao paulo renda

Chapas de alumínio que reproduzem um desenho rendado foram aplicadas sobre uma grande caixa de madeira. Projeto Marcia Coelho para a Casa Cor São Paulo 2009.

fachada loja farm rio

Treliças de ferro que lembram o assento de uma cadeira de palha. Fachada da loja Farm de Ipanema, projeto Bel Lobo.

cobogo moderno

A fachada recria elementos da arquitetura árabe sob nova ótica, uma releitura dos muxarabies treliçados de madeira. Os diafragmas são metálicos e possuem aberturas em diversos tamanhos e formas geométricas que se abrem e fecham de acordo com as condições externas de luz, como se fossem uma câmera fotográfica.Instituto do Mundo Árabe em Paris, projeto do arquiteto Jean Nouvel.

CONTINUA AQUI

Comente Aqui (33)