Casa no Paraná

por Cris Campos - 27 de agosto de 2013

Essa casa de arquitetura modernista volumétrica foi projetada pelo arquiteto Guilherme Torres. A volumetria foi pensada para preservar a intimidade da família e é marcada por uma mistura de materiais interessante e funcional.

bt-house-studio-guilherme-torres__mg_0122-3-1000x672bt-house-studio-guilherme-torres__mg_0017-3-528x333 As fachadas que dão para a rua são formadas por dois volumes marcados pela diferença de materiais – tijolos e concreto com madeira. Chama a atenção também o paisagismo de Alex Hanazaki, que ganhou leveza e movimento com o uso do Capim do Texas.

bt-house-studio-guilherme-torres__mg_0407-3-1000x659Já as fachadas internas deixam a casa totalmente aberta e integrada com o terreno através de grandes portas de correr.

bt-guilhermetorres bt_guilhermetorres2

No andar de cima o arquiteto fez uma releitura do muxarabi, um elemento clássico da arquitetura oriental, que chegou ao Brasil através dos portugueses. Ele protege os ambientes do vento, do sol e dos olhares externos, mas permitem a vista de dentro pra fora. Adoro a forma que ele foi usado, ajudando a marcar o volume de concreto.

bt-house-studio-guilherme-torres__mg_0325-3-1000x650

bt-house-studio-guilherme-torres__mg_0180-1-1000x666

Internamente a casa é formada por espaços internos leves e bem iluminados, que ganharam uma decoração moderna e atual. Na sala as cores dos móveis se destacam nas paredes brancas e fogem do convencional. Outro ponto forte são os móveis de design assinado – o sofá e as mesas foram criados pelo próprio Guilherme Torres e convivem com poltrona Mole e as cadeiras Oscar, de Sérgio Rodrigues e outras peças de Carlos Motta.

bt-house-studio-guilherme-torres__mg_0358-2-1000x650Nesse outro angulo da sala dá pra ver a linda parede de tijolos aparentes – adoro quando um material da fachada invade também os ambientes internos. Aqui ficou perfeito!

bt-house-studio-guilherme-torres__mg_0346-2-1000x647A sala de jantar é bem moderna, adorei a mesa de laca azul e o mix de pendentes do Tom Dixon.

bt_guilhermetorres4A cozinha, mesmo totalmente preta, não ficou escura por causa da abertura para um pátio interno bem iluminado e ventilado. Os vasos que ficam ali receberam uma horta.

bt-house-studio-guilherme-torres__mg_0229-1-1000x666 bt_guilhermetorres3A suíte do casal é simples e minimalista. Aqui dá pra ver como os muxarabis permitiram grandes aberturas, mas com privacidade.

bt-house-studio-guilherme-torres__mg_0267-1-1000x666 bt-house-studio-guilherme-torres__mg_0273-2-1000x666Os quartos dos filhos são modernos e coloridos, refletindo a personalidade das crianças. O quarto da menina ganhou paredes revestidas com madeira e uma estante linda com nichos coloridos.

bt-house-studio-guilherme-torres__mg_0286-1-1000x666 bt-house-studio-guilherme-torres__mg_0300-2-1000x666

No quarto do menino foram usados vários tons de azul nos móveis e nas paredes.

Imagens Denilson Machado.

+ Veja o perfil do arquiteto Guilherme Torres aqui!

Comente Aqui (9)
Comente Aqui

  1. Ludmilla Bessa
    30 de agosto de 2013 às 21:18

    Olá meninas!!!

    O blog de vcs é fantástico! Vcs estão de parabéns!! Estou decorando meu apartamento e estou adorando as dicas e os post’s!

    Vcs sabem me informar qual o tamanho da mesa de laca azul da varanda?

    Bjos

    Ludmilla

    • Mariana Lombardi
      05 de setembro de 2013 às 16:46

      Oi Ludmilla,
      Aí vai um chute: 4,00×1,20!
      bjos
      Mari

  2. 03 de setembro de 2013 às 17:55

    Eu gostei mesmo é dessa piscina com revestimento claro! Passa uma imagem de natural, de um riacho de água cristalina. Que material será que ele usou? Revestimento cerâmico convencional?

    • Mariana Lombardi
      05 de setembro de 2013 às 16:45

      Oi Wagner,
      a piscina foi revestida de pastilha vulcânica. Tb sou apaixonada pelo efeito desse material!
      bjo
      Mari

  3. mia
    21 de dezembro de 2013 às 15:16

    Mari, esse cara está bombando, assim como o alagoano Oswaldo Tenório, são da mesma geração. O que me chamou a atenção nesse projeto foi o recurso fantástico dos muxarabis: alia beleza e utilidade. Reparo que ele gosta muito de usar esse tom de azul nos projetos, e eu nem gosto tanto da cor pra essa finalidade, mas tenho que reconhecer que ele se sai muito bem, e vcs também na seleção do que é mostrado aqui, né?
    Bjk

  4. 03 de março de 2014 às 15:15

    Belas imagens compartilhando aqui!

  5. tiago
    24 de junho de 2014 às 00:33

    gostei muito das dicas ….
    temos empresa especializada em madeiras especiais , mesas especias em tora .. fica site ai http://www.lojabarrosmadeiras.com.br

  6. Tânia
    04 de Maio de 2015 às 13:05

    Meninas, parabéns pelo blog ! Estou para pintar minha casa e me sugeriram pintar a fachada de cinza concreto com uma textura. A primeira casa desta edição e’ bem parecida com a minha. Vcs poderiam passar o nome da cor da primeira casa e outras sugestões no cinza e o tipo de textura q não seja muito carregada ?!Muito obrigada !!!!

    • Mariana Lombardi
      06 de Maio de 2015 às 08:40

      Oi Tânia,
      Dá uma olhada nos nossos posts sobre cores de tinta: BUSCA REFINADA > TINTAS
      Já sugerimos vários tons de cinza, compre umas 3 cores diferentes (em latinas pequenas para teste mesmo) e teste na sua casa para definir a sua preferida.
      bjos,
      Mari