Cozinha Gourmet | assim eu gosto
Cozinhas com ilha (2)
Postado Por - 26 de agosto de 2014

——-> Continuação Cozinhas com ilha.

cozinha com ilhaCozinha moderna com um mistura interessante de materiais: cimento queimado + silestone + tijolinho aparente + mdf preto + inox. Apesar de não ser uma cozinha grande foi possível fazer a ilha central. Projeto Giovana Guerra.

marcia_campettiCozinha grande com uma mesa fixada na ilha central. A cor laranja usada na mesa e nas luminárias pendentes alegrou o ambiente e quebrou a neutralidade do bege + madeira. Projeto Márcia Campetti.

cozinha consuelo jorgeNessa cozinha a bancada em ilha ficou disfarçada pelo balcão com banquetas em frente. A base toda branca ficou mais aconchegante com o uso da madeira no painel do fundo. Projeto Consuelo Jorge.

cozinhaMais uma vez a madeira aparece para aquecer a cozinha de base (bancada e armários) branca. A combinação somada ao uso da cor na parede do fundo ficou ainda mais bonita. Projeto Mauricio Christen e Claudio Schramm.

cozinha com ilhaNessa cozinha a ilha central não receeu o fogão, como de costume. Ela é apenas um apoio para o preparo dos alimentos e também funciona bem. Projeto Evelin Sayar.

cozinha com ilhaCozinha linda, com cara de casa. Silestone bege + madeira + cerâmicas coloridas que fizeram toda a diferença. #assimeugosto. Projeto Mariana Távora e Fernando Dainese via Casa Cláudia.

cozinha gourmetCozinha grande com ilha e mesa ao centro. O diferencial é o fundo de azulejos coloridos formando um desenho, uma solução barata com um super efeito! Projeto Consuelo Jorge via Casa Cláudia.

Alexandre VieroCozinha moderna com cores sóbrias e desenho funcional. A sanca sobre a bancada garante uma boa iluminação na área de cocção. Projeto Alexandre Vieiro.

+ cozinhas

 

 





Assim eu gosto
Postado Por - 22 de janeiro de 2012

Muito bonito esse espaço gourmet! Gosto demais desse tipo de integração, onde os painéis de madeira podem abrir ou fechar, dependendo do uso da cozinha. Repare também na emenda do piso: na sala são tacos de madeira, na cozinha é um porcelanato, um fica coladinho no outro e a combinação dá super certo.

A decoração é toda branca, e a textura dos tijolinhos pintados dá um ar mais rústico e aconchegante. Já o balcão de madeira se destaca e reforça a integração com a sala, onde predomina esse material. A iluminação indireta em rasgos no gesso também merece destaque! Que delícia ter um espaço assim pra cozinhar e receber os amigos, né?

Projeto: Adriana Valle e Patricia Carvalho. Via Estudio MCA.

+ Cozinhas





Assim eu gosto
Postado Por - 18 de novembro de 2011

Linda cozinha, onde o ponto forte é realmente a ilha central. Seu desenho curvo explora com perfeição as propriedades do corian, trabalho do nosso querido colega Miguel Gustavo, arquiteto aqui de Brasília. O branco da ilha também chama a atenção, destacado pelos tons de bege e off-white do armário amadeirado e dos porcelanatos usados no piso e nas paredes. A mesa no primeiro plano é de vidro chocolate. Linda!

Projeto: Miguel Gustavo para Casa Cor Brasília 2011.
Foto: Clausem Bonifácio.

——-> Veja outras cozinhas com ilha aqui!

+ Cozinhas





Assim eu gosto
Postado Por - 05 de maio de 2011

Adorei essa cozinha gourmet, é compacta porém funcional. Os acabamentos rústicos, com muita madeira, tornaram o ambiente super aconchegante para reunir os amigos em volta da mesa e bem pertinho de quem vai cozinhar, já que o fogão fica bem em frente. O detalhe do quadro negro na parede funciona super bem pra anotar receitas, o menu do dia… Foto: Desire to Inspire.

Veja todos os posts sobre cozinhas aqui!

Veja outras ideias de quadro negro na parede aqui!





Loft sustentável
Postado Por - 03 de dezembro de 2010

O Loft Sustentável foi projetado pela arquiteta Beta Pollis para a Casa Cor Brasília 2010.

A idéia era mostrar ao público que ambientes sustentáveis podem ser elegantes e luxuosos, fazendo com que as pessoas incorporem a sustentabilidade como um estilo de vida, se importando cada vez mais com o futuro do planeta e das novas gerações e procurando o uso consciente dos recursos e materiais disponíveis.

Dessa forma, o loft foi pensado para um casal sofisticado, que não abre mão de conforto e escolheu um modo de vida sustentável, cultivando verduras e legumes em sua própria horta, usando a bicicleta como meio de transporte e buscando toda a tecnologia disponível para uma construção que cause menos impacto ao meio ambiente.

A fachada tem desenho moderno, com platibandas escondendo o telhado e uma linda combinação de pedra, vidro e madeira. A porta de entrada é linda, ocupa quase todo o pé-direito duplo e é feita com madeira de reflorestamento.

A implantação da construção no terreno foi pensada para que a insolação fosse adequada. Assim, a fachada que recebe o sol da manhã é envidraçada e ali se localiza a horta. A fachada que recebe o sol da tarde é mais fechada e recebeu um telhado verde que ameniza a temperatura do interior em até 10%.

A estrutura da edificação é metálica, com alguns elementos de madeira e fechamentos em vidro ou alvenaria. Os enormes panos de vidro receberam uma película com 70% de proteção contra os raios ultravioleta. Quando acabar o evento, esses vidros serão reciclados. As pedras que revestem partes das fachadas são, na verdade, tiras reaproveitadas dos cortes de placas de granito para um efeito chamado spaccato.

No interior, uma palmeira que já existia no terreno ocupa todo o pé direito duplo e recebe irrigação proveniente dos drenos do ar condicionado. A sala recebeu uma decoração sofisticada, com tecidos naturais, como seda e linho, e muitos móveis atemporais com design assinado. Foram usados também alguns móveis antigos, feitos com madeiras que nem existem mais. A combinação de tons neutros e terrosos, associada à iluminação indireta, cria uma atmosfera aconchegante.

Uma das idéias mais legais desse projeto é a horta, que foi colocada numa caixa de aço corten formando uma jardineira que invade a cozinha gourmet, lá no fundo da foto. A horta apresenta uma tecnologia de cultivo japonesa, onde se cultivam hortaliças e alguns legumes com um substrato de apenas 10cm. Essa mesma tecnologia foi utilizada para o cultivo da grama que cobre o telhado verde. A cozinha gourmet, que recebe o sol da manhã, é coberta por uma enorme clarabóia, que permite a entrada de bastante luz natural.

Vários recursos de automação foram utilizados, não só para controlar a iluminação, através de sensores de insolação, mas também a irrigação da horta e do telhado verde. Outros conceitos essenciais para construções sustentáveis também foram abrangidos, como a captação e reuso de águas pluviais e do chuveiro, lavatórios e lavandeira para a limpeza e irrigação.

O piso da sala é em mármore, mas nesse caso ele foi utilizado numa versão super fina, de 5 mm.  No hall da escada, onde ficam as bicicletas, o piso é um cimentício. No fundo da escada foi utilizado o cimentício Rerthy, que foi fabricado conforme o desenho da própria arquiteta. A escada é bem leve, executada com estrutura metálica, degraus de madeira soltos e guarda-corpo em vidro temperado.

O projeto também priorizou a ventilação cruzada e os aparelhos de ar-condicionado escolhidos possuem  características que minimizam seu impacto no meio ambiente, como baixo consumo de energia, filtros que previnem bactérias e o gás que não agride a camada de ozônio. No piso do quarto, madeira de demolição.

Além de apresentar soluções viáveis e sustentáveis em um loft muito bem dividido e elegantemente decorado, é importante destacar toda a preocupação com a sustentabilidade da obra, executada para um evento com duração de apenas 40 dias, onde normalmente o que se vê é um desperdício enorme. Nesse caso, alguns materiais utilizados vieram de demolições de outras obras e, após a desmontagem, muitos elementos serão reaproveitados em outras construções, como toda a estrutura metálica. Telhas, fiação e tubulações serão doados e os vidros e entulhos serão reciclados.

Veja também: Tacos reaproveitados na paredeo que é um loft?






Diariamente, recebemos vários comentários e emails pedindo dicas ou soluções para algum detalhe específico. Tentamos responder à maioria, mas é impossível atender a todos imediatamente. Então, se você deixou algum recadinho por aqui, ele será respondido ou um post será feito pra deixar tudo bem explicado!