rústico

Casa de praia em Paraty

por Cris Campos - 09 de março de 2011

A arquitetura marcante de  Bernardes + Jacobsen somada ao sofisticado projeto de interiores de Fernanda Marques resultaram nessa casa deslumbrante – por dentro e por fora – em Paraty, no estado do Rio de Janeiro.

O pedido dos proprietários foi uma casa transparente e totalmente integrada com a paisagem, o que foi obtido a partir das enormes esquadrias de aço e vidro. São 950m² construídos em estrutura metálica que, no projeto de interiores foi revestida de madeira com o intuito de proteger o aço dos efeitos da maresia.

A fachada evidencia a estrutura metálica revestida em madeira, uma perfeita combinação com os grandes painéis de vidro. A piscina tem em sua volta um banco, uma ideia ótima para tomar sol e conversar dentro d’água.

As fachadas com maior insolação foram protegidas com painéis de madeira ripada, que deixam passar a ventilação e não vedam totalmente a vista.

O mármore travertino bruto, um material que eu adoro por ser sofisticado e rústico ao mesmo tempo, foi escolhido para o piso de toda a área social, além dos quartos e banheiros. A sala é maravilhosa! A decoração segue o mesmo princípio da arquitetura: móveis com desenho moderno se misturam a materiais e acabamentos rústicos.

Na sala é possível notar toda a integração obtida pelo projeto, tanto entre os ambiente como com a paisagem. São enormes esquadrias de vidro e pouquissímas divisões internas. Assim, a luminosidade natural invade os ambientes tornando-os ainda mais agradáveis.

O forro de madeira dá continuidade ao revestimento da estrutura. Os poucos móveis são predominantemente baixos para não atrapalhar a integração.

A decoração do home theater dá continuidade à do restante da casa, com painéis em madeira e móveis baixos em laca branca. Aqui, ao invés do tradicional sofá, duas chaises, com dimensões de cama, oferecem conforto e aconchego. As almofadas listradas da Missoni são lindas!

Os quartos possuem uma vista maravilhosa para o mar e são totalmente integráveis ao terraço do segundo pavimento atráves de portas de madeira tipo camarão.

O travertino do piso se repete nas paredes e bancadas dos banheiros, que também se abrem para a deliciosa vista do terraço.

O paisagismo reforça a integração da casa com a natureza. O mármore travertino bruto também reveste as calçadas de acesso à residência.

Que lugar lindo! Eu passaria uma tarde inteira nessa poltrona…

* Como vocês já devem ter percebido, somos super fãs do trabalho do escritório Bernardes e Jacobsen. Veja mais 2 projetos deles publicados aqui no blog: Casa no Saco do Mamanguá e Casa moderna em São Paulo.

Fotos: Demian Golovaty – Via Revista D`Casa.

+ projetos de casas / + fachadas

Comente Aqui (5)