mostras de decoração

Quarto de menina – provençal

por Mariana Lombardi - 17 de maio de 2012

Este belo quarto de menina em estilo provençal é todo clarinho, com detalhes românticos e delicados. Com 43 m², foi feito para a Casa Kids 2011, pensado para uma menina de 4 anos.

Todos os móveis são bem trabalhados, feitos com madeira entalhada e com belos acabamentos. A cama, que fica centralizada no ambiente, tem dossel, o que a deixa ainda mais romântica.

A parede atrás da cama tem lambri com pintura azul clara e papel de parede delicado floral. O enxoval tem tecidos coordenados misturando estampas e cores em tons pastéis. Olha a delicadeza dos detalhes, como a escadinha com bichos de pelúcia!

Numa das laterais do quarto fica o banheiro, que foi separado por um biombo de madeira clara e palha.

O banheiro é todo integrado ao quarto e apenas o box fica fechado pelo vidro temperado.

No outro lado do quarto fica o espaço de brincar, com casinha de madeira e mesinha de criança.

A casinha tem o mesmo estilo provençal da decoração do resto do quarto, é a coisa  mais linda! E o bercinho de boneca, alguém me expica?! ♥ ♥ ♥

Projeto: Maite Maiani. Via: Uol Casa.

+ quartos de criança

Comente Aqui (18)

Quarto para cadeirante

por Mariana Lombardi - 03 de dezembro de 2011

Hoje é o Dia Internacional dos Deficientes Físicos e a acessibiliade ainda é um grande problema para os 35 milhões de brasileiros que são portadores de necessidades especiais. A legislação é boa, mas o cumprimento dela ainda é o grande desafio, pois a maioria dos espaços públicos ainda não atendem às normas arquitetônicas definidas pela ABNT, como: escadas e rampas no pradrão adequado, banheiros com adaptação, e vagas de estacionamento sinalizadas e com espaço lateral para o cadeirante desembarcar sem ajuda.

Você sabia? >> Um imóvel arquitetonicamente adaptado à necessidades especiais tem uma valorização de até 30%, e sua comercialização é rápida quando colocado à venda ou para locação, sendo uma preferência, além dos portadores de necessidades especiais, de idosos, obesos e gestantes.

Pensando nisso…

Lembrei de um belo projeto para a Casa Cor Brasília 2011: um quarto adaptado inspirado no ex-bbb Fernando Fernandes, que ficou paraplégico em 2009, após um acidente de carro. + sobre ele aqui

O objetivo foi criar um espaço bonito, dentro das tendências atuais da decoração e adaptado às normas de acessibilidade, mostrando que é possível conciliar necessidades especiais e beleza.

O quarto tem base neutra, numa mistura de branco + cinza + madeira clara + peças de design (a poltrona jeans é da Diesel) + pontos de cor. Olha como esse quadro colorido deu vida ao ambiente, amei!

O pórtico de madeira clara forma uma caixa que percorre piso, parede e teto > já falamos sobre isso aqui. Adorei os detalhes em turquesa, como o pendente e os vasos de cerâmica.

Esse cantinho é o meu predileto: adorei a mesa baixa de ferro como apoio para livros e enfeites e também a estante branca super diferente. Ao lado, um detalhe da escrivaninha, que tem espaço de folga para o encaixe da cadeira de rodas.

Uma outra vista do quarto. À direita, a parede preta dá acesso ao closet e ao banheiro.

O banheiro adaptado tem bancada mais baixa e espelho inclinado, ideal para o uso do cadeirante. Assim como á área do chuveiro e vaso, que tem barras de apoio cromadas.

Gostei da ideia de usar o preto como base, combinou com o estilo do quarto e ficou super moderno.

>> “Essa homenagem não é só pra mim. Sou apenas a ferramenta. Deficiência e eficiência todas as pessoas têm. Tenho eficiências que muitas pessoas não tem, e uma deficiência que é visível. Então sinto a responsabilidade e a necessidade de ser um exemplo.” Fernando Fernandes.

Projeto Juliana Santana. / Fotos: Haruo Mikami.

 + ambientes adaptados

Comente Aqui (6)

Sala linda (4)

por Mariana Lombardi - 18 de outubro de 2011

Esta Sala de Estar é um projeto da Casa Cor Brasília 2011, que foi pensado para receber com conforto e elegância, com os acabamentos em tons de bege + preto + madeira.

O espaço foi dividido em três ambientes, separados por estantes de madeira vazadas. No cantinho do bate-papo o destaque é a parede revestida em pedra vulcânica cor ferrugem. Na frente, grandes cachepôs de madeira com plantas artificiais que parecem de verdade!

Ao fundo, as persianas de madeira com acabamento em preto piano, lindas! O espelho colado na parede dá a impressão de continuidade das persianas, ótimo recurso para ampliar ambientes.

No estar principal, a cortina chama a atenção: feita em linho bege escuro, tem um barrado em seda da mesma cor – detalhe lindo que fez a diferença! Sem falar na iluminação embutida no cortineiro que deixou o espaço super agradável.

No meio do ambiente tem uma grande lareira feita em mármore travertino romano bruto, mesmo material usado em alguns pedaços do piso. Duas poltronas de fibra com design de Guto Índio da Costa servem de apoio.

As luminárias do Tom Dixon são um sucesso! Apareceram em vários ambientes da Casa Cor, quase sempre usadas em grupos, todas iguais ou peças diferentes – como aqui neste caso.

No terceiro ambiente da sala, percebe-se a simetria, ou seja, a repetição de alguns elementos presentes no primeiro ambiente, como a parede trabalhada em pedra, os cachepôs em madeira e as persianas pretas.

Projeto Larissa Dias. Fotos Clausen Bonifácio.

+ Casa Cor Brasília 2011

Comente Aqui (1)