sustentabilidade

Morar mais por menos – Rio 2011

por Cris Campos - 10 de setembro de 2011

Emendei um feriadão essa semana no Rio e aproveitei pra conferir a mostra “Morar mais por menos”, que ocupa um casarão na Lagoa até o dia 9 de outubro.

Confesso que não sou a mais fã dessa mostra, pois em todas as edições que visitei aqui em Brasília, achei que a proposta “mais por menos” (=bom, bonito e barato) ficava meio esquecida na grande maioria dos ambientes. Porém, dessa vez, encontrei algumas ideias bacanas, que se não tornaram a decoração barata, pelo menos imprimiram um hi-lo interessante, misturando peças sofisticadas com móveis antigos de família, ideias de “faça você mesmo”, reciclagem, mudança de uso ou reaproveitamento de materiais, dá até pra copiar…

Usamos essa mesma ideia de painéis no Quarto de Futebol da Quarteto. Os tijolinhos, na verdade, são a estampa de um papel de parede. Não é exatamente uma ideia barata, mas há economia de tempo e facilidade para mudar a decoração.

Outra ideia legal é o skate tranformado em quadro, e o grafite decorando a parede atrás da cama.

Esse trabalho é feito por um cadeirante, morador da comunidade Bosque Monte Serrá, em Vargem Pequena. A cadeira ao fundo recebeu o mesmo trabalho. Bacana, né?

Repararam nas bolinhas douradas na parede da esquerda? Foram coladas mais de 3000 etiquetinhas de fechar envelope. Isso é baratinho na papelaria, e tem de várias cores, dá pra copiar!

Esse é um dos ambientes mais bonitos da mostra. Hi-lo puro, com eletrodomésticos de última geração e cadeiras assinadas por Sérgio Rodrigues.

Essas ideias deram um ar irreverente e moderno a esse espaço.

As latinhas foram fixadas com cabos de aço. (A qualidade da foto não ficou boa, mas dá pra ver, né?).

Esse quarto ficou lindinho, depois vou fazer um post sobre ele.

adesivos coloridos

Não amei a combinação de cores, mas a ideia é legal, né?

A parede ao fundo teve a tinta descascada para expôr os tijolos originais da construção.

Imagens: divulgação.

*Veja AQUI outras ideias que você mesmo pode fazer para mudar a decoração da sua casa.

Morar Mais Por Menos
Horário: de 3ª a domingo, das 12h às 21h
Ingressos: R$ 20,00 (de 3ª a 6ª) e R$ 25,00 (sab, dom e feriados)
Local: Av. Epitácio Pessoa, 4.866 – Lagoa / Telefone: (21) 2512-2412

 

Comente Aqui (4)

Lixeira seletiva

por Mariana Lombardi - 13 de abril de 2011

Esta semana brinquei no twitter que estava na “Semana da Sustentabilidade“. Já percebeu o quanto é difícil fazer o que se fala? Todo mundo discute sobre cuidar do planeta, mas pouco é realmente feito. É claro que cada um tem que contribuir um pouquinho para essa mudança, mas ainda acho tudo tão difícil.

Sem falar que O sustentável ainda é muito caro. Numa obra, por exemplo, o resultado fica lindo, mas o alto custo do processo de produção dos materiais ecologicamente corretos deixa o preço inviável para a maioria.

O meu maior problema são os papéis. Num escritório de arquitetura, por mais que tente economizar, são muitos papéis usados e jogados fora no dia-a-dia. E revistas acumuladas? Vááárias! Aí, decidi saber como reciclar tudo isso e fazer a minha parte!

Em Brasília, a Capital Recicláveis (que faz a coleta na minha região) só recolhe a partir de 200 kg, mas pode-se levar na empresa e eles pagam na hora apenas20 centavos o kg de papel branco, 10 centavos o kg de papelão e 6 centavos o kg de papel colorido, revistas e jornais.

Confesso que achei muito trabalhoso… vou continuar a fazer o que é mais fácil: a coleta seletiva de lixo. Uma ação simples e que pode fazer grande diferença para as próximas gerações!

Você tem lixeira seletiva em casa?

Selecionei algumas (são muitas opções disponíveis):

Na Etna tem este modelo feito de plástico que não é muito grande e além de tudo é bem charmosa. Uma ótima opção para começar a se educar em casa! Custa 99,00 e vende aqui.

Lixeiras coloridas que podem ser usadas juntas, mas são independentes. / Ou uma ideia simples: comprar lixeiras coloridas e usá-las em conjunto.

A Brinox tem lixeiras seletivas feitas em aço inox para todos os tipos, identificadas em suas respectivas cores. Apesar de ser uma linha mais profissional, o design é bem bonito e dá pra ter em casa numa boa. Custa 264,00 cada e vende aqui.

Agora me conta, o que você tem feito para contribuir?

Chega no supermercado com a sua ecobag?  Usa caixas de papelão no lugar de sacolas plásticas? Compra produtos biodegradáveis? …

Comente Aqui (4)

Luminárias recicladas

por Cris Campos - 07 de julho de 2010

Adorei essas luminárias do estúdio canadense Organelle. Design interessante, materiais inusitados e um efeito lindo, resultado de muita criatividade. O mais interessante delas está na materia prima: as duas primeiras foram feitas usando… cabides, e a última usou as partes de cima das garrafas pet.  São exemplos de produtos concebidos dentro do conceito de design sustentável, onde o impacto no meio ambiente foi reduzido por meio do reaproveitamento e reciclagem de materiais, além da forma de fabricação artesanal.

Luminária Hangelier 2.1. Amei o desenho e o efeito luz e sombra que ela projeta nas paredes!

Luminária Hangelier 1.2. O brilho da luz no acrílico trouxe um efeito meio translúcido bem interessante.

150 litre chandelier. Olhando de longe parece vidro. Adorei!

 + iluminação

Comente Aqui (2)