bebê e criança

Quarto de menino – verde

por Mariana Lombardi - 12 de julho de 2011

Você resolveu construir a sua tão sonhada casa, finalizou (pagou!) os banheiros, os armários da cozinha, as luminárias….agora, na fase final, tá naquele aperto pra finalizar a decoração de todos os ambientes, certo?

Todo mundo quer terminar a casa e já ter logo tudo pronto, ainda mais o quarto das crianças, que criam muitas expectativas para a mudança. Pensando assim, este projeto de Quarto de Menino é perfeito! Fácil, simples e acessível, pra copiar agora!

O diferencial é a tinta verde usada nas paredes, que criou contrastes e já deixou o quarto cheio de vida. O teto não foi rebaixado em gesso, mas recebeu uma moldura (30cm) colada na parede e pintada de branco – recurso que adoro! 

A cama fica numa plataforma de mdf branco com bordas de madeira carvalho, que já vira a bancada dos brinquedos na lateral. O piso é de madeira em tom médio (pode ser um piso flutuante).

Uma solução barata: armários abertos com prateleiras em mdf e caixas organizadoras. A ideia foi usada tanto para o guarda roupa quanto para a estante de brinquedos, não é tão prática para crianças desorganizadas, mas funcionam numa situação emergencial até serem substituídas.

* Pode ser um quarto de menina, é só adaptar a cor e os enfeites.

Via: Schoener Wohnen

+ quartos de criança

Comente Aqui (15)

Banheiros de bebê

por Cris Campos - 17 de abril de 2011

Com a chegada do bebê não é só o quartinho que precisa ser preparado. O banheiro também é um espaço muito importante e deve ser adaptado forma confortável e funcional. Quem tem espaço pode reservar um banheiro só para o bebê e caprichar na decoração. Dá pra colocar uma banheirinha fixa, um trocador na bancada, tudo bem prático! Mas algumas ideias podem ser aproveitadas mesmo quando só houver um banheiro na casa. Como a situação da banheira é transitória, e obras em banheiros são sempre complicadas, o ideal é projetar o espaço de uma forma flexível e adaptável, nada que precise de muita obra para voltar ao normal quando o bebê crescer.

Esse banheiro foi projetado por Karine Queiroz para a Casa Cor Rio Grande do Sul. O charme ficou por conta do mini ofurô no lugar da banheirinha tradicional. Um nicho na parede permite ter os produtinhos sempre à mão e um trocador na bancada é super importante para vestir o bebê ainda no banheiro, sem mudança de temperatura. Como a proposta é a de um banheiro exclusivo para o bebê, a decoração foi feita pra ele, com cores alegres e detalhes como um móbile e outros enfeites. Mas a base é neutra e facilmente adaptável para quando o bebê crescer, sem grandes obras.

Aqui o layout do banheiro foi mantido, mas dentro do box foi feito um móvel para apoio da banheira. Quando o bebê crescer, é só tirar o móvel. A vantagem é que não precisa de uma instalação especial para a banheira, dá pra colocar um chuveirinho para encher a banheira com mais facilidade. Na hora de esvaziar também fica fácil, já que a água vai cair lá dentro e correr direto pro ralo. Essa ideia também funciona com as banheiras de pé tradicionais. Quando o espaço do box é pequeno, aconselhamos a retirar o blindex para facilitar a movimentação da mamãe (como na próxima foto). Aqui a base é branquinha, mas as pastilhas azuis dão um toque mais infantil.  Foto: Decora Baby.

Essa ideia é parecida com a anterior, mas sem o blindex, já que o espaço é pequeno. Só é preciso ter cuidado para não molhar muito o móvel, que nesse caso é de mdf. A base do banheiro é bem neutra, mas os nichos ao lado do box permitem colocar alguns enfeites e brinquedinhos. Projeto: Teresa Simões.

Esse banheiro foi projetado por Fernanda Matos e Carolina Mendonça para a mostra Morar Mais Rio 2007. Adorei o móvel para a banheirinha com o trocador ao lado, bem funcional, parecido com o que mostramos aqui. Ele ainda tem espaço para guardar toalha e outros itens que precisam estar a mão. Depois dá pra tirar o móvel e transformar esse canto em box, já tem até a instalação. As pastilhas coloridas formando listras ficaram alegres sem pesar.

Uma graça esse banheirinho, bem romântico com banheirinha no estilo vitoriano, espelho veneziano, pendente de cristal e papel de parede.  A bancada é bem ampla e permite colocar ali o trocador. Em baixo, uma gaveta deixar as fraldas bem à mão. Aqui foi colocado um vaso infantil, bem confortável para o uso de uma criança até 6 anos de idade. Depois basta uma pequena adaptação nas instalações para colocar um vaso em tamanho normal. Projeto: Lenita Nemer.

Veja também: outro banheiro de um quarto de bebê

+ Quartos de Bebê

Comente Aqui (2)

Brinquedoteca com sofá gigante

por Mariana Lombardi - 28 de março de 2011

Confessa vai… alguma vez na sua vida você “já teve que” assistir Zorra Total, não é?! E você lembra de um quadro que tem um sofá gigante para parecer que os adultos são crianças? É que quando vi este projeto me lembrei dele na hora!

É um café que fica em Tokyo, no Japão, e no subsolo foi feita uma brinquedoteca cujo grande diferencial é um sofá enooorme. Observem, na foto acima, a proporção da criança (de verdade!) em relação ao sofá.

Na planta baixa dá para ver o tamanho do café e das outras mesas, com o sofazão ali no canto – que mede 6,30 de largura por 2,30 de altura e tem 3,30 m de profundidade (uma cama tem 2,00 m de profundidade, imaginou?!).

Toda a decoração da brinquedoteca mexe com diferentes escalas, como as janelas grandes e pequenas da parede atrás da mesa e as placas do chão de madeira que também variam de tamanho. Na parte de baixo das mesas, onde os olhos dos pais não alcançam, escondem-se figuras de animais.

O café é cheio de livros infantis e brinquedos, além de oferecer um menu exclusivo para os pequenos. Há salas privativas e espaços separados para trocar as fraldas e amamentar os bebês. A circulação foi pensada para facilitar a movimentação dos carrinhos.

Agora a verdade: a estrutura do sofá funciona como um cercado onde as crianças brincam, como dá para ver na foto acima. Eu gostei, e você?

Projeto: Oki Sato./ Via: Casa e Mercado e site do arquiteto.

+ brinquedotecas

Comente Aqui (6)