Apartamento de 47m²

por Mariana Lombardi - 25 de abril de 2011

A reportagem de capa da Casa Cláudia é sobre apartamentos pequenos, com dicas e soluções “para ganhar medidas extras e criar ambientes confortáveis”. Um destes apê me encantou, eu amei!

A reforma foi feita para um solteiro que foi morar em São Paulo. Quase todas as paredes foram eliminadas para ampliar ao máximo os ambientes, privilegiando a marcenaria, com móveis sob medida que desempenham mais de uma função.

9. No lugar de uma parede, uma estante divisória de nogueira separa a sala e o quarto. O móvel é ladeado por portas de correr, que, quando abertas, como na foto, conferem profundidade ao espaço. / 10. Apesar de viver em um apartamento pequeno, o morador quis investir em móveis confortáveis. É o caso do sofá de três lugares, que tem 2,80 m de largura.

Para ampliar os espaços, somente o banheiro da suíte é fechado por paredes. Observem que ao lado da estante, uma porta de correr feita na mesma madeira leva ao quarto. / 11. Encaixadas sob a estante da TV, gavetas ocultam CDs e louças. Esta parte do móvel foi projetada com dimensões de banco (30 cm de profundidade x 50 cm de altura) e funciona como assento nas festas.

* Eu quero este pufe da Micasa com tecido da Adriana Barra agora!!! E todos os objetos lindos e bem escolhidos das duas estantes, ou melhor, da casa inteira!!!

Na cozinha, um frigobar substitui a geladeira e permite concentrar todos os equipamentos num só armário. / 13. Uma mesa de peroba de demolição, entre a sala e a cozinha, cumpre as funções de balcão para refeições e bancada de trabalho. A madeira foi protegida com uma resina impermeabilizante. / 14. O cimento polimérico cinza(NS Brazil) cobre todo o piso do apartamento, exceto o boxe do banheiro, e traz unidade visual e a sensação de que as áreas são maiores. / Repare que os ambientes são arejados e de aspecto leve.

16. Pelo lado do quarto, a estante faz papel de cabeceira e criado-mudo: como a área nas laterais da cama não pode ficar obstruída por mesinhas, o móvel dispõe de um nicho para acomodar a luminária e os livros. Abertas, as portas da estante liberam a passagem para a sala. Fechadas, como na segunda foto, isolam o quarto e tornam acessíveis os objetos das prateleiras.

Dois banheiros viraram um só. 15. Como a bancada é pequena, um gaveteiro laqueado de branco serve também para ordenar os objetos do morador. O tampo é uma bandeja espelhada. / No boxe, pastilhas de vidro da Vidrotil e bancos de madeira maciça da Isto É Brasil.

Projeto: Maicon Antoniolli. / Via: site Casa (tem mais: um de 40m² e outro de 85m²)

+ ambientes pequenos

Comente Aqui (11)
Comente Aqui

  1. 25 de abril de 2011 às 10:28

    Encantador!

  2. Sabrinna
    25 de abril de 2011 às 14:34

    Também adorei esse apê!
    Bj

  3. 25 de abril de 2011 às 18:08

    Olá meninas,

    Tudo bem com vcs?
    Adorei o blog de vcs, é muito legal e útil, de verdade! Também sou arquiteta, em Botucatu-SP.
    Passarei por aqui, sempre que puder!
    Bjão.

  4. Lívia
    25 de abril de 2011 às 20:45

    Ei meninas, td bem? Meu feriado tb foi ótimo, ainda bem! 🙂
    Hoje passei aqui mais pra tirar uma dúvida com vocês, e quem sabe virar um tema de post? Sem pressão!heheh
    É que tô fazendo o projeto de interiores da sala do apartamento dos meus pais, e uma das solicitações da minha mãe foi que a TV fosse vista tanto da sala quanto da varanda. Para isso, ela teria que ficar naqueles suportes giratórios, mas não quero abrir mão do painel para fixá-la. Então pensei (vejam comigo se isso é possível!) em fixá-la no painel sim, mas fazer a parte do painel em que a TV vai ficar giratória. Quando ela estivesse sendo vista na posição “normal”, seria um painel normal, e se estivesse virada para outro ambiente, uma parte do painel (um offset de 10cm dos limites da tv) ficaria virada.
    Será que dá pra fazer isso? Vcs tem algum projeto que usaram algo do tipo? Vi que no apto da Dani vcs colocaram a tv num suporte giratório, mas sem o painel. Tenho dúvidas também em relação a como seria a passagem dos fios nessa situação.
    Enfim, aiiiii, tô com tantos receios em relação a esse painel, ele tah me tirando o sono!rs 🙁 Fico no aguardo de idéias/ explicações/ qlq coisa!rsrs
    Beijos mil!!

    • Mariana Lombardi
      06 de Maio de 2011 às 16:09

      Lívia, demorou, mas saiu!!!
      Resposta no seu email…
      bjão
      Mari

  5. Renata Farret
    28 de junho de 2011 às 16:43

    achei bem legal este ap! o meu tb é pequeno, um pouco maior q esse, mas pena q não posso fazer nada nele já que é alugado… quem sabe um dia 🙂
    beijos pra vcs,
    renata

  6. Sabrinna
    11 de julho de 2011 às 15:25

    Olá!
    Adoro esse apto!!
    Acho o máximo esse piso polimérico da NS Brasil, mas não sei se é realmente resistente, no caso de cair algo como um objeto pontiagudo ou pesado…como seria esse conserto, etc e o preço…
    Vc teria essas informações? Já usou em algum projeto?
    Bjs

    • Mariana Lombardi
      23 de julho de 2011 às 13:21

      Oi Sabrinna,
      Nunca usei esse material, não sei te responder…
      Mas há muito tempo que “devo” um post sobre cimento queimado aqui no blog, aí vou pesquisar sobre esse piso.
      Bjo,
      Mariana

  7. 30 de outubro de 2011 às 15:54

    Mas que incrível qualidade achei nos posts muito bem elaborados desse blog. Precisava mesmo conhecer mais sobre isso e você montou uma grande fonte de informações aqui. Continue com o ótimo trabalho na elaboração desse blog!

  8. sabrinna
    20 de abril de 2012 às 23:33

    Meninas,
    essa madeira que foi utilizada (Nogueira) seria MDF ou a lâmina da madeira mesmo?

    • Mariana Lombardi
      21 de abril de 2012 às 10:19

      Oi Sabrinna,
      Acredito que seja mdf, pois hoje em dia são raros os marceneiros que ainda preferem laminar, é muito mais trabalhoso!
      Bjos
      Mari