Banheiros com piso e parede iguais

por Mariana Lombardi - 04 de março de 2019

Na hora de definir os acabamentos de um banheiro, escolher os revestimentos de piso e parede pode ser uma tarefa trabalhosa. Serão claros ou escuros? De tamanho grande ou tipo pastilhas? Terão uma paginação convencional ou mais elaborada? Todas as paredes serão iguais?

E o piso, que tal se for igual à parede? Ahhh, eu gosto muito dessa ideia! Não precisam ser todas as paredes, pode ser o piso e apenas uma parede que tenha mais destaque, formando um desenho em “L”.

Para exemplificar, separei algumas imagens de projetos com essa ideia que adorei:

1 e 2- Dois banheiros com piso e parede iguais, no caso, banheiros com base branca + piso/parede pretos, ocupando também uma das paredes de dentro do box. No projeto da esquerda, o revestimento tem formato retangular e paginação tipo escama de peixe. Na outra foto, o formato da cerâmica é hexagonal, sendo aplicada inclusive dentro do nicho. Amei os metais dourados + banheiro preto/branco! ♥ [Projetos: autor desconhecido]

3- Outro banheiro com o piso e a parede do box no mesmo material. Aqui, o banheiro é todo branquinho, com destaque para esse revestimento de pedra mais acinzentado. Gosto muito do contraste dos metais na cor preta, inclusive essa esquadria do box. Aliás, tenho visto muito esse tipo de acabamento para o fechamento do box, ideia legal para quem tem box retangular e comprido. [Projeto: autor desconhecido]

4- Banheiro branco + piso e parede formando um “L” de porcelanato marmorizado. Gosto de vários detalhes desse banheiro, que na minha opinião é bem atemporal, como o desenho das cubas esculpidas + a divisória entre a pia e o vaso sanitário, que é no mesmo material da bancada (acho que Nanoglass) + os chuveiros de teto (tem post sobre eles aqui). Projeto Drucker Arquitetos Associados.

5- Nesse banheiro, somente o box tem piso/parede de porcelanato tipo madeira e os outros acabamentos são off-whites ou brancos. Fica lindo também, né?! Projeto Eduardo Muzzi.

Gostaram? O importante é escolher um material bem lindo para fazer esse “L”, pois não tem sentido criar uma parede de destaque, usando o mesmo material do piso, se esse material não for bem legal!

Se você tem algum projeto com essa ideia, marca o blog na foto do Instagram com #AEGpost que podemos incluí-la aqui. 😉

Comente Aqui (4)

Madeira ripada

por Mariana Lombardi - 27 de agosto de 2017

Madeira ripada é um caso de amor! ♥ Pode ser usada em todos os ambientes, sejam eles grandes ou pequenos, residenciais ou comerciais, internos ou externos (fachadas, portas e portões). É bonita, atemporal, permite vários desenhos e pode ser de diversas cores (depende do tom da madeira escolhida).

Para quem também ama madeira e quer um painel em casa, vale lembrar:

Tipos de madeira

A madeira natural é o material que garante o melhor resultado final para um painel ripado. As mais usadas são: Freijó, Cumaru e Imbuia. As madeira mais avermelhadas, como o Ipê e o Mogno, quase não são usadas hoje em dia.

Por serem de madeiras nobres, o custo de um painel ripado é alto. Sem considerar a mão de obra, que também deve ser qualificada para um bom resultado.

O painel ripado até pode ser feito de mdf laminado de madeira ou compensado naval, mas as quinas das ripas ficarão evidentes no acabamento. Funcionam, mas na minha opinião, não são os mais lindos.

Cuidado! Madeiras muito moles podem trabalhar e modificar o desenho do painel – quanto mais clara ela for, mais frágil.

Acabamentos

O acabamento mais atual para a madeira ripada é feito com selador fosco ou acetinado (com pouco brilho, no máximo 40%). Para ambientes externos, o ideal é usar verniz fosco ou acetinado.

Tamanho das ripas

Os desenhos do ripado podem variar bastante. O que os diferencia são a largura da ripa e a largura/profundidade do friso, conforme o desenho acima.

No painel 1: a largura da ripa é de 2cm + friso de 0,5cm + profundidade de 0,5cm. No painel 2: a largura da ripa é de 3,5cm + friso de 0,5cm + profundidade de 0,5cm. No painel 3: a largura da ripa é de 2cm + friso de 2cm + profundidade de 1cm.

Atualmente, essas são as proporções que mais vejo e detalho nos projetos. Claro que não é uma regra, apenas uma observação. Tanto que nas fotos abaixo, veremos painéis com medidas variadas.

Se a opção for com ripas bem finas, vale prestar atenção para a escolha da madeira, que deve ser mais “dura”. Senão o painel pode trabalhar!

Cuidado! A proporção das ripas tem que ser observada: frisos muito finos e profundos são complicados para limpar, especialmente em áreas externas, podendo acumular bichos.

Lindos exemplos:

Sala com painel ripado na parede em “L”, acho que é de madeira freijó. Adorei o piso de ladrilho hidráulico! Observem que onde tem painel não precisa ter rodapé. Projeto Triplex Arquitetura.

Sala de jantar com painel ripado + nicho de mármore travertino. Vejam que a madeira ripada foi usada para uniformizar/disfarçar paredes, portas e armários, tudo com o mesmo acabamento e formando um grande painel – amo esse recurso! Projeto Débora Roig.

Quarto com cabeceira de madeira ripada + iluminação embutida no gesso. Lindo! Esses dias fiz um post com várias cabeceiras de madeira – veja aqui.


Sala de espera com painel ripado + paredes de cimento queimado + piso de pedra natural. Vejam como ficou interessante o quadro pendurado sobre o painel! Projeto Renata Dutra.

Escritório corporativo com painel ripado de madeira escura + iluminação direcionada (destacando o desenho da madeira) + piso e balcão de madeira.

Que tal a madeira ripada no teto? Uaaau!!! Casa linda e moderna, com teto de madeira + piso de mármore e detalhes de cimento queimado. Projeto Studio MK27  (Márcio Kogan e Renata Furlanetto). Fotografia Fernando Guerra.

Comente Aqui (8)

Quartos com beliche

por Mariana Lombardi - 22 de agosto de 2017

A beliche pode ser a solução quando o problema é a falta de espaço no quarto das crianças ou adolescentes, principalmente no caso de irmãos que dividem o quarto. Ela otimiza o aproveitamento do espaço, permitindo várias funções no mesmo ambiente: dormir, estudar, brincar, além de guardar as roupas e brinquedos.

Pesquisei alguns projetos de quartos pequenos e com beliche, que podem ser usadas por irmãos ou ser a cama de um hóspede. Como já falamos sobre quartos com cama no alto, no post de hoje priorizei os quartos com uma cama sobre a outra, do modo mais tradicional mesmo, mas com releituras modernas e atuais.

1- Beliche com desenho interessante, formando uma caixa de madeira. Observem os detalhes: guarda corpo de acrílico (amei!) + luminárias de parede + letras em alto relevo ao lado de cada cama + enxoval com mix de estampas geométricas (da Amooui). Projeto Flávia Sá.

2- Beliche de madeira (Carvalho Americano) + detalhe formando um pórtico com revestimento texturizado (pode ser da Forrorama ou 3D Board) e pintura cor de rosa. Os acabamentos deixaram o quarto super elegante! Projeto Sesso & Dalanezi.

3- Beliche de madeira clara que forma uma estante na lateral e um nicho no fundo. As paredes têm tijolinho branco + papel de parede geométrico. Adorei os adornos coloridos e moderninhos! Projeto Bianca da Hora.

4- Quarto com beliche de madeira, não sei se em cima é uma cama ou lugar para brincar. Assim como o projeto anterior, o guarda corpo é feito de madeira e cordas. Na parede, papel de parede geométrico. Projeto Da Hora Arquitetura.

decoracao quarto crianca cama beliche madeira casa pronta

5- Quarto com cama tipo beliche de madeira que forma uma estante na parte inferior. Adorei a cabaninha da cama superior, feita a partir da estrutura da cama e com acabamento em tecido. Projeto Prado Zogbi e Tobar.

decor quarto crianca frozen cama beliche

6- Quarto de meninas com decoração inspirada na Frozen – eu gosto de decoração temática nesse estilo, com apenas alguns elementos fazendo referência ao tema escolhido, no caso as cores (branco e azul) e uns detalhes na parede que lembram gelo. A cama tipo beliche tem a parte de baixo maior, formando um sofá. Projeto Carolina Vaiano e Vanessa Rosseto.

quartos com beliche de laca branca

quartos com beliche para meninas escadinha enxoval

7- Quarto pequeno para duas irmãs, com mobiliário feito de marcenaria sob medida, como a beliche em laca branca, que tem escadinha na lateral, e a mesa de estudos perto da janela. Projeto Débora Aguiar.

quarto com beliche

8- Quarto com beliche (falta a escadinha na foto, mas deve ser metálica e ficar encaixada na proteção da cama de cima) + mobiliário branco + detalhes em cinza e vermelho. Com esse layout o quarto ficou super espaçoso! Via Houzz.

Lembrando que:

*A cama de cima não é a opção mais confortável para o quarto da criança, avalie as suas prioridades antes de decidir.

*O pé direito não pode ser muito baixo.

*A maioria dos projetos acima é de marcenaria, o que tem exclusividade e custo mais alto.

*Veja nossos outros posts sobre quartos de crianças, tem várias ideias lindas!

Comente Aqui (2)