Casa Cor Goiás

por Mariana Lombardi - 13 de junho de 2010

Na correria da semana passada ainda arranjamos um tempinho para visitar a Casa Cor em Goiânia. Se fomos na de SP que fica muito mais longe, por que não visitar a nossa vizinha, não é?!

A mostra, assim como as demais no país, explorou o tema: “Sua casa, sua vida, mais sustentável e feliz” aprimorando o conceito “Sustentabilidade” aplicado em 2009 e que se estenderá até 2012, já que a tentativa da mostra é tornar-se referência mundial. E para os que acompanham, fizemos a nossa lista de tendências usadas por arquitetos, designers e paisagistas.

Jardim de entrada,  projeto  Fernando Florentino. O jardim valorizou a arquitetura moderna do edifício, localizado em uma esquina de um dos setores mais valorizados de Goiânia.

Sala do advogado, projeto de Karine Espírito Santo e Natália Veloso. Ambiente simétrico com destataque para a mesa de trabalho centralizada ao fundo e acoplada à mesa de reunião. A estante em madeira  foi valorizada com iluminação. As paredes receberam o mesmo acabamento do piso até uma altura e pintura concreto da Suvinil no restante.

Cozinha, projeto Leandra Castro e Pedro Ernesto Gualberto. Integrada a uma sala de estar, funciona como uma cozinha gourmet, onde o espaço de refeição foi acoplado à bancada da cozinha. O ambiente é prático e funcional, com eletrodomésticos embutidos. O piso de Castellato rústico foi o que mais gostamos, estava lindo! Os pendentes (K-tribe) e abajoures são do designer francês Philippe Starck.

Boulevard, projeto Ana Paula Castro e Sanderson Porto. O ambiente reforçou o conceito de jardim interno com a parede verde de samambaias, o que não é mais novidade nas mostras, mas que deu destaque ao restante do ambiente que é todo neutro. Fibra natural nos tecidos e muitos móveis em madeira, assim como o tronco de peroba rosa servindo de banco, dando aquela cara de varanda rústica.

Área social, projeto Doriselma Mariotto. A área supervalorizou o mármore travertino romano bruto que foi usado na mesa de jantar, um dos destaques por estar presente tanto na sala como na varanda gourmet separada apenas por uma porta de vidro que corre entre os ambientes. Foi usado também na ante sala, onde a parede foi inteiramente revestida com ele em peças maiores; e na bancada da churrasqueira, que ficou linda mas não muito prática, já que o mármore não é indicado para área gordurosa por ser muito poroso e de difícil manutenção. Outro destaque está no home com uma parede inteira em laminado de madeira (Florense).

Lounge Gourmet, projeto Genésio Maranhão. O ambiente destinado à homens que gostam de cozinhar e receber foi projetado valorizando-se o design brasileiro, como as cadeiras de Sérgio Rodrigues; e o design inglês de Tom Dixon com suas luminárias inspiradas em vasos indianos. Uma estratégia usada para trazer aconchego foi o painel-forro de madeira tauari que cobre toda a parede principal do ambiente e sobe até o teto delimitado pela iluminação aparente em fundo preto contrastando com as outras paredes brancas.

Restaurante, projeto Maurem Françoise. Grande salão marcado centralmente com um conjunto de luminárias (tendência que vimos em vários ambientes!) sobre uma mesa de jantar decorada com um conjunto de vasos de vidro e rodeada de sofás que formaram de cada lado um bate papo. Outro grande destaque do ambiente é a parede moldurada que recebeu revestimento em espelho cortado e criou um efeito belíssimo!

Fotos do site casa.com.br e tiradas no local por Cris e Mari.

Colaboração para este post: Fabianna Cavalcanti

Comente Aqui (2)
Comente Aqui

  1. virginia
    14 de junho de 2010 às 20:17

    Adorei o banco de peroba rosa.

  2. edite emidio
    27 de janeiro de 2012 às 05:55

    meninas como voces tem bom gosto. Sou louca por decoração amo de paixão
    gostei muito de verdade.Se puderem mande para o meu email, modelo de quarto para uma jovem de 27 anos. O quarto é pequeno. beijos obrigada desde já.