Rasgo no gesso

por Cris Campos - 07 de novembro de 2014

O rasgo no gesso é um recurso de iluminação muito usado e que tem um efeito lindo. Consiste em uma abertura no gesso, normalmente com largura e profundidade de 15cm e comprimento variável, formando um desenho no teto. O resultado é uma luz indireta bem agradável, que pode ter mais ou menos intensidade, de acordo com o tipo de lâmpada escolhido – podem ser usadas lâmpadas fluorescentes, cordão de luz ou fita de led – dependendo do efeito desejado.

Além do belo efeito, a vantagem do rasgo de gesso é iluminar o ambiente com um desenho mais limpo, sem poluir o teto com muitas luminárias, e também o fato de que a luz indireta deixa os ambientes mais agradáveis e aconchegantes. Eles podem ser usados pra integrar ou dividir ambientes e circulações, e para marcar a simetria ou assimetria da decoração. A desvantagem é que eles juntam um pouco de poeira, mas a limpeza pode ser feita com pano ou um aspirador de pó.

detalhe-no-gesso

Nessa sala foram usados rasgos em duplas marcando o comprimento do gesso, resultando numa luz geral bem agradável e num belo desenho para o teto.  Projeto Carolina Buchner Bastos.

detalhe de gesso

Quatro rasgos foram suficientes para iluminar essa sala de forma agradável e minimalista. Projeto Sadala e Gomide.

decoracao-da-sala-estar

Vários rasgos marcam o teto trazendo luz indireta para vários ambientes da sala. Achei lindo! Projeto Samara Barbosa e Michele Krauspenhar.

rasgo-no-gesso-com-iluminacao

Sala integrada com rasgo no gesso marcando a sala de estar, em todo comprimento, proporcionando luz geral. Empreendimento Even Brooklin.

iluminacao-indireta-na-sala

Dois rasgos compridos iluminam essa sala de estar de forma aconchegante. Eles chamam a atenção para si e disfarçam as caixas de som e o projeto embutidos, ótima ideia! Projeto Jayme Bernardo.

sanca-de-gesso

Nesse caso foram usados rasgos mais largos que fizeram o efeito de um pergolado na sala. A sala ficou bem iluminada, como se entrasse mesmo a luz do sol. Adorei! Projeto Paola Ribeiro.

rasgo-no-gesso

Cozinha linda! Três rasgos juntos iluminam a área de trabalho ao longo de todo o comprimento do espaço. Projeto Tatielly Zammar.

iluminação-cozinha

Dois rasgos são responsáveis por toda a iluminação geral dessa cozinha e marcam também a circulação entre as bancadas. Projeto Myrna Porcaro.

detalhe-de-rasgo-de-iluminacao-no-gesso

O desenho mostra o princípio da iluminação no rasgo de gesso: a luz reflete na laje e passa para o ambiente pela abertura.

Observações:

– A lâmpada ou mangueira deve ficar escondida pelo gesso, apenas a luz refletida fica visível.

– As lâmpadas fluorescentes devem ficar transpassadas para a luz permanecer sempre contínua.

– A largura representada no desenho, de 15cm, é a mais comum, pois permite o acesso para troca das lâmpadas; mas também funcionam menores, com 10cm. Para rasgos mais largos, 20cm ou mais, muitas vezes são usadas lâmpadas nas duas laterais.

– Para rasgos com iluminação na cortina, a distância da parede deve ser de 25cm.

– Se a altura do rebaixo de gesso for maior que 15cm, é necessário fazer um fechamento na parte superior, deixando o rasgo com altura de 15cm, para não deixar a luz “escapar” para cima e perder potência para iluminar o ambiente.

Percebi que ainda não temos muitos posts específicos sobre iluminação aqui no blog… falha grave, considerando que a iluminação é essencial tanto para a funcionalidade quanto para a beleza dos ambientes. A partir de agora vamos falar mais disso por aqui e queremos saber quais as dúvidas e sugestões de vocês dentro desse tema. Deixem nos comentários!

 + iluminação

Comente Aqui (24)
Comente Aqui

  1. Vanessa Elotério
    07 de novembro de 2014 às 11:05

    Cris, adorei!!!

  2. 07 de novembro de 2014 às 13:07

    Ótimo post, Cris!

    Vou usar esse recurso na minha sala de jantar e no quarto também. Acho lindo!

    Beijos e sucesso!!!

  3. Sueli Stutz Pereira
    08 de novembro de 2014 às 21:25

    Que detalhe lindo! Muito criativo! Resultado Fantástico!

  4. Verinha
    09 de novembro de 2014 às 18:34

    Muito feliz que o blog voltou, entro todos os dias… Amei que vcs falaram sobre rasgos no teto, estou terminando a obra do meu ap e minha escolha foi rasgos no teto da sala, aproveito para sugerir para vcs falarem sobre lâmpadas de led, bjs

    • Mariana Lombardi
      10 de novembro de 2014 às 08:40

      Oi Verinha,
      Obrigada pela visita e pelo carinho! 😉
      Anotamos a sua sugestão, vamos pesquisar sobre o assunto!
      bjos,
      Mari

  5. 10 de novembro de 2014 às 08:57

    Olá, faz bastante tempo que não comento, não se lembram de mim 😀

    iluminação é algo que me dá muitas dúvidas, uma delas é quando é mais indicado usar cada tipo de luminária (pendente, dicroica, rasgo de luz, etc)??

    • Cristina Campos
      10 de novembro de 2014 às 23:35

      Oi Philippe,
      Que bom te ver por aqui!
      Dúvida anotada, vamos falar sobre isso sim!
      Beijos,
      Cris

  6. alessandra
    30 de setembro de 2015 às 14:35

    GOstaria de saber largura para rasgos de iluminação em parede. No caso a minha será no hall de entrada e como fazer o ponto de luz? Tenho um pé direito de 3 metros de altura e irei fazer para decorar o hall.

    • Mariana Lombardi
      08 de dezembro de 2015 às 08:42

      Oi Alessandra,
      O rasgo fica com 15cm de largura, no mesmo tipo de detalhamento do esqueminha que fizemos aqui no post, só que ao invés de ter o fechamento de gesso num dos lados, já é a parede.
      bjos
      Mari

  7. Sil via
    02 de outubro de 2015 às 15:22

    Boa tarde.
    Gosto muito do seu site e sempre passo aqui para dar uma olhada.
    Gostaria de saber como faço o fechamento com acrilico, de um rasgo no gesso na cozinha.
    Acho o fechamento importante por causa da gordura.
    Obrigada

    • Mariana Lombardi
      08 de dezembro de 2015 às 08:46

      Oi Silvia,
      A placa de acrílico fica apoiada no rasgo, para isso é necessário fazer o rasgo de acordo com o desenho que fizemos no post, mas com lâmpada dos dois lados, para que o acrílico fique apoiado ali e possa ser removido com facilidade.
      Não sei se consegui explicar bem, mas to pensando em fazer um novo post com esses outros detalhes que vocês tiveram dúvidas aqui nos comentários…
      bjos,
      Mari

  8. Elaine Lima
    27 de junho de 2016 às 13:57

    Olá, adorei a dica e a forma explicada aqui no blog. Só tenho uma dúvida. Estou querendo fazer este rasgo de luz na minha sala. Ela é quadrada, e queria fazer esse rasgo em l acompanhando o sofá que são dois um de 3 e um d 2 lugares. O cortineiro eu queria fazer iluminado tbm. ela fica na mesma parede do painel, por isso gostaria de fazer um cortinero grande onde ja cobrisse a cortina e tbm o painel. Pra mim colocar uma iluminação preciso e 15 m de distancia da correto? Será que fcaria bom assim desta frma q estou dizendo ou fica muita informação?
    Aguardo resposta.

  9. paulo
    24 de outubro de 2016 às 11:24

    Ótima dica , achei muito legal , voces estão de parabens

  10. Harlei Ribeiro
    07 de novembro de 2016 às 15:29

    Olá! Qual a largura e profundidade que vocês sugerem para um rasgo no gesso que vai receber spots com trilho eletrificado? Abraço!

  11. DANIELA SA DE PAIVA braz
    20 de dezembro de 2016 às 19:30

    olá, gostaria de saber se é possivel fechar o rasgo com vidro ou outro tipo de material para que não entre poeira

  12. Fernanda Amadeu
    12 de junho de 2017 às 12:45

    Gostaria de saber se o vão aberto em 15cm, recebe algum fechamento
    Obrigada

    • Mariana Lombardi
      30 de junho de 2017 às 09:11

      Oi Fernanda,
      Ele recebe o fechamento na parte superior e nas laterais de dentro, conforme esse esqueminha que está no post.
      bjos

  13. Divino Dias
    11 de julho de 2017 às 08:29

    Interessante, trabalho com construção a seco, então o Drywall e Steel Frame, e vejo também muito desses serviços.

  14. Luciana
    10 de agosto de 2017 às 23:47

    Olá!
    Minha sala de 4×7 vai ter o pé direito de 4,5m, gostaria de iluminá-la somente com rasgos de gesso, será q 2 rasgos de 30cm cada em todo o comprimento seriam o suficiente colocando lâmpadas tubulares de led dos 2 lados em ambos?
    Muito obrigada e parabéns pelo blog lindo! bj, Lu

    • Mariana Lombardi
      11 de agosto de 2017 às 22:13

      Oi Lu,
      Os dois rasgos vão iluminar a sala, mas como a luz deles é indireta, acho que você deve acrescentar alguns pontos de luz focada (tipo dicróica, PAR ou AR) para dar um efeito mais bonito.
      bjos,
      Mari

  15. Isabela
    13 de agosto de 2017 às 22:28

    Oi. Adorei o post. Gostaria. De s
    aber se o rasgo no teto fica bom sobre a. Mesa de jantar?

    • Mariana Lombardi
      14 de agosto de 2017 às 14:58

      Oi Isabela,
      Fica bom, mas a luz é indireta. Acho que junto com o rasgo vale acrescentar um pendente ou ponto de luz com foco (dicróica, AR, PAR) que ajudam a iluminar melhor a área da mesa. O efeito é mais bonito e eficaz!
      Bjos,
      Mari

  16. Fábio Dozza de Miranda
    06 de fevereiro de 2019 às 05:24

    Poderia atualizar com as medidas dessa testeira de gesso, para fitas de led, já que mangueiras não são mais usadas.

    • Mariana Lombardi
      14 de fevereiro de 2019 às 17:08

      Oi Fábio,
      Sim, para esconder as fitas de led não são necessárias as “testeiras” tão altas, mas as lâmpadas fluorescentes ainda são usadas e precisam desse detalhe!
      bjos,
      Mari