tijolos aparentes | assim eu gosto
Tijolo aparente (2)
Postado Por - 17 de setembro de 2012

—–> continuação de Tijolo Aparente

O post sobre tijolo aparente é um dos mais procurados aqui no blog, afinal o tijolinho nunca sai de moda, continua super atual! Por isso selecionamos mais algumas fotos lindas para complementar o post anterior, inspire-se!

14- Sala toda branca, com uma parede de tijolinho atrás do sofá que recebeu iluminação direcionada e quadros grandes. Gostei do contraste! Projeto André Piva, via Tecto.

15- A parede da tv tem tijolo aparente no fundo + acabamentos brancos e iluminação embutida no teto. Via site Casa.

16 – O hall de entrada tem parede de tijolo aparente + buffet preto com iluminação embutida. Via Casa de Valentina.

17 – A sala de estar é leve e despojada com parede de tijolo aparente + sofá azul claro e detalhes em madeira e fibra. Projeto Adriana Sadala e Maria Eduarda Gomide, via Tecto.

18 – Na mesma casa da foto anterior, a churrasqueira também é de tijolo aparente e tem as paredes revestidas no mesmo material. Projeto Adriana Sadala e Maria Eduarda Gomide, via Tecto.

19- Quarto lindo e despojado, com parede de tijolo aparente + cabeceira de madeira e mesas coloridas em turquesa e amarelo. Projeto Beto Faria e Yáskara Jaeger, via Casa Cláudia.

20- Sala com parede de tijolo aparente + móveis coloridos e modernos, como a mesa lateral turquesa e a mesa de jantar + cadeiras vermelhas. Projeto Rodrigo Fagá.

21- Escritório com paredes de tijolo aparente + detalhes em branco, preto e madeira. Tinha esta foto e sei que é do escritório de um arquiteto, atualizo se descobir quem é.

22 – Sala com parede de tijolo aparente rústico + estante de madeira com plantas + poltronas de couro marrom. Projeto Flora Baccili e Rejane Maria Fernandes, via Casa Mix.

23- Quarto com parede de cabeceira em tijolo aparente descascado e com diversos tons + poucos detalhes em madeira. Achei simples e bonito! Via Desire to Inspire.

24- Sala com parede de tijolo aparente com pintura branca + estante de madeira escura (ou é preta?) e móveis em branco e bege. Projeto Renata Basques para a Casa Cor Minas 2012.

25- Sala com parede de tijolo aparente com pintura branca + composição de objetos de arte garimpados em viagens + piso de madeira. Amei! Projeto Ana Teresa Ballo, via revista Casa Cláudia.

26- Sala moderna com pé direito duplo + paredes brancas com detalhe em tijolo aparente branco e faixas em madeira + móveis em tons de cinza, braqnco e amarelo. Acho que é uma perspectiva eletrônica. Projeto Rodrigo Fagá.

27- Escritório fofo com parede de tijolinho com pintura bege + mesa cavalete e detalhes despojados.

Gostaram? Comparando com o primeiro post, acho os projetos deste mais interessantes, pois antes usávamos mais fotos de blogs de fora e hoje priorizamos cada vez mais os trabalhos dos profissionais brasileiros, que produzem ambientes até bem mais bonitos!

+ materiais e revestimentos





Cozinha do Super Chef
Postado Por - 23 de julho de 2011

Esses dias, fiquei observando a cozinha de um quadro do programa Mais Você, onde alguns participantes fazem workshops e preparam vários pratos com a ajuda de chefs conceituados. Sei que na TV nem tudo funciona de verdade, mas no caso, a cozinha é realmente usada e por isso a escolha dos acabamentos me chamou a atenção. O resultado final me agradou muito, gostei! Mas a funcionalidade dos materiais, eu não sei não…

O detalhe dos eletrodomésticos embutidos é super legal, a cozinha ficou leve e prática. Gosto da moldurinha de madeira em volta de cada um.

O piso é de madeira, o que não é indicado para cozinhas, mas acho que foi usado um vinil emborrachado que imita madeira e é bem bonito. Conheço e já usei o da Itafloor (que tem vários padrões de cores) em pisos e paredes, mas nunca na cozinha. Alguém já usou na cozinha, deu certo?

A parede do fundo imita tijolo aparente, dá pra ver que não é o material de verdade, é tipo um adesivo ou um vinil, com aspecto muito parecido. A vantagem é a manutenção, pois é muito mais fácil passar um pano e tirar a gordura. Alguém sabe de onde é esse material?

A bancada me deixou intrigada, ela é de mármore branco? E pode?! Que eu saiba o mármore não pode e não deve ser usado em bancadas de cozinha por ser muito poroso e manchar com facilidade. Não me lembro de ter visto nenhum material sintético (Silestone, Corian…) parecido com este, branco meio manchado de cinza. Alguém sabe se existe algum outro material com esse aspecto, mas com propriedades diferentes do mármore?

De todo jeito, o combo branco+madeira+textura me agrada muito e acho que os materiais podem ser adaptados para se obter um resultado parecido e mais prático para o dia-a-dia.

Via: site Mais Você. Desculpem a qualidade das fotos by Print Screen!

+ cozinhas





Detalhes de fachadas
Postado Por - 24 de janeiro de 2011

Uma das grandes dúvidas de quem está construindo ou reformando a casa é na hora de definir os acabamentos da fachada.

Em alguns casos, o que é o ideal, o projeto da casa já foi pensado com alguns recursos favoráveis à fachada, com esquadrias, vãos e aberturas que contribuem para um desenho mais interessante. Outras vezes, o desenho não tem grandes atrativos, e a fachada deve ser resolvida com outros elementos que dão charme e beleza.

Defina algum ponto de partida. Veja muitos projetos e descubra qual o seu estilo e as características que mais te agradam. Sua casa vai ou não ter telhado aparente? Para mim, esta escolha já define alguns itens. Casas com telhado geralmente são tradicionais, clássicas ou rústicas. Casas sem telhado são mais contemporâneas, modernas ou minimalistas. Não é regra definida, mas é maioria.

Independente da sua escolha, existem vários tipos de acabamentos possíveis para todos os estilos. Os mesmos materiais podem ser usados de maneiras diferentes criando efeitos surpreendentes. Neste momento a minha preferência está nas diferentes texturas (pintura , textura, pedra, tijolinho, madeira) usadas com iluminação direcionada.

Selecionei algumas imagens com ideias para te inspirar e deixar a sua casa ainda mais bonita!

Tijolinho aparente na fachada inteira com iluminação de baixo + porta de madeira + pórtico com pintura branca + detalhes em pedra empilhada. Projeto Márcio Kogan, via site.

Pórtico em tijolo aparente + esquadrias em madeira que quando fechadas formam um painel cego. Lindo efeito, parece um que mostramos aqui! Projeto Márcio Kogan, via site.

A cobertura de acesso a porta principal recebeu acabamento em madeira ripada e vidro. A parede em concreto aparente tem frisos marcados e iluminação no piso, o que destacou ainda mais o material. Projeto Nave Arquitetos Associados, via site.

——–> A textura no concreto aparente resulta da utilização de fôrmas feitas com tábuas de pínus de diferentes tamanhos e espessuras. Uma camada de silicone garante acabamento e proteção ao material.

Uma solução interessante para quem prefere a privacidade e a segurança da fachada toda fechada. Aqui a fachada é de aço cortén com um portão que dá acesso a um hall de entrada com o muro é em pedra empilhada + piso em madeira + vegetação bem escolhida + iluminação no piso. Projeto Bernardes e Jacobsen, via site.

——–> Um outro projeto dos mesmos aquitetos e com a mesma ideia: uma moderna casa em São Paulo.

Casa com fachada composta por vários caixotes revestidos em madeira. Numa das fachadas a madeira aparece na face externa; na outra, aparece em todas as faces internas (teto, parede, piso). Projeto Isay Wenfeld, via site.

Nesta varanda a fachada é em tijolo aparente + esquadrias em madeira ripada com tamanhos parecidos + pórtico em madeira.  Projeto Raul Penteado, foto revista Casa Mix.

Casa com fachada toda branca e alguns detalhes em madeira, formando uma faixa. Na foto mais de perto deu para ver que alguns detalhes foram feitos com frisos em baixo relevo. Projeto Aline Cangussu e Mário Figueiredo, revista Casa Mix.

Vários volumes e vários acabamentos: pintura branca + pintura vermelha + concreto aparente. Projeto Alice Martins e Flávio Butti, revista Arquitetura e Construção Dez. 2010.

Este é um caso que o projeto por si só é lindo e que seria difícil deixar esta fachada feia! Mas o tchan ficou por conta do acabamento escolhido: acho que é mármore travertino bruto assentado como tijolinho. Foto: Arch Daily.

Duas casas estreitas e geminadas com acabamentos parecidos: esquadrias em madeira + pintura tipo concreto aparente. Projeto Nave Arquitetos Associados, via site./ Projeto Ana Spina, site Casa.

Um belo painel de madeira foi colocado na parede e no teto deixando a área da churrasqueira super valorizada. Foto Contemporist.

A casa de praia em Paraty teve uma das fachadas feitas em concreto aparente texturizado. Projeto Márcio Kogan.

O frontão e as colunas, típicos do estilo neoclássico, dão imponência à fachada da casa. Projeto Roberto de Pace, foto revista Casa Mix.

+ acabamentos / + projetos de casas / + fachadas





Materiais e revestimentos
Postado Por - 20 de novembro de 2010

Uma seleção dos posts relacionados ao tema já publicados aqui no blog:

Tijolo Aparente

Concreto Aparente

Aço Corten

Cobogó

Painel vazado (1)

Painel vazado (2)

Athos Bulcão (azulejos)

Madrepérola

Mosaico de pastilhas / Painéis com pastilhas de vidro

Madeira Ebanizada

Madeira clara + branco

Paredes revestidas em madeira

Piso e parede iguais

Texturas Terracor

Parede-lousa

Listras coloridas

Feira Revestir 2010





Tijolo aparente
Postado Por - 20 de outubro de 2010

Há um tempão pesquiso para este post, mas o assunto é tão extenso e tão cheio de detalhes que nunca concluía. No fim de semana aproveitei para ler a Arquitetura e Construção deste mês e logo na capa quem aparece? O Tijolinho! A reportagem está bem bacana, me inspirei e finalmente terminei!

O tijolo maciço de barro acompanha a história da arquitetura na construção no mundo e já foi o grande protagonista das construções no Brasil. Os primeiros exemplares datam de 7500 a.C, eram feitos de modo artesanal e secos ao sol. Depois da Revolução Industrial, passaram a ser produzidos em larga escala e usados em diversos lugares. Mesmo assim, perdeu muito espaço para os blocos de tijolo convencionais (esses que sempre vemos nas obras) que agilizam a construção e acabam saindo mais baratos.

Atualmente, os bons e velhos tijolos de barro ainda são muito utilizados de forma aparente (ou à vista, como também é conhecido) e atraem por seu charme, beleza e textura únicos. Combinam em obras rústicas ou contemporâneas. Os tamanhos e tipos se multiplicaram e novas cores já são oferecidas.

Dentre as suas principais vantagens estão a resistência e durabilidade; o conforto térmico e acústico; a versatilidade dos blocos que podem ser usados como estrutura e acabamento; a atemporalidade, pois nunca saem de moda. Como desvantagem: sujam facilmente em áreas externas; os tamanhos e as cores mudam bastante, então deve-se calcular a quantidade necessária e comprar de um só fornecedor.

Construções Antigas: Seu imóvel é antigo e ao remover o reboco das paredes, descobre-se que os tijolos são maciços, bonitos e bem conservados. Neste caso, alguns tipos de acabamentos podem ser considerados: o aspecto original de demolição, eles podem ser patinados ou pintados .

* Antes de destruir todo o seu reboco, verifique se os tijolos são realmentes maciços! Tijolos furados convencionais, blocos de cerâmica e blocos de concreto não ficam legais aparentes.

Construções Novas: Ao construir ou reformar, pode-se escolher qual o tipo de tijolo aparente o seu imóvel terá. Uma casa estruturada em tijolo aparente é diferente de uma parede revestida de tijolo aparente. No caso de uma construção, você deverá decidir qual será o tipo de estrutura, a cor dos tijolos, o tipo de junta e, finalmente, o tipo de acabamento.

Estrutura metálica ou de concreto – O tijolo aparente pode obedecer o mesmo processo de construção dos tijolos comuns e a estrutura pode ou não ser disfarçada, recoberta de tijolinho ou simplesmente pintada. Os tijolos podem ser usados somente como vedação, preenchendo os vãos formados pela estrutura de pilares e vigas e criando painéis sem interferência de outros elementos.

Estrutura de madeira – Outro acabamento que pode enriquecer a casa é investir na madeira com o tijolinho. Nesse caso, a madeira deve receber um tratamento para proteger da umidade.

Paredes amarradas em tijolosAs próprias paredes de tijolos sustentam a cobertura, dispensando ferros e concreto. Uma parede completa de tijolos aparentes sem emendas tem outro aspecto! E você poderá usufruir do tijolo dentro e fora da casa. O único problema é que para esse tipo de construção a obra sai bem mais cara!

“Seja para compor paredes, seja apenas para revesti-las, a intenção é deixá-los à mostra!” Escolha com atenção o tijolo mais adequado ao seu projeto, levando em consideração a qualidade das peças, seu formato, cor e o custo. Blocos ruins costumam ser mais baratos, mas dão prejuízo pois a perda é grande.

As cores mais comuns são em tonalidades de vermelho e laranja, mas existem peças mais claras (meio rosadas),  tabaco, café, preto…

Os modelos e tamanhos podem variar bastante, os mais comuns são os retangulares de 25 x 10 x 5 cm e custam a partir de R$ 250 o millheiro. Peças maiores e com tratamentos diferenciados, como o envelhecido de demolição, custam mais caro, a partir de R$1300 o milheiro. (fonte: revista Arquitetura e Construção Outubro 2010).

Na hora da compra, verifique: peças com a marca do fabricante estampada garantem a responsabilidade sobre o produto; ao bater um tijolo no outro, a emissão de um som metálico demonstra resistência; cheque se ele não quebra ou se esfarela com facilidade; se o interior da peça estiver cinza, a queima não foi bem feita.

Após definir o tipo de estrutura, a cor e o tamanho do tijolo, está na hora de definir como o material será aplicado na sua parede. O assentamento deve ser feito com areia peneirada para que as pedrinhas não interfiram no acabamento. cuide para que o excesso de massa do rejunte seja removido evitando que endureçam sobre as peças. As juntas podem ser de três tipos:

Cheia - a massa é nivelada na superfície do tijolo.

Frisada - retira-se a massa entre os tijolos, criando uma pequena profundidade entre as peças.

Junta seca - os tijolos apóiam-se diretamente uns sobre os outros. Esta é a que acho o mais moderna e bonita!

Demolição – Um dos acabamentos mais apreciados e utilizados. No caso das construções originais, após retirar o reboco, é só raspar a sua cobertura e deixá-los à vista. Sendo assim você já tem as paredes com tijolos envelhecidos, ou seja, com efeito de demolição. No caso das obras, após assentá-los, deve-se remover o excesso de massa e com uma esponja úmida espalhar o resto do cimento, dando o efeito de envelhecido.

Patinado – O efeito de pátina pode ser conseguido de diversas maneiras, como por exemplo com caiação: 1 lata de cal, 2 de areia peneirada e 1/2 de cimento e água. A mistura pastosa é aplicada nas juntas e depois, mais diluída, é passada sobre os tijolos com broxa, como uma tinta. Depois, é só lixar e impermeabilizar com uma camada de silicone – efeito que realça sutilmente a textura dos tijolos, deixando o acabamento homogêneo. Outra maneira de conseguir o efeito patinado: Aplicar uma demão de tinta latex dissolvida em água, na proporção 1:1.; depois lixar e impermeabilizar igual na caiação. / Cobrir os tijolos com uma demão de uma camada fina de massa corrida. Espere secar por um dia e com uma lixa grossa remova o excesso do produto para dar o aspecto envelhecido aos tijolos.

Pintado – Para quem gosta da textura mas não da cor dos tijolos, um efeito interessante e muito usado é apenas pintar com a cor que mais gostar.

Original – O tijolo aparente é por si só um belo revestimento e já nos fornece um visual trabalhado. Pode-se deixá-lo original, na cor do fabricante, e apenas impermeabilizá-los com resina de silicone.

Mesclado -Tijolos em diversos tons conferem um efeito salpicado às paredes. Eles podem ser mesclados, alguns mais avermelhados e outros em tons mais claros.

Rústico – Tijolos assentados com saibro numa mistura de argila e areia grossa, ficam com um acabamento mais grosseiro.

* Imitação -  Existem disponíveis no mercado opções que imitam o efeito do tijolo aparente. O que sempre falo e volto a repetir: imitação só se for muito bem feita e, de preferência, algum lançamento ou material bem atual. Aquelas cerâmicas antigonas que imitam tijolinho, nãããão!!!

Finalização – É necessário impermeabilizar os tijolos para retardar o desgaste do material, protegendo-o das interpéries e evitando a formação do limo. Uma sugestão é aplicar verniz acrílico, resina ou silicone no acabamento final. Entre os materiais mais utilizados estão o silicone líquido (ex. Acquela), que penetra no tijolo sem alterar sua aparência. Como o material não forma um filme selador, permite que o material respire. Sua aplicação deve ser feita com trincha e dura até dois anos. Outra alternativa são as resinas acrílicas à base de solvente, aplicadas com rolo de lã de pêlos curtos. Elas oferecem maior durabilidade, mas escurecem a superfície. Conforme a resina, pode-se obter um efeito brilhante, semi-brilhante ou acetinado.  Antes da aplicação impermeabilizante é necessário que os tijolos estejam limpos.

Limpeza – Em áreas externas as paredes precisam de manutenção constante para evitar o limo. As superfícies  podem ser lavadas por hidro-jateamento ou limpas com uma solução de 30% de cloro e 70% de água, passados com uma vassoura de piaçava.  Se as manchas persistirem você pode utilizar uma lixa de madeira número 36 e fazer os reparos usando talhadeira ou formão, sem trincar os rejuntes, trocando-as por outras do mesmo tamanho e tonalidade.

Sustentabilidade - O tijolo de solo-cimento, composto de terra, cimento (de 5 a 12%) e água, é mais ecológico pois sua produção, através de prensagem hidráulica, ocorre sem a queima de madeira e o consumo de energia (presentes na fabricação dos tijolos cerâmicos convencionais).

1- Loft com tijolos originais na parede, tudo o ver com o estilo do lugar, amei! Foto: desiretoinspire.

2- Esse ambiente é da Casa Cor de 2007 e estava tão bonito que até hoje eu lembro como uma referência de sala com parede em tijolo aparente. Projeto: Fernando Piva.

3- Esse restaurante tem várias paredes revestidas de tijolo aparente e muitos detalhes de madeira, ficou lindo! Projeto Otávio de Sanctis, site Arcoweb.

4- Parede com tijolos mesclados, destaque total do ambiente! Foto: desiretoinspire.

5- Apenas uma parte da parede tem o tijolo aparente, dá a impressao de que foi descascado e até a tubulação ficou aparente. Assim eu gostei!!! Garagem da Casa Cor Rio de Janeiro, projeto Fernanda Medeiros, Janaina Bento e Simone Hirle.

6 e 7- Tijolos com efeitos patinados. CasaVogue  292, projeto Michel Perache e Eric Miele. / Revista Casa e Jardim.

8- Quarto com parede em tijolo aparente com junta seca. A parede contrasta com os móveis modernos em laca preta. Foto: revista Kaza 66.

9 e 10- Tijolos pintados. Na sala de estar a parede preta ficou moderna. Foto: desiretoinspire / No escritório do arquiteto Marcelo Rosembaum, a parede original de tijolinho recebeu pintura branca e muitos enfeites.

11- Banheiro todo branco com paredes em tijolos aparentes de acabamento rústico. Foto: site Casa.

12 e 13- Ambientes em estilo provençal tem tudo a ver com o tijolo pintado de branco, ainda mais com esse efeito bem rústico… Fotos: revista Dcasa 18 e Kaza 42.

Fonte da perquisa: site Casa, revista Arquitetura & Construção (várias), site Arcoweb, site IG.

Veja também: Aço Corten / Madeira Ebanizada / Cobogó

+ materiais e revestimentos






Diariamente, recebemos vários comentários e emails pedindo dicas ou soluções para algum detalhe específico. Tentamos responder à maioria, mas é impossível atender a todos imediatamente. Então, se você deixou algum recadinho por aqui, ele será respondido ou um post será feito pra deixar tudo bem explicado!