Arquivo para quarto de criança - Página 9 de 9 - assim eu gosto: decoração e arquitetura
Design para crianças
Postado Por - 23 de maio de 2010

Cadeiras de design assinado deixam qualquer ambiente mais charmoso. Possuem desenho atemporal, cores atrativas e normalmente são bem confortáveis. Com essas características, porque não usá-las nos quartinhos das crianças?

Hoje em dia várias empresas produzem réplicas de cadeiras e poltronas famosas na história do design, na medida adequada para o conforto dos pequenos… Olha que fofas!

Cadeira Panton, de Verner Panton, da Micasa.

1. Cadeiras Bunny, de Arne Jacobsen. / 2. Cadeira Panton, de Verner Panton. 3. Poltrona Tulipa, de Eero Saarinen. Réplicas da Animacasa.

1. Cadeira Antonieta, de Miguel Rodrigues. / 2. Cadeira Bertoia, de Harry Bertoia. /3.Poltrona DAR de balanço, de Charles & Ray Eames./ 4. Poltrona Barcelona, de  Mies van der Rohe. Réplicas da Desmobilia.

1. Poltrona Egg, de  Arne Jacobsen./ 2. Poltrona Swan, também de Arne Jacobsen./ 3. Ball Chair, de Eero Aarnio. /4.  Lounge Chair Wood, de Ray & Charles Eames. / 5. Poltrona  LC2, de Le Corbusier. Todas réplicas da Littlenest .

Essa poltrona clássica de Charles Eames é uma das minhas preferidas, tanto em tamanho normal quanto a réplica pequenininha! Littlenest 

Veja tambémDesign Escandinavo / O nome das cadeiras

+ quartos de criança





Casa Cor Santa Catarina 2010
Postado Por - 24 de abril de 2010

A primeira mostra CASA COR desse ano está acontecendo em Florianópolis, a Casa Cor Santa Catarina, que segue até 27 de abril no Centro Integrado de Cultura de Florianópolis. A mostra desse ano vem com o tema ” Sua casa, sua vida, mais sustentável e feliz” e traz como destaques a valorização da cultura regional e a utilização de materiais recicláveis na composição de diversos espaços.

Living, Jantar e Cozinha, projeto Lupatini Lima Ramos Arquitetos Associados. Gostei muito da estante, da parede trabalhada ao lado da mesa e da porta com frisos circulares em baixo relevo. Um dos ambientes mais bonitos da mostra!

Living, projeto Anna Maya e Anderson Schussler. Decoração com base contemporânea e pinceladas clássica.

Home Theater, projeto Luciana Blagits e Paulo Rosenstock. Ambiente moderno e aconchegante, adorei o gigantesco sofá de 7 metros com almofadas turquesa e a estante/painel toda em madeira.

Biblioteca, projeto Lúcia Horta e Marcelo Schroeder. Destaque para a estante branca com iluminação – desenho simples com objetos bonitos e bem arrumados – e para a luminária de pé ao lado do sofá!

Quarto da Mamãe, projeto Vanessa Faller e Maíra Queiroz. A renda de bilro foi a inspiração para o painel que envolve toda a cama. O artesanato local foi valorizado pelo painel em patchwork, feito com retalhos de tecidos.

Quarto do bebê, projeto João Aumond e Luiza Carla Galitzkia.  Quartinho no estilo provença aliado ao uso da tecnologia com o uso da cromoterapia presente no painel em  madeira de demolição. Olha que gostoso ficou o deck com futon e almofadas!

Quarto do menino, projeto Nazle Tuffi e Layla Rochelly. Inspirado no universo da Fórmula 1, tem armário em forma de bomba de gasolina e mesinha lateral de pneus.

Empório de Queijos e Vinhos, projeto Felipe Chang, Karina Trindade e Luciana Beck. O teto traz um diferencial pelo uso de placas de madeira que faz alusão de um porão.

Sala da Imprensa, projeto Silvana Margarim e Rafael Caramori. O ponto de partida do projeto foram as obras modernas do arquiteto e urbanista Lúcio Costa, destaque para o painel de metal iluminado, os pendentes em conjunto no teto preto e as listras desiguais na cor laranja. Para mim, um dos ambientes de destaque da mostra, pois geralmente a sala de imprensa não é um espaço muito visado e esse projeto surpreendeu!

Via Revista Lush e Casa Cor.





Tudo em LEGO
Postado Por - 01 de abril de 2010

Quem aqui nunca brincou de LEGO? Eu sempre adorei e desde pequena já criava minhas casinhas com o brinquedo, e faço isso até hoje, mas com tijolinhos de verdade! A história das pecinhas de montar mais famosas do mundo começou na Dinamarca (olha ela aqui de novo!) em 1932, quando Ole Kirk Christansen fundou uma pequena fábrica de brinquedos de madeira. O nome LEGO vem do dinamarquês “leg godt” (“brinque bem”). Anos depois Christansen descobriu que o plástico era o material ideal para a fabricação de brinquedos e em 1949 ele desenvolveu o primeiro protótipos do tijolo LEGO. Após várias experiências e ajustes em 1958 tomou sua forma final e foi patenteado. A produção de tijolos feitos com plástico ABS, que é um plástico duro e resistente a mordidas e arranhões, começou em 1963. Atualmente os tijolos LEGO são fabricados na Dinamarca, República Tcheca, Hungria e no México e em 2008 completou 50 anos, com diversão para todas as idades (Fonte LEGO Parents).

Como arquitetura e LEGO tem tudo a ver, além das casinhas e castelos tradicionais, a LEGO anunciou no ano passado a primeira parceria com um de seus fãs para o lançamento de uma nova linha de produtos chamada LEGO Architecture, uma série de réplicas, feitas com LEGO, de algumas das mais impressionantes obras arquitetônicas do mundo. Além das peças necessárias para montar os prédios, cada kit vem com uma base com o nome do monumento, instruções de montagem e livreto com detalhes do edifício e sua importância arquitetônica. Nas fotos, o Museu Guggenheim de Nova York e o Hancock Center de Chicago. Acho que vou voltar a brincar!

Com mais de 400 bilhões de produtos vendidos, 2400 formatos diferentes de peças, 53 cores diferentes, os tijolinhos não poderiam se limitar ao mundo dos brinquedos. As peças são usadas da pré-escola até a universidade para ensinar de tudo, de matemática e ciências até princípios de engenharia e tecnologia. Mas o design de produtos foi a área que melhor tirou partido das milhares possibilidades do LEGO. Hoje em dia se encontra tudo de LEGO!  Calculadora, calendários, vídeo games,  relógios, pen-drive… As primeiras imagens são de caixas de som para I-pod, não são lindas!?

Estas são luminárias de LEGO. A primeira, Luminária LEGO de Luis Pedrasi foi montada com pecas translúcidas. A segunda, chamada LEGO Lamp é da companhia japonesa 25togo e tem o formato de um tijolo LEGO feito de acrílico com LEDs para iluminar. Aparentemente é possível encaixar várias luminárias LEGO, uma em cima da outra, para criar uma torre LEGO iluminada!

Eu gostei mesmo dos móveis! Já é possível criá-los com peças gigantes de LEGO. São os LunaBlocks, comercializados pelo site Homology em formatos e cores variadas, por unidade, pra você usar a criatividade e criar seu próprio móvel. Mesas, estantes, escrivaninhas… Já fico imaginando usar num quarto de criança, brinquedoteca ou num ambiente comercial.

Achei um show esses  LunaBlocks em acrílico colorido!

Existem também sofás inspirados nos desenhos das pecinhas e que seguem o princípio básico do brinquedo: poder montar de diversas formas. A mesinha pra desenhar com a carinha de um bonequinho de LEGO também é muito fofa!

Além do formato e dos encaixes, as cores e formas das pecinhas também servem de inspiração. Nesses móveis da Desmobilia, uma imagem reproduzindo peças coloridas foi usada no estofado da cadeira e na pintura da cômoda.

Mas não acaba por aqui! Como eu disse, as pecinhas proporcionam milhares de possibilidades. A dupla Munchausen, formada pelos designers franceses Simon pillard e Philippe rosetti, fizeram uma cozinha básica na IKEA e depois passaram dias forrando o balcão com 20.000 pecinhas.

A mesa de pebolim é super estilosa, mas não sei se funciona… meninos não são delicados e impressão que dá é que na primeira jogada ela se desmonta inteira… Alguém quer testar?

 

As pecinhas também serviram de inspiração para o design de jóias. Pingentes, anéis… até um pen-drive de LEGO feito em ouro.

LEGO imita o design. Prova disso é o trabalho do designer Mario Minale, que criou uma cadeira de verdade com as peças do brinquedo, para a Droog. O móvel do profissional italiano é uma homenagem à Red and blue chair, assinada pelo arquiteto holandês Gerrit Rietveld em 1918. Para suportar o peso de uma pessoa sentada, a cadeira da Droog possui uma estrutura de alumínio.

LEGO também imita a arte. Reproduções de quadros famosos, como a Santa Ceia e de capas de discos famosas, como essas dos Beatles, são encontradas na internet. No YouTube existem diversos filminhos feitos com os bonequinhos de LEGO. Diversão pra todas as idades.

Aqui já foram um pouco além… A pessoa devia ser viciada em LEGO e resolveu montar a sua própria casa! Segundo o site Archdaily, a casa fica Denbies Wine Estate, em Dorking, UK. Estão sendo utilizadas 3 milhões de tijolos coloridos e a casa contará com banheiros e mobiliários de LEGO. Será que isso vai funcionar?

Todas as imagens são divulgação; com exceção dos LunaBlocks em acrílico, Marie Claire Maison; e da cadeira de verdade, Revista Casa e Jardim.






Diariamente, recebemos vários comentários e emails pedindo dicas ou soluções para algum detalhe específico. Tentamos responder à maioria, mas é impossível atender a todos imediatamente. Então, se você deixou algum recadinho por aqui, ele será respondido ou um post será feito pra deixar tudo bem explicado!