Arquivo para perfil - assim eu gosto: decoração e arquitetura
Estilo Valéria Gontijo
Postado Por - 03 de dezembro de 2012

O estilo contemporâneo de Valéria Gontijo é marcado por linhas retas e simples e pelo uso de cores e materiais naturais, tanto na arquitetura como nos ambientes internos. Nós adoramos essa mistura do minimalismo das formas limpas com os materiais mais rústicos e quentes – como a madeira, o couro e as pedras naturais.

Fizemos aqui uma seleção de projetos lindos que marcam o estilo dessa profissional, seja na arquitetura seja em interiores lindíssimos e bem decorados.

Casa linda com fachada reta formada por grandes esquadrias de vidro e lindos pergolados em estrutura metálica, que marcam seu estilo. Os fechamentos no andar de cima são grandes portas de madeira.

Outra casa bem moderna e limpa, que recebeu muro de pedra e elementos de madeira que aquecem a arquitetura.

Adoro esse fechamento de madeira, que além de complementar lindamente a fachada permite abertura ou fechamento total, dependendo do uso.

Essa casa de arquitetura limpa é aberta e iluminada. A mistura de mármore travertino + pedra + madeira é infalível e aqui ficou perfeita.

Mistura de pisos de cimento queimado e madeira no interior no Nuwa Spa. Adoro o detalhe do forro de tábuas de madeira marcando a passagem.

No restaurante Enfim (antigo Zuu) o concreto da estrutura é todo aparente, formando uma mistura rústica, mas sofisticada. com a madeira das esquadrias, piso e forro.

Decoração limpa com móveis de design modernista sobre o piso de mármore travertino.

Home Theatre com parede revestida de mármore travertino sob o painel da tv, móvel de madeira lavada e sofá de couro. Adorei o conjunto de fotos decorando a parede lateral.

Adoro essa decoração com uma grande parede revestida com madeira de demolição, piso em mármore travertino e móveis de madeira, todos com cores neutras. Tudo se harmoniza, mas sem ficar monótono.

Parede todo revestida com mármore travertino, o mesmo material usado no piso, e tapete rústico na mesma cor. Tudo pontuado por móveis de design e cores claras. Lindo!

Fonte: site da arquiteta, Anual Design, Casa Vogue.

+ perfil





Salas Débora Aguiar
Postado Por - 20 de julho de 2012

Somos fãs da arquiteta Débora Aguiar! Seu estilo é contemporâneo, valoriza o conforto e a iluminação natural, com destaque para o uso da simetria, dos tons claros (muito bege e branco), dos materiais nobres e dos móveis casuais. Atuante no mercado há mais de 20 anos, tem um dos maiores escritórios de arquitetura e decoração do país.

Fizemos uma seleção de belas salas criadas pela arquiteta e sua equipe, inspirem-se!

Ambiente criado para a Casa Cor com decoração clara + acabamentos em madrepérola e camurça nas paredes + piso de marmoglass branco + madeira.

Sala grande com piso de madeira amêndola + detalhes em mármore travertino navona (na lareira) e marmoglass branco (na mesa de centro). Via Decor News.

Sala integrada com piso em granito + parede em mármore bege filetado + painel da tv em couro.

Sala com piso em madeira + decor branco e bege + estante linda!

Sala com paredes revestidas em mármore quadriculado (textura $uper nobre) + iluminação para destacar.

Sala integrada + mobiliário maravilhoso em laca branca alto brilho (mesas de jantar e de centro).

Loft com pé-direito duplo e paredes trabalhadas em mármore travertino com iluminação embutida + detalhes de madeira ripada.

 

Sala com paredes revestidas de madeira clara (com veios verticais) + espelho + mobiliário bege e branco.

Sala de estar, jantar e cozinha integrados. Foto Inês Antich.

Ambiente ma-ra-vi-lho-so da Casa Cor São Paulo com muita madeira + branco e bege.

Outro ambiente de Casa Cor, com duas salas divididas por uma parede, onde no estar os acabamentos são mais claros e no home mais escuros, com parede de couro preto + estante de led.

Sala da Mostra Artefacto com paredes revestidas em madeira + iluminação âmbar.

Outra sala feita para a Artefacto, com mesa de centro gigante em madeira escura.

*Obs: As fotos sem referências foram retiradas do site das arquiteta. Peço desculpas pela má qualidade de algumas delas, é que estavam pequenas e tive que fazer print screen.

Mais projetos da Débora Aguiar: Apartamento de 36m² / Apartamento em São Paulo / Refúgio do Velejador na Casa Cor SP.

+ salas





Mies van der Rohe
Postado Por - 28 de março de 2012

Quem entrou no Google hoje deve ter visto que o título está diferente. Essa mudança de visual se chama doodle, e é feita todas as vezes que o Google decide celebrar alguma data importante.

Então, essa imagem de hoje – um edifício retangular com fachada de vidro – é em homenagem ao arquiteto Ludwig Mies van der Rohe, que hoje completaria 126 anos se estivesse vivo. O desenho é uma reprodução do Crown Hall, o edifício da Faculdade de Arquitetura do Illinois Institute of Technology em Chicago.

O Crown Hall é considerado um dos edifícios mais significativos da arquitetura modernista, e é uma das obras primas de Mies van der Rohe. Mas você sabe porque esse arquiteto foi tão importante para merecer essa homenagem?

Mies van der Rohe foi um arquiteto e educador vanguardista e deixou um forte legado para a arquitetura mundial. Foi professor da Bauhaus (famosa escola vanguardista de arquitetura alemã) e um dos criadores do Internacional Style, um movimento racionalista precursor do Modernismo.

Já nos Estados Unidos, dirigiu a escola de arquitetura de Chicago, mais tarde renomeado como  Illinois Institute of Technology em Chicago e revolucionou o padrão construtivo com seus arranha-céus em estrutura metálica revestida com cortinas de vidro.Os  interiores flexíveis e independentes da estrutura foram sua principal marca e legado para a arquitetura de edifícios residenciais e comerciais.

Sua arquitetura possuía formas simples e racionais, as vezes austeras, e seus projetos buscavam atender às necessidades do lugar, sendo uma das premissas do minimalismo. “Menos é mais” é uma de suas celebres frases. Mais atual impossível, né? Também criou peças de mobiliário marcantes, como a poltrona Barcelona.

Outros projetos:

Painéis de travertino e mármore, lâminas de vidro, superfícies de água, planos horizontais e verticais que quebram a imobilidade dos espaços fechados, rompem os volumes e orientam o olhar para vistas exteriores“. Essa foi a descrição do próprio arquiteto sobre essa obra, construída primeiramente para uma exposição temporária, e posteriormente reproduzida no Parc Monjuic, em Barcelona.

Uma das casas mais famosas do mundo, a Farnsworth, localizada no estado de Illinois, nos Estados Unidos, resume série de conceitos nos quais Mies van der Rohe trabalhou em toda a sua carreira, como a concepção minimalista, a fluidez dos espaços e a integração com o exterior levada às últimas consequências pela transparência das fachadas.

O Lake Shore é um conjunto de edifícios residenciais em Chicago, e o Seagram é uma edifício comercial em Nova York. São exemplares dos edifícios de estrutura metálica revestida com vidro e de planta interna livre, altamente utilizados até hoje.

Fonte: Wikipédia





O nome das cadeiras (4)
Postado Por - 12 de dezembro de 2011

——> Continuação de O nome das cadeiras 3

* Especial Sérgio Rodrigues *

Arquiteto por formação e designer por intuição, como ele mesmo diz, Sérgio Rodrigues é um dos precursores do design genuinamente brasileiro. Ele revolucionou o desenho de mobiliário no Brasil, buscando um espírito de brasilidade nas cores, formas e materiais de suas criações. Seu design é alheio a modismos e estilos, se mantendo atual até hoje. Eu adoro!

Sérgio Rodrigues criou inúmeras peças que ambientam até hoje o Palácio do Planalto e outros importantes edifícios públicos de Brasília, mas sua mais notória criação é a poltrona “Mole”, que em 1961 venceu o Concurso Internacional do Móvel em Cantù, na Itália. Esse prêmio trouxe projeção mundial para sua carreira e consolidou seu nome como um dos principais designers de móveis brasileiros. A Poltrona Mole hoje é item da coleção do Museu de Arte Moderna de Nova York. Além de muito charmosa, é daquelas que você afunda e não quer levantar nunca mais…

Assisti uma palestra dele há um tempo atrás, e amei sua forma apaixonada de falar sobre o design e sobre a sua produção. Ele é extremamente simpático, bem humorado e eternamente criativo (dá pra ver pela foto, né?). Além disso, se mantem atualizado com as tendências do design atual. Um exemplo disso é que ele substituiu o jacarandá – madeira que tradicionalmente usava em suas peças, pelo liptus, uma espécie de eucalipto que tem sustentabilidade certificada.

* A poltrona Diz foi usada nesse apartamento aqui!

CONTINUA AQUI






Diariamente, recebemos vários comentários e emails pedindo dicas ou soluções para algum detalhe específico. Tentamos responder à maioria, mas é impossível atender a todos imediatamente. Então, se você deixou algum recadinho por aqui, ele será respondido ou um post será feito pra deixar tudo bem explicado!