Arquivo para mostras de decoração - Página 7 de 8 - assim eu gosto: decoração e arquitetura
Casa Cor Paraná 2010
Postado Por - 24 de junho de 2010

Mais uma Casa Cor acontecendo pelo país! A de Curitiba acontece até o dia 29 de junho na Casa de Retiros Mossunguê, no Bairro Ecoville. Essa nós não fomos conferir de pertinho, então a análise vai apenas pelas fotos de divulgação que vi. Alguém já visitou o evento? Qual o ambiente mais legal? Prima Bá, conta aí???

Home Club, projeto André Bertoluci e Flávia Caldeira. Ambiente bege e branco do jeito eu gosto. Feito para receber, a cozinha com churrasqueira é integrada ao estar, base neutra com muita madeira, como os armários da cozinha e a mesa de jantar.


Lounge Gourmet, projeto Yara Mendes. Adorei o painel de pastilhas com desenho abstrato. A idéia é a mesma da Casa Cor de São Paulo no Lounge de Saída, só que lá era um desenho bem colorido do Romero Brito.

Estar Íntimo da Família, projeto Samara Barbosa. Gosto muito das poltronas, do tapete tipo passadeira listrado e da luminária de chão com cúpula preta.

Suíte do moço, porjeto Luiz Maganhoto e Daniel Casagrande. Ambiente diferente, ousado e um pouco, mas gostei muito dessa estante preta com fundo iluminado.

Brinquedoteca, cineminha e varanda, projeto Viviane Busch. Olha o móvel de tv retrô!

Quarto do bebê, projeto Renata Rosa Sguario. Enorme esse quarto! Todo branco com azul e muitos detalhes fofos.

Suíte Ásia, projeto Caroline Andrusko e Eliza Schuchovski. A parede atrás da cama foi bem valorizada, ficou muito bonita.

Salão Nobre, projeto Maurício Pinheiro Lima e Carla Matioli. Móveis generosos deixam tudo mais bonito, como o sofá enooorme com duas mesas também enooormes!

Consultório Odontológico, projeto Carolina Portes e Cristhiani Versan. Difícil ver consultório em mostras de decoração… por isso coloquei esse aqui.

Fotos: site Casa Cor e Revista Lush.

+ mostras de decoração





Casa Kids
Postado Por - 22 de junho de 2010

A CASA KIDS foi feita pensando na família, os ambientes mostram tendências para o universo infantil e nos finais de semana acontecem oficinas para as crianças que visitam a mostra. Selecionamos os que nos chamaram mais atenção:

  • Casa de Boneca, projeto Brunete Fraccaroli.

Uma casa de 45m² feita de vidro com tudo na escala para os pequenos. Tem poltrona, mesinhas, cadeirinhas Philippe Starck, pufes… e até escorregador de pelúcia!

A coleção de bonecas chama atenção, são lindas!

  • Quarto dos Meninos, projeto Camila Dias Domingues.

P

rojetado para dois irmãos, o quarto tem materiais atuais, como o tijolo de demolição e piso vinílico que imita madeira; e ao mesmo tempo é lúdico com o tema de pirata, usado na decoração e no enxoval. Um grande barco foi pintado atrás das camas, onde foi colocado um mezanino de madeira.

O painel com o mapa mundi permite que as crianças aprendam brincando.

O enxoval está lindo: bege+azul+vermelho, combinados com o tecido de listras e com o do mapa!

  • Suíte da Menina, projeto Elisa Gontijo, Glaice Santiago e Mariana Bottini.

O espaço criado para meninas de 4 a 8 anos, foi dividido em estar, dormir e estudos. A estante branca tem espelhos no fundo e iluminação embutida, criando um belo efeito!

Com o tema de princesa, todos os detalhes são em rosa e pink.

As estantes nas laterais formavam muitos nichos e eles estavam tão bonitos… muito bem arrumados e com objetos fofos! O banheiro também era um encanto, todo na proporção de uma criança, mas bem moderninho. Adorei o espelho em estilo veneziano. Super tendência!





Casa Cor Goiás
Postado Por - 13 de junho de 2010

Na correria da semana passada ainda arranjamos um tempinho para visitar a Casa Cor em Goiânia. Se fomos na de SP que fica muito mais longe, por que não visitar a nossa vizinha, não é?!

A mostra, assim como as demais no país, explorou o tema: “Sua casa, sua vida, mais sustentável e feliz” aprimorando o conceito “Sustentabilidade” aplicado em 2009 e que se estenderá até 2012, já que a tentativa da mostra é tornar-se referência mundial. E para os que acompanham, fizemos a nossa lista de tendências usadas por arquitetos, designers e paisagistas.

Jardim de entrada,  projeto  Fernando Florentino. O jardim valorizou a arquitetura moderna do edifício, localizado em uma esquina de um dos setores mais valorizados de Goiânia.

Sala do advogado, projeto de Karine Espírito Santo e Natália Veloso. Ambiente simétrico com destataque para a mesa de trabalho centralizada ao fundo e acoplada à mesa de reunião. A estante em madeira  foi valorizada com iluminação. As paredes receberam o mesmo acabamento do piso até uma altura e pintura concreto da Suvinil no restante.

Cozinha, projeto Leandra Castro e Pedro Ernesto Gualberto. Integrada a uma sala de estar, funciona como uma cozinha gourmet, onde o espaço de refeição foi acoplado à bancada da cozinha. O ambiente é prático e funcional, com eletrodomésticos embutidos. O piso de Castellato rústico foi o que mais gostamos, estava lindo! Os pendentes (K-tribe) e abajoures são do designer francês Philippe Starck.

Boulevard, projeto Ana Paula Castro e Sanderson Porto. O ambiente reforçou o conceito de jardim interno com a parede verde de samambaias, o que não é mais novidade nas mostras, mas que deu destaque ao restante do ambiente que é todo neutro. Fibra natural nos tecidos e muitos móveis em madeira, assim como o tronco de peroba rosa servindo de banco, dando aquela cara de varanda rústica.

Área social, projeto Doriselma Mariotto. A área supervalorizou o mármore travertino romano bruto que foi usado na mesa de jantar, um dos destaques por estar presente tanto na sala como na varanda gourmet separada apenas por uma porta de vidro que corre entre os ambientes. Foi usado também na ante sala, onde a parede foi inteiramente revestida com ele em peças maiores; e na bancada da churrasqueira, que ficou linda mas não muito prática, já que o mármore não é indicado para área gordurosa por ser muito poroso e de difícil manutenção. Outro destaque está no home com uma parede inteira em laminado de madeira (Florense).

Lounge Gourmet, projeto Genésio Maranhão. O ambiente destinado à homens que gostam de cozinhar e receber foi projetado valorizando-se o design brasileiro, como as cadeiras de Sérgio Rodrigues; e o design inglês de Tom Dixon com suas luminárias inspiradas em vasos indianos. Uma estratégia usada para trazer aconchego foi o painel-forro de madeira tauari que cobre toda a parede principal do ambiente e sobe até o teto delimitado pela iluminação aparente em fundo preto contrastando com as outras paredes brancas.

Restaurante, projeto Maurem Françoise. Grande salão marcado centralmente com um conjunto de luminárias (tendência que vimos em vários ambientes!) sobre uma mesa de jantar decorada com um conjunto de vasos de vidro e rodeada de sofás que formaram de cada lado um bate papo. Outro grande destaque do ambiente é a parede moldurada que recebeu revestimento em espelho cortado e criou um efeito belíssimo!

Fotos do site casa.com.br e tiradas no local por Cris e Mari.

Colaboração para este post: Fabianna Cavalcanti





Casa Cor São Paulo 2010
Postado Por - 10 de junho de 2010

Aproveitamos o feriado para conferir de perto a Casa Cor de São Paulo. Considerada a maior da América Latina, a mostra de decoração reuniu esse ano quatro eventos simultâneos: Casa Cor São Paulo, Casa Kids, Casa Hotel e Casa Talento. No total são 105 ambientes criados por arquitetos, decoradores e paisagistas, que exploraram o tema “Sua casa, sua vida, mais sustentável e feliz”.

As tendências que você verá abaixo já podem começar a fazer parte dos seus desejos… são diversos ambientes que revelam o prazer de morar bem!

  Porão, projeto João Armentano. Um dos ambientes mais diferentes do evento, o porão foi imaginado para um ratinho morar, com tudo feito em miniatura: tem quarto, sala de jantar, varanda, escritório,… e foram montados dentro de caixotes de madeira com sobras de tecidos e miniaturas de móveis e objetos de design. Os ambientes ficaram lindos, mas tão lindos, que se fossem de verdade eu queria morar lá!

       Casa do Mirante, projeto Débora Aguiar. O maior ambiente do evento, com 380 m², tem o estilo bem conhecido da arquiteta e como sempre, está lindo!  Muita madeira e tons claros, mas dessa vez percebemos que ela usou um pouco mais de preto e marrom. Os móveis são grandes e modernos, contrastando com o piso rústico em madeira de demolição. Destaque para o uso dos materiais naturais como o couro e o linho. Muitos adornos (mas muitos mesmo!): são quadros, esculturas e enfeites em todos os lugares, tudo bem humanizado. A sala e a cozinha são integradas; o exterior invade os espaços por meio das grandes esquadrias de vidro e madeira e da cobertura de vidro. A mesa feita com tábuas de madeira de demolição (1) foi uma das escolhas por materiais sustentáveis. Lareira a gás (2) com mármore fazendo acabamento.

 Loft Sustentável, projeto Fernanda Marques. Cozinha gourmet integrada com lounges e home theater. Troncos de árvores cortadas pela prefeitura de São Paulo servem como pilares no centro do ambiente. Destaque para a mistura de madeira de demolição e aço inox. O gigante painel (1) de chapas de aço todo recortado chama muita atenção, principalmente pela iluminação planejada com LEDs. Os nichos vazados acomodam objetos como livros, copos, vasos e garrafas. O enorme balcão gourmet (2) com 6 m de comprimento foi fabricado de Corian.

 Loft da Executiva, projeto Denise Barretto. O grande destaque desse espaço são filetes de peroba que revestem tanto o piso como as principais paredes. O efeito ficou lindo e já quero usar esse recurso em algum projeto aqui do escritório! Para manter a privacidade no quarto sem reduzir o ambiente, a profissional preparou uma divisória ripada da mesma madeira. Tons neutros se mesclam ao preto e ao dourado dos objetos e revestimentos. Outro destaque do é o desenho em curva da parede que faz alusão ao mapa de Brasília em homenagem a Lucio Costa.

  Loft do Cineasta Consagrado, projeto Marília Brunetti de Campos Veiga. De qualquer ponto do apartamento o morador enxerga a TV estrategicamente posicionada. O carrinho (1) funciona como mesa de apoio tanto para o sofá como para a poltrona. A luminária (2) cria o canto próprio à leitura. Atrás dela, quadro Ensaio sobre a Cegueira, título do livro de José Saramago que serviu de referência ao filme de Fernando Meirelles, o homenageado do ambiente.

Loft do Designer, projeto Toninho Noronha. Aqui todos os ambientes se integram em um espaço aberto de 70 m², com piso revestido de placas de limestone. Ao centro, em vez de um sofá, quatro módulos estofados com encosto podem trocar de lugar. Em volta dele, móveis de design escandinavo, como a estante modulada de formas simples, limpas e ao mesmo tempo inovadoras; e a poltrona de balanço Stingray Rocking, que foi inspirada numa arraia e venceu importantes prêmios de design.

 Living do Fotógrafo, projeto Maria Antonia Penteado. Mais um ambiente em tons neutros e materiais naturais. No piso usado foi um carpete de sisal e as colunas foram realçadas com tijolos de demolição. Todo o ambiente foi forrado com linho, mesclando as cores areia e preto, e criando uma atmosfera predominantemente masculina. O pendente preto com interior amarelo tem foco dirigido para a bancada revestida de madeira.

Home Office, projeto Rosa May Sampaio. Lugar aconchegante e chique, com paleta de cores neutras que integram visualmente biblioteca, escritório e sala de TV. A estante branca traz luminosidade ao contrastar com os elementos escuros. Nela ficam os livros, a coleção de caixas de madeira de marchetaria e os objetos de antiquário. O sofá de camurça marrom (1) convida a se esparramar sem cerimônia. Sobra conforto na ambientação!

 Biblioteca, projeto Ana Maria Bogar e Ricardo Caminada. O ambiente é organizado, calmo e convidativo para passar horas na companhia dos livros. O rosa, forte tendência no Salão do Móvel de Milão 2010, foi usado na poltrona de sarja (1) e em alguns detalhes, sempre em companhia do marrom e do cinza. No projeto da estante, caixas em laca e pau-ferro podem ser empilhadas de várias maneiras.

 Lounge de Saída, projeto Zoe Gardini. Predominam tonalidades suaves e móveis confortáveis para relaxar enquanto se espera o carro, trazido pelo manobrista na saída da Casa Cor. Uma surpresa é o painel de 8 metros de comprimente feito de pastilhas de vidro que reproduz uma obra de Romero Brito.

Sala Íntima, projeto Clélia Regina Angelo. Madeira de reflorestamento, tecidos 100% algodão e materiais reciclados nos móveis refletem a preocupação atual com a sustentabilidade. O revestimento de lambris de madeira amêndola (1) foi aplicado na parede e no teto ondulado. Lindas as almofadas coloridas (1), como a de patchwork de Corujinha!

* Para quem quiser visitar, a Casa Cor fica no Jockey Club de São Paulo até o dia 13 de julho.

* Dentre os 105 ambientes do evento, esses são somente alguns que nós selecionamos para colocar aqui. Colocamos os que mais gostamos como um todo (e que encontramos fotos!), mas existem muitos detalhes super bacanas em outros espaços e que aos poucos vamos falando aqui no blog.

* Já já colocamos um post só sobre a Casa Kids, ok?!

* As fotos são dos sites: CasaCasa e JardimCasa Cor / Tecto.






Diariamente, recebemos vários comentários e emails pedindo dicas ou soluções para algum detalhe específico. Tentamos responder à maioria, mas é impossível atender a todos imediatamente. Então, se você deixou algum recadinho por aqui, ele será respondido ou um post será feito pra deixar tudo bem explicado!