Arquivo para Márcio Kogan - assim eu gosto: decoração e arquitetura
Assim eu gosto
Postado Por - 06 de novembro de 2014

Esses dias estivemos em São Paulo e numa voltinha no shopping JK Iguatemi (fomos ver a exposição do Escher!) entramos nessa linda loja de chás: Talchá. Tinha me esquecido o quanto este projeto é lindo e bem planejado, com a estante como o grande destaque: toda de madeira clara e com vários nichos de tamanhos variados que acomodam os chás, xícaras, chaleiras, potinhos… Os pendentes Allegro também chamam a atenção, são da Foscarini. Sem falar no aroma delicioso… #assimeugosto

Projeto Márcio Kogan.

+ estantes e nichos





Casa Cobogó
Postado Por - 04 de junho de 2012

Pra começar bem a semana, uma casa linda, projetada por Márcio Kogan. Ela foi batizada de Casa Cobogó porque esse elemento foi amplamente utilizado nas fachadas, permitindo a ventilação natural e formando lindos jogos de luz e sombra com a iluminação natural que incide sobre ele.

A arquitetura da casa é bem moderna, com linhas retas nas fachadas e espaços amplos e bem integrados com o exterior – característica típica dos projetos de Kogan. Além do cobogó, que ajuda nessa interação, foram usadas grandes esquadrias deslizantes de vidro e painéis sanfonados de treliça de madeira.

A piscina foi inspirada nos jardins japoneses e tem formato de lago. Outro ponto marcante da área externa é a jabuticabeira e ocupa um lugar de destaque, proporcionando uma bela paisagem.

O cobogó utilizado é assinado pelo escultor austríaco Erwin Hauer, autor de diversos modelos já patenteados. O efeito é belíssimo, né?

As esquadrias são enormes panos de vidro que deslizam permitindo abertura total da sala para o jardim. Repare que po piso da sala e da varanda é em ladrilho hidráulico.

Além do bonito efeito na fachada, eles bloqueiam a visão do ambiente interno, mas deixam passar ventilação e luz natural. Esse é um recurso inspirado no muxarabi da arquitetura árabe, e amplamente incorporado à arquitetura brasileira.

Detalhe dos painéis, que por serem sanfonados, permitem abertura total. Todo o piso do andar superior é de tábua corrida de madeira com veios bem marcados, muito lindo!

——> Veja também: Painéis vazados e Cobogó.

+ Casas





Estúdio de fotografia
Postado Por - 31 de agosto de 2011

Projeto de Márcio Kogan (Studio MK 27), em São Paulo.

Este estúdio especializado em fotografia gastronômica tem conceito moderno e minimalista, formado pelo desenho de uma grande e comprida caixa branca, com grandes portas de correr (metálicas com vidro branco), que quando abertas permitem a integração total do interior com o exterior.

Nas extremidades, dois volumes em madeira tauari atendem as necessidades do estúdio, deixando livre o grande salão central onde são feitas as fotos.

Na sala de fotos, o elemento de destaque do projeto é a passarela de concreto aparente (presa ao teto por tirantes) que liga os dois volumes em madeira. Na esquerda ficam a recepção e as salas de tratamento de imagem. Na direita, cozinha técnica e o estoque.

Vista com as portas de madeira fechadas.

A sala de edição das imagens.

No pátio das fotos ficam algumas estações de trabalho.

A cozinha técnica que fica no térreo.

A cozinha profissional que fica no piso superior.

A recepção.

Outra foto da recepção. Amei esse colorido!

Via: Arcoweb. / Mais fotos do projeto aqui.





Casa de praia em Paraty
Postado Por - 06 de março de 2010

Casa de praia em Paraty, Rio de Janeiro, projeto do arquiteto Márcio Kogan. Com este projeto de arquitetura e interiores, Kogan ganhou dois prêmios: o primeiro lugar no Leaf Awards 2009, um dos mais importantes prêmios de arquitetura da Europa, e o Design Awards 2010, da revista britânica Wallpaper, na categoria “Best new private house” (melhor casa).

A casa foi construída numa majestosa encosta no meio da Mata Atlântica, de frente para o mar, numa praia particular. Se o único acesso à casa é de barco pela praia, eu fico imaginando a dificuldade que foi para construí-la…

Em concreto e vidro com um belo desenho minimalista, são dois volumes de tamanho parecido, sobrepostos de forma desencontrada. No volume mais próximo do mar ficam o estar e os serviços; no outro estão os dormitórios.

A casa em si é simples, tendo como forma dois cubos empilhados abertos para o exterior, totalmente adequada à paisagem. Logo na frente da casa está a piscina e um amplo deck de madeira, ideal para tomar sol.

Dá pra ver que a piscina está praticamente na praia!

Amplas portas integram o exterior com o interior, que é bem minimalista, deixando como foco principal na vista de tirar o fôlego em todos os ângulos. Há peças novas criadas pelo escritório do arquiteto, o Studio mk27, alinhadas a peças modernas de Lina Bo Bardi, Sérgio Rodrigues e Zanine Caldas, que fazem parte da coleção particular dos jovens proprietários que são colecionadores de móveis brasileiros do século 20.

Diferentes materiais bem empregados: concreto aparente texturizado, vidro, pedra e madeira.

Detalhes do hall de entrada e o espelho dágua com uma passarela metálica. A cozinha com um pátio para trazer iluminação e ventilação natural (olha a bancada em silestone laranja!). A fachada da área dos dormitórios com fechamento em painéis retráteis de graveto de eucalipto que protegem do sol e perfumam o ambiente.

Sou fã número 1 do Márcio Kogan! Adoro aprender e admirar seu trabalho super contemporâneo, de uma plasticidade impressionante. São leves, simétricos e belos! Destacando sua intensa relação interior/exterior com aberturas sofisticadas em rasgos horizontais; o volume das suas “caixas” bem resolvidas; o tratamento especial nos percursos e circulações e a habilidade com o uso dos materiais, principalmente nas texturas.

Via Márcio Kogan. Fotos Trendir e Arcoweb.

+ projetos de casas / + fachadas






Diariamente, recebemos vários comentários e emails pedindo dicas ou soluções para algum detalhe específico. Tentamos responder à maioria, mas é impossível atender a todos imediatamente. Então, se você deixou algum recadinho por aqui, ele será respondido ou um post será feito pra deixar tudo bem explicado!