Arquivo para étnico - assim eu gosto: decoração e arquitetura
Tá na Moda!
Postado Por - 21 de novembro de 2010

A moda verão veio cheia de referências hippie chic e eu confesso que adoro esse estilo também na decoração. São ambientes informais, ideais para descansar e se desconectar, traduzindo um modo de viver mais tranquilo e relaxado. Paz e Amor!

 

Os ambientes são decorados com móveis baixos e muitas, muitas, muitas almofadas, inclusive para sentar no chão. A iluminação é tênue, inclusive à luz de velas, convidando ao relaxamento e a decoração nunca é muito certinha, mas permeada por peças étnicas, materiais naturais e móveis com aspecto envelhecido. Muitas cores e bordados, tecidos delicados e artesanais, brilho, mistura de estampas, patchwork, flores e cores chamativas.

Fotos: Revista Micasa Nov. 2010

Veja outros estilos de decoração aqui!





África na decoração
Postado Por - 19 de maio de 2010

Às vésperas da Copa de 2010, o mundo todo está com os olhos voltados para a África. É claro que isso se reflete na decoração, ainda mais se tratando de uma cultura tão rica que, inspirada da cores e formas da natureza e carregada de simbologia, tem identidade própria. A escolha desse estilo se baseia na beleza e na alegria que as cores e peças conferem ao ambiente, mas há quem se identifique com a simboligia e o misticismo incluso nos objetos e pinturas.

Em uma decoração inspirada na cultura africana predominam os tons terrosos do continente, como amarelos, laranjas, ocre, marrom e vermelho. Grafismos em preto e branco também são muito presentes, principalmente em estampas de tecidos e em pinturas. Esculturas, máscaras, tapetes, peles (artificiais!), móveis em madeira rústica, couro e palha também fazem parte do conceito.

É um estilo alegre, exótico e de muita personalidade. Sendo assim, optar pelo look total pode ser arriscado, a não ser pra que se identifica muito com a cultura africana. Porém, como na maioria das fotos que selecionamos, dá pra usar algumas peças e estampas apenas como referência, como esculturas isoladas ou em coleções, almofadas, algumas cores ou materiais, mas misturados a estilos e peças modernas. O resultado é uma decoração bem contemporânea e sofisticada.

Cores, almofadas, tecidos e coleções de objetos africanos decoram o apartamento do colecionador de arte tribal Christian Heymès, em São Paulo. Foto: Revista Casa Cláudia março 2010.

Sofá de couro, almofadas estampadas e tapete com padronagem de zebra na ambientação da Le Lis Blanc Home.

Objetos de arte africana aquecem e personalizam ambientes modernos. Na primeira foto, móveis, bandeja, garrafas, copos, lupa e escultura azul da Brentwood; ovo de avestruz, máscara rústica, girafas e bola de osso da Katmandu; tecidos Regatta, cadernetas de oncinha Le Lis Blanc e máscara pura  e bola de onça com elefante da Espaço Til. / Na segunda foto: mobiliário Brentwood; boneca Namji Boa Sorte, da Katmandu. Fotos e informações: revista D`casa

Cantinho de leitura projetado por Meire Santos para uma Casa Cor, com painés de fotos e esculturas de animais. / Papel de parede da linha Grafismo, da Bobinex, inspirado em padronagens africanas, criado por Marcelo Rosenbaum. Fotos: divulgação.

Nessa sala, projetada por Roberto Migotto, há uma mistura clara de estilos, como móveis de várias épocas. Almofadas estampadas nas cores amarelo e vermelho conferem cor e estilo. O tapete de zebra dá um ar sofisticado. Foto: site do arquiteto. /À direita: Mobiliário, luminária e estatueta de madeira natural da Brentwood; máscara Lua Contemporânea e tecido branco e preto da Katmandu; caixa dado Dice Bone, da Le Lis Blanc.Foto e informações: revista D`casa

Para decorar o aparador, peças em madrepérola e osso, esculturas e livros temáticos, tudo da Le Lis Blanc. / Papel de parede da linha Grafismo, da Bobinex, móveis rústicos e pufe com estampa colorida. Fotos: divulgação.

No quarto, camas em madeira com dossel, móveis rústicos em madeira, tapete e almofadas com grafismos africanos. Foto: reformafacil.

Quarto com tapete em padronagem de zebra e móveis rústicos. Foto: casadevalentina / À direita:  Quarto com móveis modernos, em linhas retas e  laca branca, misturado ao estilo africano do tapete de zebra e nos tecidos do enxoval nas cores marrom e ocre. Mobiliário Brentwood, pano mudcloth preto na almofada da Katmandu, tecidos do enxoval da Regatta, tapete de couro silcado padrão zebra da Helvetia House. Foto e informações: revista D`casa.

Esse quartinho de bebê com o tema safari é lindo! A base é clarinha, em tons de bege e branco, mas a parede e os móveis receberam a pintura com paisagens e animais. Os bichinhos de pelúcia de onça e zebra sào um charme! Foto: casadevalentina.

A arte africana é bastante marcada pelas estampas. Produzidas utilizando técnicas milenares de tingimento, são caracterizadas por grafismos e usam como referência as formas da natureza, como a pele de animais, os formatos de frutas exóticas, ou a textura de pedras de rios.

Além dos tecidos marcantes, a escultura, principalmente máscaras e estátuas, não passam despercebidas. Produzidas em materiais extraídos da natureza, como madeira, principalmente o ébano, marfim, osso, terracota, bronze, cobre e ouro, elas são símbolos religiosos e expressam os sentimentos e idéias dos povos africanos.  A máscara provoca fascínio ou repulsa no mundo ocidental. Sua função é  proteger, representando um disfarce para a incorporação dos espíritos e a possibilidade de adquirir forças mágicas.

Apesar de estar na moda, é um estilo atemporal e lojas especializadas em estilos étnicos sempre renovam seus estoques com peças lindas, como a Katmandu, a Le Lis Casa… Mas a beleza e diversidade da cultura africana são fontes de inspiração para marcas e designers criarem novas tendências, reinterpretando cores e padrões.

1 e 2:Jogos de Jantar Tânia Bulhões. /3. Louças TokStok em parceria com Alexandre Herchcovitch.

Tecidos da coleção Microsan África da Donatelli (é lançamento!).

 

1. Porta-retratos de osso HStern Home. / 2. Almofada Coisas da Dóris. / 3.Cachepô HStern Home. / 4. Caderninhos Hits/ 5.Caixa de osso, Le Lis Casa. / 6.Máscaras Katmandu. / 7. chaise Bali Express.

 

1. Bandeja de madeira / 2.Almofadas Donatelli. / 3.Girafas de madeira da Katmandu. / 4.Lupas com cabo de osso Le Lis Casa. / 5.Panô com padronagem africana da Katmandu. / 6.Banquinho de madeira da Katmandu. 7.Ovo de avestruz pintado da Katmandu./ 8. Poltrona Anos 60 customizada do Estúdio Glória. / 9. Livros Editora Tashen.

 

Coleção “M’Afrique”,da grife italiana Moroso, criadas do encontro entre tradição e modernidade, como uma forma de homenagear e valorizar os valores culturais do continente africano.

* Veja também:Estádios da Copa – Parte I






Diariamente, recebemos vários comentários e emails pedindo dicas ou soluções para algum detalhe específico. Tentamos responder à maioria, mas é impossível atender a todos imediatamente. Então, se você deixou algum recadinho por aqui, ele será respondido ou um post será feito pra deixar tudo bem explicado!