Arquivo para design escandinavo - assim eu gosto: decoração e arquitetura
Quarto de menino – cinza
Postado Por - 14 de setembro de 2010

Esses dias mostramos o projeto de um lindo Quarto de Menina em tons pastéis, feito por uma arquiteta espanhola e cheio de idéias legais. Esse quarto de meninos, feito para 2 irmãos, foi apresentado na Casa Decor Madrid e surpreende pela cor escolhida como base da decoração: o branco e o cinza em diversos tons. A proposta é que os complementos sejam colocados de acordo com a vontade das crianças.

Todo o mobiliário é em laca branca. As camas tem a cabeceira revestida em papel de parede listrado e uma prateleira com caixas decorativas que servem de lugar para guardar brinquedos. Um baú no pé de cada cama também serve de lugar para os brinquedos e apoio para os amiguinhos. O piso é em cimento queimado, tudo a ver com o estilo do quarto!

Essa idéia de ter uma lousa na parede nós já falamos aqui no blog e nesse caso ela serve de calendário. Como o pé direito é alto, um painel de adesivos com tema de bichos foi colocado na parte superior de todas as paredes. Observem que as cores continuam clarinhas, em tons pastéis.

Na frente das camas, uma área livre para brincar com mesinhas baixas para estudar. Sob os nichos tem um detalhe interessante: gavetinhas para guardar tudo bem organizado. Agora me fala se você também não amou esse avião de madeira?! Lindo!♥

A poltrona DAR de balanço (design de Charles & Ray Eames) é um clássico do design e foi mais um ponto a favor desse belo projeto. Ao lado da janela, nichos quadrados para enfeites e brinquedos.

Projeto: Blue Bear. / Fotos: Decoratrix.

Veja também: Quartos com beliche





Design para crianças
Postado Por - 23 de maio de 2010

Cadeiras de design assinado deixam qualquer ambiente mais charmoso. Possuem desenho atemporal, cores atrativas e normalmente são bem confortáveis. Com essas características, porque não usá-las nos quartinhos das crianças?

Hoje em dia várias empresas produzem réplicas de cadeiras e poltronas famosas na história do design, na medida adequada para o conforto dos pequenos… Olha que fofas!

Cadeira Panton, de Verner Panton, da Micasa.

1. Cadeiras Bunny, de Arne Jacobsen. / 2. Cadeira Panton, de Verner Panton. 3. Poltrona Tulipa, de Eero Saarinen. Réplicas da Animacasa.

1. Cadeira Antonieta, de Miguel Rodrigues. / 2. Cadeira Bertoia, de Harry Bertoia. /3.Poltrona DAR de balanço, de Charles & Ray Eames./ 4. Poltrona Barcelona, de  Mies van der Rohe. Réplicas da Desmobilia.

1. Poltrona Egg, de  Arne Jacobsen./ 2. Poltrona Swan, também de Arne Jacobsen./ 3. Ball Chair, de Eero Aarnio. /4.  Lounge Chair Wood, de Ray & Charles Eames. / 5. Poltrona  LC2, de Le Corbusier. Todas réplicas da Littlenest .

Essa poltrona clássica de Charles Eames é uma das minhas preferidas, tanto em tamanho normal quanto a réplica pequenininha! Littlenest 

Veja tambémDesign Escandinavo / O nome das cadeiras

+ quartos de criança





Design Escandinavo
Postado Por - 11 de março de 2010

Talvez você não saiba, mas o design escandinavo faz parte da sua vida!

A Escandinávia é uma região formada pela Dinamarca, Noruega, Suécia, Finlândia e Islândia, onde o frio rigoroso predomina na maior parte do ano.

Por esse motivo, a casa escandinava sempre teve uma relevância enorme para esse povo, que se esmera em tornar seus ambientes super confortáveis, acolhedores e compostos por objetos que, além de belos e ergonômicos, tenham alguma função prática e que proporcione qualidade de vida a quem consome. É cultural.

Perseguir a forma ideal para tornar a vida mais tranqüila é uma das obsessões dos designers escandinavos, que desde os anos 30 são reconhecidos pela funcionalidade, praticidade e simplicidade das formas, além da beleza.

Desta forma, eles alcançaram os mercados internacionais com objetos que se tornaram “ícones” da modernidade e do bom gosto, expostos nos melhores museus do mundo como obras de arte, e de tão atemporais, alguns ainda são produzidos e comprados até hoje, como clássicos.

Entre os nomes mais importantes dessa época destacam-se:

Eero Saarinen (1910-1961) que desenvolveu de uma série de móveis bastante vanguardistas, premiados várias vezes no MOMA;

Alvar Aalto (1898-1976), que desenvolveu uma técnica de compensado moldado, obtendo peças esbeltas e resistentes;

Arne Jacobsen (1902-1971), com seu corte volumétrico que inovou a indústria de móveis produzindo ícones mundialmente comercializáveis;

Verner Panton (1926-1998), um dos designers mais influentes do século XX.

Poltrona Paimo, Alvar Aalto; Cadeira Ant e Poltrona Egg, ambas de Arne Jacobsen.

Poltrona Heart Cone, de Verner Panton ; mesa tulipa, de Eero Saarinen ; Poltrona Panton, de Verner Panton.

No Brasil as peças do design escandinavo, principalmente cadeiras e poltronas, são muito usadas e compõem muito bem todos os tipos de ambientes, deixando um ar bem contemporâneo.

apartamento adriana barra

No apartamento da estilista Adriana Barra (sou apaixonada por esta sala), em primeiro plano a poltrona Swan, de Arne Jacobsen. Em volta da  mesa, a cadeira da série Ant, também de Arne Jacobsen e a Tulipa, de Eero Saarinen, entre outras. (revista Casa e Jardim)

design cadeira tulipa e mesa tulipa

Na mostra Classica Design a mesa e poltronas Tulipa, de Eero Saarinen.

Neste projeto das arquitetas Luzia Ralston C. Ribeiro, Fabiana Rocha e Priscila Izoldi, poltrona de Alvar Aalto. Ao fundo, cadeiras de Arne Jacobsen.

Atualmente, os valores principais aplicados a um bom design – durabilidade, integridade, acessibilidade, praticidade e sustentabilidade – continuam a predominar no design escandinavo e são encarados com uma atitude democrática, de que objetos de design devem ser apreciados não apenas por um pequeno grupo economicamente mais favorecido, e sim por todas as pessoas que o valorizem.

Além disso, devido a seu pioneirismo na utilização de madeiras de reflorestamento e sua preocupação com a sustentabilidade dos projetos, o design escandinavo permanece mais atual do que nunca.

Castiçal Cobra (Scandinavia Designs); Luminária LED1 Lamp (Tunto Finlândia); Luminária One (Scandinavia Designs).

Cadeiras Gubi, da dupla Komplot.

Scandinavia Designs

Comprovando a democracia a que o design escandinavo se propõe, surgiu na Suécia, em 1943, a IKEA, uma loja que existe até hoje em vários países europeus, além de Austrália e Canadá. É uma fabricante de varejo com soluções racionais, com custo baixo, estilo minimalista, que potencializa o lema de design democrático da marca, e que oferece aproximadamente 9500 itens e um catálogo com preços garantidos por um período de um ano. Foi assim que a IKEA se tornou uma das marcas mais cultuadas do planeta. Quero uma no Brasil!

No Brasil, existe em São Paulo a Scandinavia Designs, que vende peças de varias épocas, principalmente o atual. Em Brasília, a Quadra Interior vende as peças clássicas, entre outras lojas. Pela internet, tem na Desmobilia. A Tok Stok tem varias releituras e réplicas a preços bem mais acessíveis.

UPDATE: Com o intuito de apresentar o design finlandês a Tok&Stok realizará a mostra “Estrelas do design finlandês” no Instituto Tomie Ohtake, em São Paulo, entre 11 de Março e 9 de Maio de 2010. A exposição foi organizada pelo Museu de Design de Helsinque, com apoio da Embaixada da Finlândia. A Finlândia colocou o design como projeto prioritário, tornando-o fonte primordial da identidade e economia, reunindo criadores, forças produtivas, capitais de grande porte, governos e meios de comunicação neste projeto.

Cadeira K, 2005, de Harri Koskinen e Bottle and glasses, 1956, de  Timo Sarpaneva.

Veja também: design para crianças / o nome das cadeiras






Diariamente, recebemos vários comentários e emails pedindo dicas ou soluções para algum detalhe específico. Tentamos responder à maioria, mas é impossível atender a todos imediatamente. Então, se você deixou algum recadinho por aqui, ele será respondido ou um post será feito pra deixar tudo bem explicado!