Arquivo para construção e reforma - Página 3 de 8 - assim eu gosto: decoração e arquitetura
Fachadas de casas térreas
Postado Por - 02 de dezembro de 2011

Desde quando publicamos aqui o primeiro post sobre fachada de casas, muita gente pediu exemplos para fachdas de casas térreas. Como explicamos nesse primeiro post, é um desafio encontrar boas fotos de casas pequenas, e dessa vez não foi diferente. Mas com muita pesquisa consegui selecionar alguns lindos exemplos de casas térreas “sem telhado”.

Nem todas as casas selecionadas são pequenas, mas é interessante observar como a volumetria de cada fachada foi trabalhada para que não ficasse parecendo um “caixote” pesado e sem graça.

N◦1 – Casa bem moderna, com madeira nas esquadrias e nos revestimentos da estrutura. A platibanda aqui existe, mas fica recuada em relação à laje, que avança formando uma varanda. Foto: Meu moleskine digital.

N◦2 – Essa fachada bem simples e toda aberta favorece a integração com a área externa, reforçada pela parede revestida com pedra filetada, que avança para o interior. Projeto: Studio AZ. / Foto: Haruo Mikami.

N◦3 – Essa casa bem minimalista tem a fachada pensada como uma caixa, elevada no terreno, e com grandes esquadrias, que propiciam aberturas enormes e muita integração.  Projeto: Pedro Reis. Foto: ArkPad.

N◦4 – Casa com estrutura metálica, bem leve, e “paredes” de vidro. Tanto o forro quanto o piso permanecem no mesmo nível dentro e fora da casa. Gosto demais desse efeito, que propicia uma maior integração e muita leveza. Essa é a casa da estilista Vera Wang, foto: Petiscos.

N◦5 – Nessa fachada a parede lateral e o volume da caixa d`água receberam pintura bege texturizada e com frisos, quebrando a monotonia do branco total. Vale observar também que, ao invés de muro ou cerca, foi escolhido o vidro temperado para proteger a casa. Projeto: Christina Prado. Foto: Clausem Bonifácio.

N◦6 – As coberturas em níveis diferentes foram unificados pela parede revestida em pedras que atravessa a casa. Gosto muito do portão e da porta de entrada, parece aço corten. Projeto: Leo Romano. Foto: Edgard Cesar.

N◦7 – Essa casa mescla volumes fechados e abertos, partes bem leves com volumes mais pesados e vários materiais como aço, concreto, pedra, madeira e vidro. Tudo isso torna o desenho rico e interessante. Gosto muito do beiral com partes fechadas e outras abertas, formando pergolados. Projeto: Brian Dillard Arch. Fotos: Contemporist.

N◦8 – Essa casa tem o mesmo pricípio das N◦3 e 4, um volume fechado em volta e grandes esquadrias de vidro. O diferencial é a cor inusitada: cinza, e o grande pilar redondo em aço inox. Projeto: 123DV. Foto: Trendir.

N◦9 – Já mostramos essa fachada no post sobre aço corten. Era o Espaço Gourmet de uma Casa Cor, mas ideia pode ser tranquilamente usada em uma casa: estrutura chanfrada branca, porta grande de madeira e um volume destacado em aço corten.  Projeto: Cybele Barbosa. / Foto: Haruo Mikami.

N◦10 – Fachada de madeira e vidro, com platibanda recuada escondendo o telhado. Fotos: Contemporist.

+ fachadas de casas aqui





Porta de entrada (2)
Postado Por - 26 de novembro de 2011

—-> continuação de Porta de entrada (1)

15- A mistura de madeira e vidro resultou nessa porta de entrada maravilhosa, com um visual bem leve, apesar do tamanho. A ideia, das nossas amigas e arquitetas Flávia Amorim e Renata Melendez, era criar uma barreira física, mas não visual, para que o lindo hall de entrada ficasse sempre à vista. A porta é pivotante e o puxador é na mesma madeira, bem moderno. Perfeita! Fotos: Haruo Mikami.

16- Linda solução para grandes vãos: duas portas enormes, pivotantes ao centro. Assim, elas permitem grandes aberturas e uma forma muito charmosa. Gosto muito de acabamento com réguas grandes de demolição, e do puxador cavado, que faz um relevo interessante. / 17- Outra porta bem grande, dessa vez com dobradiças. O acabamento bem rústico – réguas de madeira de demolição de diferentes tipos, colocadas na vertical – se destaca no ambiente claro e moderno.

18- Essa porta faz parte de um pórtico todo feito em madeira de demolição, que se destaca criando um impacto na parede de vidro. Linda, né?

19- Porta de madeira bem escura, clássica e muito elegante. O puxador cavado vai de fora a fora, na vertical. / 20- Essa outra tem o mesmo acabamento, mas com desenho mais moderno, frisos gráficos e puxador na horizontal.

21- Porta em laca branca, frisos na horizontal e puxador grande de inox. Básica, mas não menos elegante! / 22- O desenho tipo capitonê criou um relevo marcante na porta de laca branca. Amei!

23- Aqui, os três puxadores horizontais em inox fizeram o diferencial no desenho da porta. Bem moderna, ela se encaixa perfeitamente nesse hall minimalista. Por falar em hall, estamos preparando um post sobre esses ambientes, aguardemHall de entrada – vejam aqui!

.

CONTINUA AQUI

.





Pela rua
Postado Por - 02 de setembro de 2011

Andando pela rua, você já observou onde pisa? Qual o tipo de piso que tem na frente da sua casa? A variedade é enorme, mas essas quatro opções abaixo estão liindas!

Fotos: Oh Joy!

Veja também: tipos de piso para área externa





Área externa + iluminação
Postado Por - 09 de julho de 2011

Área externa tem tudo a ver com iluminação bem planejada. Com pontos bem localizados, o ambiente ganha destaque a noite, ficando ainda mais aconchegante e bonito – cenário ideal para receber a família e os amigos!

O ideal é contratar um profissional capacitado para definir o projeto e destacar cada elemento (árvores, plantas, caminhos, muro, piscina,…) de acordo com o efeito desejado.

Projeto Eduardo Bevilacqua, revista Casa Mix.

As luminárias – balizadores, arandelas, embutidos no solo, postinhos ou espetos – devem ser específicas para ambientes externos. Geralmente são de inox ou alumínio fundido com pintura eletrostática e tem vidro com vedação adequada para evitar infiltração.

As lâmpadas mais utilizadas são a PAR 38 (para vegetação de grande porte) e a PAR 20 (pequeno porte). Apesar de mais caros, o uso de LED é cada vez mais comum.

—> Iluminação com LED = exigem maior investimento inicial do que as lâmpadas comuns, mas são mais econômicas, duram mais e não esquentam. Uma alternativa é a mistura dos dois tipos. Analise a sua prioridade e a relação custo x benefício.

Nesta área de lazer, o muro tem uma sequência de arandelas (lâmpadas halopins) direcionadas para a grama. Nas árvores, luminárias (Par 20 e 38) embutidas no gramado e direcionadas para a copa. Na escada de dormentes, luminárias tipo postinho (cogumelos) foram fincadas no piso. A piscina e o spa receberam pontos de led azul. Projeto Flávia Ralston, revista Casa e Construção 48.

Casa de praia com jardim e iluminação bem trabalhados e um belo resultado final. As árvores maiores receberam luminárias embutidas (Par 30). Projeto Alexandre Furcolin, via Uol Casa.

Ambiente iluminado com lâmpadas Par 20, leds em spots embutidos e mangueiras.Projeto Daniela Sedo para a Casa Cor 2010, via Uol Casa.

—–> Luminária embutida no solo devem receber dreno e pedra britada para ajudar a escorrer a água e não formar poças.

Para destacar as plantas e o percurso, foram usados spots de iluminação, mangueiras de luz e um sistema em LED. Os buxinhos perto da escultura receberam iluminação com espetos embutido no gramado (Par 20). Projeto Daniel Nunes para a Campinas Decor, via Uol Casa.

Veja também: pisos para área externa / piscinas / área de lazerárea externa






Diariamente, recebemos vários comentários e emails pedindo dicas ou soluções para algum detalhe específico. Tentamos responder à maioria, mas é impossível atender a todos imediatamente. Então, se você deixou algum recadinho por aqui, ele será respondido ou um post será feito pra deixar tudo bem explicado!