Arquivo para bebê e criança - Page 2 of 10 - assim eu gosto: decoração e arquitetura
Quarto do Arthur – parte 2
Postado Por - 29 de janeiro de 2013

——> Continuação Quarto do Arthur – parte 1

Depois de definido o layout, o segundo passo para montar o quartinho do bebê é definir o estilo desejado para a decoração, pois ele vai direcionar a escolha das cores, do tipo de móveis, dos tecidos e todos os outros acabamentos.

Particularmente eu não gosto de temas, daqueles que se repetem em bordados, faixas, papéis de paredes, enfeites… afff, vira uma overdose de ursinhos, bonequinhas, ovelhinhas… Quando eu falo em estilo, penso em uma combinação bacana de tecidos, um composição de cores bonita, que seja atemporal e acompanhe o bebê até o segundo quarto, ou que até possam ser usados em outros cômodos da casa, porque não?!

É claro que o quarto deve ter carinha de bebê e muitos enfeites fofinhos, que até podem seguir um tema, desde que eles seja usado em detalhes, sem carregar demais a decoração. Segue alguns exemplos lindos de quartos super estilosos e cheios de detalhes fofos.

estilos1_assimeugostoestilos2_assimeugostoestilos3_assimeugostoestilos4_assimeugostoestilos5_assimeugosto

Pra facilitar as escolhas é importante definir um ponto de partida, um tecido apaixonante, uma cor de preferência, uma peça ou móvel de família, alguma preferência dos pais… A partir daí muitas ideias podem surgir!

No caso do quartinho do Arthur, optei por uma decoração com carinha de casa de praia. Além de amar o estilo, eu e meu marido adoramos viajar pra praia, e por isso o quartinho vai ter tudo a ver com a gente! Busquei inspiração em vários tipos de ambientes, não só em quartos infantis. Já tinha na cabeça a combinação branco + azul marinho + madeira, que eu amo, e busquei fotos e ideias bacanas com essas referências.

1-quartinhos1

1-ambientespraia_assimeugosto

assimeugosto_arthur_detalhes1

Vou mostrar todas as minhas escolhas de móveis, tecidos e acabamentos nas próximas etapas, aguardem!

Imagens: reprodução

Continua aqui!





Quarto do Arthur – parte 1
Postado Por - 07 de janeiro de 2013

Vocês devem ter percebido, pela escassez de posts, que nosso final de ano foi bem corrido… E o motivo principal é que estou às voltas com a preparação para a chegada do Arthur! A gravidez é uma fase muito gostosa, mas cheia de informações, decisões e muitas atividades, sendo a mais importante delas é a montagem do quartinho!

Muita gente pensa que é fácil pra uma arquiteta projetar o quarto do próprio bebê, mas na verdade, mesmo depois de já ter idealizado tantos quartinhos de sonho, essa não tem sido uma tarefa fácil! Por isso, resolvi dividir com vocês o passo a passo desse projeto tão especial pra mim, mostrando e justificando minhas escolhas até o resultado final. Espero que vocês gostem!

 A funcionalidade é muito importante num quarto de bebê, e por isso o primeiro passo é definir quais móveis serão necessários para um bom funcionamento, além da circulação entre eles, tudo isso considerando o espaço disponível. Além do berço, é necessário um espaço para trocar o bebê, guardar roupinhas e brinquedos e amamentar. A “cama da babá” é um item muito decorativo, mas nem sempre essencial.

O quartinho do Arthur tem 3.04×3.30m e um guarda-roupas embutido. No início quis muito colocar uma cama, não para a babá, mas pra o caso de querer dormir com ele ou até precisar receber um hóspede. Além disso acho lindo uma cama cheia de almofadas!!! Mas estudando as medidas dos móveis, achei que a cama ocuparia muito espaço, prejudicaria a circulação e não deixaria muito lugar para guardar os brinquedos, o que faria muita falta! Além disso, não achei tão essencial para a minha rotina.

Decidi então substituir a cama por um futton desdobrável, que se transforma em um colchão de solteiro. Assim, ganhei mais circulação e espaço pra ele brincar no futuro, já que o próprio colchão, que fica baixinho, pode ser usado pra isso. Quando for necessário, é só esticar o futton e usá-lo como cama!

Depois de conversar com várias clientes e amigas mamães, optei pelo layout 4. Gosto muito do berço só com a cabeceira encostada, pois permite várias posições pra colocar e tirar o bebê do berço. Como meu guarda-roupas também será utilizado como o roupeiro da casa, optei por colocar uma cômoda com várias gavetas, pra deixar as roupinhas e outros itens mais usados bem à mão. Escolhi deixar a cômoda perto do armário e da entrada do quarto, onde a circulação é melhor.

O futton ficará encostado na parede, funcionando como uma poltroninha. Quando quiser usar como cama, é só tirar o pufe (escolhi um bem levinho). Quando não precisar mais da poltrona de amamentar, vou passar o futton pro lugar dela e acrescentar mais prateleiras para guardar os brinquedos na estante.

Dicas:

1) Para economizar, escolha móveis que atendam ao uso imediato, mas que possam se adaptar ao crescimento do bebê, ou pelo menos possam ser aproveitados em outros cômodos da casa. Assim, você faz valer seu investimento imediato!

2) Se você não for contar com a ajuda de um profissional para criar o seu layout, tire as medidas do quarto e passe para o papel, desenhando a planta em escala. Depois, recorte pequenos retângulos com as medidas dos móveis na mesma escala e vá brincando com as posições, até achar a que funciona melhor pra você.

3) Nas minhas pesquisas, achei dois sites de venda de móveis que têm um aplicativo muito legal pra você montar seu layout, como os móveis desenhados já nas medidas corretas. É só acresentar as medidas do seu espaço. São os sites das lojas: http://www.perbambini.com.br/ e http://www.bertagoncalez.com.br/planeje.html.

4) Não se esqueça de deixar uma boa circulação entre os móveis, pois você vai precisar de espaço para passar com o bebê no colo, e depois ele vai vai precisar desse mesmo espaço para brincar e engatinhar!

5) Considere as seguintes medidas para os móveis, mas lembre-se que elas podem variar de acordo com o fabricante: BERÇO: 80x140cm (o colchão mede 70x130cm); POLTRONA: 70x70cm a 80x80cm; CAMA: 90x200cm; CÔMODA: 50x90cm ou 50x130cm (são as medidas que eu mais vi nas lojas, mas mandei fazer a minha com 55x120cm); ESTANTES e NICHOS: 30 a 40cm de profundidade.

Com o layout definido, o próximo passo é decidir o estilo da decoração – cores, móveis, acabamentos, o que será tema de um próximo post. Por enquanto, segue uma seleção de quartinhos que me inspiraram para a criação do meu layout (alguns já foram mostrados aqui no blog).

 Via Quartos Etc

Via It Design Blog

Via quartosdebebê.net

Via Celina Dias

Via Micasa

Já publicado aqui!

Via Quartos Etc

Via Quartodebebê.Net

 Via Quartos Etc

 Já publicado aqui!

 

 Via Quartos Etc

Via Quartodebebê.Net

E aí, estão gostando do PASSO A PASSO ou preferem ver só o resultado final?

Continua aqui!





Brinquedoteca (2)
Postado Por - 12 de outubro de 2012

—-> continuação Brinquedoteca (1)

Feliz Dia das Crianças!

Sou encantada com este projeto, na verdade é uma sala íntima que foi adaptada para o uso das crianças, com móveis e objetos bem modernos e coloridos. Projeto Cida Moraes.

Quarto de brincar com base neutra em madeira e branco (provavelmente a mesma dos outros ambientes da casa) + estante de madeira e laca branca + gavetas de laca colorida em cores lindas e super diferentes! Na parede da frente, um papel de parede com estampa geométrica. Amei muito!!! Projeto Lud Grammont.

Este quarto de brincar tem uma ideia que adoro: nichos com gavetas para brinquedos (no caso são cestas de plástico coloridadas). O móvel ainda foi aproveitado como um banco, com futon com tecido estampado, mas poderia ser só o móvel e sobre ele a criança colocar os brinquedos na hora de brincar. Via Island of White.

A mesma ideia da foto anterior, com os brinquedos organizados em cestas. Aqui a estante branca recebeu cestas de vime. Gosto das cestas pois os brinquedos podem ser separados por temas e as próprias crianças podem guardá-los de volta. Via Furnishism.

Brinquedoteca colorida e completa, tem espaço para tudo o que as crianças gostam. Projeto Telma Aguiar Alexandre para a Casa Cor Ceará.

Brinquedoteca enorme com piso e paredes de cimento queimado + marcenaria bem planejada + objetos coloridos. Linda e funcional! Projeto Oca Oficina de Criação e Arquitetura para a Casa Kids.

Brinquedoteca toda branca + tapete e cadeiras coloridas. E as mini-cadeiras de design? Ownnn ♥  Via Casa Cor Paraná.

Ambiente com pé-direito alto + decoração branca + detalhes em tons pastéis, num lindo mix de azul, rosa e verde. Adorei o desenho arredondado da mesa + as cadeirinhas de design.

O pé-direito alto foi aproveitado com uma grande parede-lousa + painel central de laca branca marca o eixo do ambiente e serve de apoio para a tv. Projeto Camila Klein.

A parede tem uma ideia parecida com o projeto anterior, mas aqui a altura é menor e o painel é de madeira com uma prateleira de laca branca na parte de cima. Adorei os adesivos de bicho nas paredes! Projeto Milena Shulmeister para a Casa Cor Paraná.

Quarto de brincar branco e colorido + piso preto(!), ficou diferente e não pesou, mesmo sendo num espaço para criança. Projeto da Morar Mais Por Menos BH.

Quarto de brincar grande + móveis de madeira clara + detalhes em tons pastéis. Via Minime playroom.

Playground na área externa com playmobil gigante! Projeto Daniela Bello.

.

+ brinquedotecas

.





Quarto de bebê – menina
Postado Por - 20 de abril de 2012

Esse quarto recebeu uma decoração neutra, com materiais naturais e muita sofisticação. Poderia servir para uma mocinha de qualquer idade, mas (por enquanto) é um quartinho de bebê, e dos mais fofos!

As muitas cortinas até o chão me chamaram atenção, achei muito elegantes! Como o ambiente conta com várias janelas, elas receberam o auxílio de persianas rolô de palhinha com blackout, que deram um charme a mais.

Quero muito uma cômoda de espelhos dessa! É clássica e vai acompanhar a criança para o resto da vida… Linda demais, né?

A decoração sofisticada não anulou a funcionalidade: o quarto tem um bom layout e tudo que a mamãe e o bebê precisam: berço, cômoda com trocador, poltrona e lugar para os brinquedos. Projeto Amy Lambert Lee.

*Não encontrei boas fotos desse quarto, mas ele é tão lindo que resolvi postar mesmo assim… Tudo bem pra vocês?





Parede da Semana
Postado Por - 30 de março de 2012

O grande destaque desse quarto de bebê é o lindo tecido floral que reveste a parede principal e marca a cabeceira do berço. Com fundo verde e flores em tons de rosa e vermelho, ele confere cor e delicadeza a essa decoração sofisticada e contemporânea, que certamente vai acompanhar o crescimento de sua pequena moradora. Muito chique, né?

Projeto de Viviane Loyola via Stammer Fotografia.

+ parede da semana






Diariamente, recebemos vários comentários e emails pedindo dicas ou soluções para algum detalhe específico. Tentamos responder à maioria, mas é impossível atender a todos imediatamente. Então, se você deixou algum recadinho por aqui, ele será respondido ou um post será feito pra deixar tudo bem explicado!