Arquivo para Artefacto - Página 3 de 4 - assim eu gosto: decoração e arquitetura
Marrom na decoração
Postado Por - 05 de julho de 2010


Desde que fomos na Mostra Artefacto de São Paulo e vimos esse ambiente,  projeto de Paulo Marcelo e Eurico Guedes, essa parede marrom não me saiu da cabeça. Achei diferente, ousado e com um belo resultado final.  A combinação com azul, bege e branco também deu super certo, sem falar que as obras de arte foram muito bem escolhidas.

É raro ver o marrom sendo usado como cor de parede, se aparece é na cor da madeira, como painel. Dizem que a cor nos dá a sensação de estabilidade (por ser associada à terra) e afasta a insegurança.

Gostou da idéia? Selecionei mais alguns ambientes com paredes na cor marrom. Para quem acha a cor muito escura, alguns têm apenas uns toques da cor, seja nos móveis ou nos adornos.

Sala com parede marrom e alguns toques de colorido nos objetos.

Ambiente mais rústico, a parede marrom foi usada com muita madeira e pedras.

Sala de jantar com parede marrom e painel em madeira. Projeto Lia Carbonari, revista Casa e Jardim.

Sala mais clássica com parede listrada em dois tons de marrom.

Quarto com parede listrada de marrom. Observem que nas duas fotos o turquesa foi usado como complemento de cor e ficou ótimo!

Ambiente da Casa Cor de Curitiba que mostra a combinação do marrom+turquesa+branco. Projeto Maura Darif e Petrety Mamy Mishima.

Mais um quarto, dessa vez a parede inteira é marrom. Como vejo umas emendas, pode ser papel de parede ou tecido.

Sala com parede marrom num tom um pouco mais claro e com adesivos colados.

Marrom num tom bem mais fechado, quase preto. (luciafloatinghotel e Francisco Cálio)

Num mesmo ambiente tem a parede marrom e a parede com madeira. (Issa Hazbun)

Banheiros com marrom. Na primeira foto é uma pintura e na segunda uma cerâmica.

Olha que linda ficou essa parede! O super relógio antigo deu ainda mais charme.

Marrom+rosa antigo é uma combinação muito romântica! / Ambiente com parede marrom + texturas.  A cor também foi usada nos detalhes, como os pendentes e a manta de tricô.

Cozinha com preto, branco e marrom. Reparem que o marrom aqui aparece em dois materiais diferentes: na película dos vidros do armário e na cor da madeira.

Sala toda clarinha com sofá marrom.

Sofá marrom num ambiente mais colorido.

+ cores na decoração





Mostra Artefacto São Paulo 2010
Postado Por - 13 de maio de 2010

A 19ª Mostra Artefacto de São Paulo conta esse ano com 31 ambientes decorados por renomados profissionais. A seguir uma seleção com algumas idéias bem legais!

Vitrine com destaque para as luminárias do designer inglês Tom Dixon. Amo amo amo essas  luminárias! Tô preparando um post sobre elas, aguardem! Projeto Roberto Migotto.

Loft e lounge com atmosfera intimista e acolhedora. Projeto Débora Aguiar, a minha preferida sempre… lindo!

Family Room com base em cores neutras e pontos de cor nas peças de murano nos tons berinjela e dourado. Projeto Christina Hamoui.

Equilíbrio e elegância no espaço multiuso. Gosto da simetria do sofá (que foi customizado pela arquieta especialmente para o evento) com as mesas laterais redondas mas de modelos diferentes, do papel de parede branco com desenho moderninho e do vidro preto nas laterais da parede. Destaque para os abajures de murano. Projeto Patrícia Anastassiadis.

Living também marcado pela simetria e pela mistura de materiais como a madeira da parede, as mesas laterais com bambu e as mesas de centro uma espelhada e a outra em laca branca extra brilho com detalhes cromadas. Genteee, preciso falar que sou apaixonada pelo acabamento extra brilho da Artefacto! Uma peninha que na foto não dá para ver tão bem… Projeto Fabio Morozini.

Living com toques clássicos e uma atmosfera tropical com a combinação do verde e dos tons claros nos revestimentos e dos materiais naturais nos móveis. Projeto Cilene Monteiro Lupi.

Living em tons sóbrios e… simetria na parede atras do sofá! Projeto Leila Barakat.

Para quem quiser conferir a loja fica no bairro dos Jardins, na Rua Haddock Lobo, 1405.

Fotos: divulgação – Álvaro Elkis. / Via: site do IG.

Veja também: Salas de estar / Salas com simetria





Salas com simetria
Postado Por - 05 de maio de 2010

Selecionamos aqui algumas salas de estar para inspirar! O que elas têm em comum e as fazem parecer tão agradáveis? A simetria!

É um conceito muito explorado na decoração, com a finalidade de obter equilíbrio. Consiste, basicamente, na distribuição equilibrada de elementos a partir de um eixo. O resultado são ambientes harmoniosos e aconchegantes, que provocam uma sensação visual muito agradável.

Na prática funciona assim: a partir de um eixo definido, trabalha-se a repetição de móveis ou outros elementos decorativos nos dois lados, sempre buscando o equilíbrio. Sem uma grande diversidade de elementos e informações, o olhar descansa e a sensação é de relaxamento. Mas para que o resultado não seja monótono, outros elementos devem ser considerados, como cores, texturas, tecidos e a composição das formas entre si.

Neste ambiente, o conceito foi levado ao pé da letra. O sofá é o eixo central, já as poltronas, mesas de centro e canto e os pufes são iguais e foram dispostos de forma totalmente simétrica. Ambiente de André Piva para a Mostra Artefacto 2008.

Este é outro ângulo da mesma sala de André Piva. Repare que no lado oposto do sofá o eixo de simetria se manteve, tendo ao centro uma mesa, com estantes e chaise idênticas nas laterais. Tapetes enormes emolduram os ambientes. Aliás, eu adooooro essa chaise de madeira da Artefacto!

A arquiteta Débora Aguiar costuma explorar muito bem a simetria para deixar os ambientes mais aconchegantes. Nesse ambiente da Casa Cor São Paulo 2009, uma parede solta bem ao centro, cercada por esquadrias de vidro, marca o eixo central, direcionando a posição do sofá e do quadro, ao redor dos quais os outros móveis estão dispostos. As mesas de centro reforçam a sensação, mas para quebrar um pouco a repetição, de um lado foram usadas duas poltronas e do outro uma chaise em couro marrom. A disposição dos objetos decorativos nas mesas de centro também servem para dar movimento.

Este é outro ângulo da mesma sala. A simetria aqui está nos painéis de madeira que marcam o espelho central, sendo também o eixo da mesa de jantar. Dois arranjos iguais sobre a mesa reforçam a ideia. Projeto Débora Aguiar.

É claro que quanto mais espaço, mas fácil trabalhar a simetria. Como são peças grandes, dois sofás iguais sempre marcam bastante o conceito, como nessa foto. Eles formam dois ambientes, mas a simetria unifica, e faz com que pareça um só, assim como o enorme tapete que une os dois. No lado oposto, duas chaise com baús ao centro. As mesas de centro também se repetem. Gesso e iluminação acompanham o lay out. Projeto Maithiá Guedes e Cláudio Solferini para a Casa Cor São Paulo 2009.

Nesse ambiente também foram usados dois sofás idênticos, desta vez frente a frente. As chaises ao centro também se repetem. Esse formato de sala favorece muito a conversa, já que a maioria das pessoas pode se sentar frente a frente. Quadros e luminárias fortalecem o conceito. Projeto Zoe Gardini.

Mais um exemplo do uso de sofás idênticos frente a frente. Nas laterais as poltronas são diferentes, mas há simetria nas suas posições. Tendo como eixo central a porta de correr, dois enormes espelhos na laterias destacam as medidas simétricas. A sala de jantar acompanha o mesmo eixo, e dessa forma têm se uma visão completa da mesa, lustre e quadro bem ao centro. Projeto de Roberto Migotto.

Também projetada por Roberto Migotto, o eixo dessa sala é uma parede entre esquadrias idênticas. Isso mostra que muitas vezes o que determina se o ambiente pode ou não ser simétrico é a concepção do espaço ainda na fase de projeto. O arquiteto tomou partido desse eixo que a sala já possuía para dispor os móveis. Sofás iguais, poltronas iguais e ao centro a mesa, aparador, quadro, luminárias e o banco, em primeiro plano na foto. É uma sala bem contemporânea, que mescla o estilo dos móveis. Gosto muito!

+ salas





Athos Bulcão
Postado Por - 02 de março de 2010

“Athos Bulcão é o artista de Brasília! As obras que aqui realizou foram feitas para o convívio com a população e carregam a consideração por esta cidade e seus habitantes. A sua trajetória artística é especialmente consagrada ao público em geral. Não ao que freqüenta museus e galerias, mas ao que entra acidentalmente em contato com sua obra, quando passa para ir ao trabalho, à escola ou simplesmente passeia pela cidade, impregnada pela sua obra, que “realça” o concreto da arquitetura de Brasília.” Fundação Athos Bulcão.

Athos Bulcão e a Igrejinha da 308 sul (a primeira construída em Brasília) / Sala de embarque do Aeroporto Internacional Juscelino Kubitschek / Torre de TV / Salão Verde do Congresso Nacional / Instituto Rio Branco. (fotos e imagens do site da Fundathos)

Os seus trabalhos em azulejos continuam super atuais e podem ser usados para decorar paredes dos mais diferentes ambientes internos e externos. Se você quiser, pode ter um painel original na sua casa, basta procurar a Fundação Athos Bulcão e fazer a solicitação. Eles avaliam o projeto e você deve escolher de qual painel quer a reprodução. O valor fica entre 13 e 20 mil reais. Não é barato, mas é obra de arte!

Painel de azulejos com 2 tipos de desenho na cor azul marinho. Projeto de Valéria Gontijo na Casa Vogue.

Painel de azulejos com 1 tipo de desenho nas cores amarelo e laranja. Residência de Sérgio Parada (o autor do projeto).

Inspirações…

Copa de apartamento – a vontade era ter uma parede do Athos aqui, mas os clientes acharam o valor muito alto. A solução foi revestir a parede com azulejo branco comum 20x20cm, ainda durante a obra, e depois aplicar sobre eles adesivos de vinil nas cores prata e vermelha. Reparem que é um mesmo desenho e só muda o sentido quando aplicado. A copa ficou cheia de vida, ainda mais com as cadeiras vermelhas combinando! Essa parede faz um sucesso, tanto que eles nos pediram para assinar o nome do duetto ali no cantinho! kkkkkk Projeto Duetto Arquitetura e Interiores.

Parede de azulejos com um só tipo de desenho nas cores azul e amarelo. Ao lado as paredes são cinza-escuro, o que destacou ainda mais o painel. (foto da casa.abril.com.br)

Parede revestida com painel adesivado inspirado nos azulejos da Igrejinha. Esse efeito de profundidade dando a impressão de que a parede é curva, foi feito no desenho impresso, ela é retinha! Projeto de Valéria Gontijo para a 8ª Mostra Artefacto Brasília.

Parece… mas não é!

É um papel de parede! A copa recebeu um papel de parede com estampa de regadores coloridos. Projeto de Flávia Lucas e Luciana Lucas na Casa Cláudia Fev 2010.

Copa com mosaico de azulejos coloridos e com diferentes desenhos.  (foto da casa.abril.com.br)

.

+ sugestões de materiais de acabamentos

.





O colorido inverno da Neon na sua casa!
Postado Por - 26 de fevereiro de 2010

Vi umas fotos do desfile da coleção de inverno 2010 da Neon e adorei a combinação de cores fortes, bem no estilo da marca.

É super fácil de encontrar objetos de decoração e móveis de design nessas cores, sabia?!

Dá pra usar num detalhe ou ousar um pouco mais. Alguns exemplos:

Ambiente todo branco com a Poltrona Egg na cor roxa.

Pintar uma parede é sempre uma boa opção para

colorir e esse azul meio petróleo fica lindo! (casa.com.br)

Casa Cláudia, projeto Francisco Cálio.

Que gostosa essa casa de praia com a base branco+palha e azul turqueza! As prateleiras com quadros apoiados é a mesma idéia que eu já tinha falado aqui.

Branco+preto+rosa






Diariamente, recebemos vários comentários e emails pedindo dicas ou soluções para algum detalhe específico. Tentamos responder à maioria, mas é impossível atender a todos imediatamente. Então, se você deixou algum recadinho por aqui, ele será respondido ou um post será feito pra deixar tudo bem explicado!