Arquivo para Arne Jacobsen - assim eu gosto: decoração e arquitetura
Casa de boneca
Postado Por - 05 de agosto de 2010

Meninas aprendem bem cedo, nas brincadeiras, a importância e a delícia de montar e cuidar de suas casinhas… A brincadeira resiste à passagem do tempo, mas as casas de bonecas de hoje nada tem a ver com as de antigamente. Réplicas ou com arquitetura própria, elas tem estilo modernista e encantam qualquer um com seus detalhes e os móveis de design! Eu mesma estou doida pra comprar uma pra mim, já que na minha época não era assim não… Eu me virava com uma de toda de madeira que abria o telhado, ou então na escrivaninha, onde cada gaveta era um cômodo… hahaha… bons tempos!

Essa casinha, produzida pela Minimii é uma réplica da casa do famoso arquiteto dinamarquês Arne Jacobsen, construída em 1928 na Dinamarca. Produzida em escala 1:6, tem as paredes internas magnéticas para pendurar quadros e luzes com facilidade. A Minimii também produziu as réplicas em miniatura dos famosos móveis criados pelo arquiteto, como Cadeira Egg e a Series 7. Uma perfeição! Blog de Brinquedo.

Essa é maravilhosa! The Kaleidoscope House é uma obra-prima, desenhada pelos americanos Peter Wheelwright e Laurie Simmons. A fachada é moderna e original, e o interior é ricamente decorado, tem até relógio de parede e abajour! Fora as miniaturas da poltrona Charles Eames, um sonho de consumo… Design em miniatura.

Parece um predinho! Produzida pela companhia novaiorquina Brinca Dada, essa casa foi inspirada na casa Rietveld Schröder House, construída pelo arquiteto Gerrit Rietveld em 1924 na cidade Holanda. Ela é feita na escala 3/4, se dobra ao meio e tem um elevador que funciona de verdade! A Brinca Dada também vai desenhar móveis para mobiliar a casa e uma família de bonecos de madeira, a Modern Family, para viver na Bennett House. Modern Mini Houses.

A Modularean Eco House foi criada pelo arquiteto David Baker e executada pela carpinteira Julianna Sassaman. É uma casinha modular e pré-fabricada, construída de bambu proveniente de plantações ecológicas e com acabamento feito de resina de soja. Ela vem mobiliada com lindos móveis e decorada com quadros nas paredes. O mais legal é que ela tem rodinhas, para facilitar o transporte. Adorei!  Inhabitots.

Mais simples, mas não menos interessante é a casa de bonecas do MoMA – The Museum of Modern Art em Nova York. São 6 blocos/paredes, 8 móveis e 12 decalques de vinil removíveis, que permitem montar a casa de várias formas e cores. Uma diversão simples e criativa, que custa US$19,99 na MoMA Store. Blog de Brinquedo.

Quem disse que a brincadeira é só para meninas? Os meninos também ganharam sua versão miniatura da casa na árvore. Amei! essa é a Deluxe Tumble Treehouse, e tem 4 pavimentos. Sua base é quarto com portas que se abrem e ela possui escadas e guindastes conectando os pavimentos. Ela mede aproximadamente 1,10 metro de altura e é indicada para maiores de 4 anos. Blog de Brinquedo.

Mais sobre design para crianças aqui!





Design Escandinavo
Postado Por - 11 de março de 2010

Talvez você não saiba, mas o design escandinavo faz parte da sua vida!

A Escandinávia é uma região formada pela Dinamarca, Noruega, Suécia, Finlândia e Islândia, onde o frio rigoroso predomina na maior parte do ano.

Por esse motivo, a casa escandinava sempre teve uma relevância enorme para esse povo, que se esmera em tornar seus ambientes super confortáveis, acolhedores e compostos por objetos que, além de belos e ergonômicos, tenham alguma função prática e que proporcione qualidade de vida a quem consome. É cultural.

Perseguir a forma ideal para tornar a vida mais tranqüila é uma das obsessões dos designers escandinavos, que desde os anos 30 são reconhecidos pela funcionalidade, praticidade e simplicidade das formas, além da beleza.

Desta forma, eles alcançaram os mercados internacionais com objetos que se tornaram “ícones” da modernidade e do bom gosto, expostos nos melhores museus do mundo como obras de arte, e de tão atemporais, alguns ainda são produzidos e comprados até hoje, como clássicos.

Entre os nomes mais importantes dessa época destacam-se:

Eero Saarinen (1910-1961) que desenvolveu de uma série de móveis bastante vanguardistas, premiados várias vezes no MOMA;

Alvar Aalto (1898-1976), que desenvolveu uma técnica de compensado moldado, obtendo peças esbeltas e resistentes;

Arne Jacobsen (1902-1971), com seu corte volumétrico que inovou a indústria de móveis produzindo ícones mundialmente comercializáveis;

Verner Panton (1926-1998), um dos designers mais influentes do século XX.

Poltrona Paimo, Alvar Aalto; Cadeira Ant e Poltrona Egg, ambas de Arne Jacobsen.

Poltrona Heart Cone, de Verner Panton ; mesa tulipa, de Eero Saarinen ; Poltrona Panton, de Verner Panton.

No Brasil as peças do design escandinavo, principalmente cadeiras e poltronas, são muito usadas e compõem muito bem todos os tipos de ambientes, deixando um ar bem contemporâneo.

apartamento adriana barra

No apartamento da estilista Adriana Barra (sou apaixonada por esta sala), em primeiro plano a poltrona Swan, de Arne Jacobsen. Em volta da  mesa, a cadeira da série Ant, também de Arne Jacobsen e a Tulipa, de Eero Saarinen, entre outras. (revista Casa e Jardim)

design cadeira tulipa e mesa tulipa

Na mostra Classica Design a mesa e poltronas Tulipa, de Eero Saarinen.

Neste projeto das arquitetas Luzia Ralston C. Ribeiro, Fabiana Rocha e Priscila Izoldi, poltrona de Alvar Aalto. Ao fundo, cadeiras de Arne Jacobsen.

Atualmente, os valores principais aplicados a um bom design – durabilidade, integridade, acessibilidade, praticidade e sustentabilidade – continuam a predominar no design escandinavo e são encarados com uma atitude democrática, de que objetos de design devem ser apreciados não apenas por um pequeno grupo economicamente mais favorecido, e sim por todas as pessoas que o valorizem.

Além disso, devido a seu pioneirismo na utilização de madeiras de reflorestamento e sua preocupação com a sustentabilidade dos projetos, o design escandinavo permanece mais atual do que nunca.

Castiçal Cobra (Scandinavia Designs); Luminária LED1 Lamp (Tunto Finlândia); Luminária One (Scandinavia Designs).

Cadeiras Gubi, da dupla Komplot.

Scandinavia Designs

Comprovando a democracia a que o design escandinavo se propõe, surgiu na Suécia, em 1943, a IKEA, uma loja que existe até hoje em vários países europeus, além de Austrália e Canadá. É uma fabricante de varejo com soluções racionais, com custo baixo, estilo minimalista, que potencializa o lema de design democrático da marca, e que oferece aproximadamente 9500 itens e um catálogo com preços garantidos por um período de um ano. Foi assim que a IKEA se tornou uma das marcas mais cultuadas do planeta. Quero uma no Brasil!

No Brasil, existe em São Paulo a Scandinavia Designs, que vende peças de varias épocas, principalmente o atual. Em Brasília, a Quadra Interior vende as peças clássicas, entre outras lojas. Pela internet, tem na Desmobilia. A Tok Stok tem varias releituras e réplicas a preços bem mais acessíveis.

UPDATE: Com o intuito de apresentar o design finlandês a Tok&Stok realizará a mostra “Estrelas do design finlandês” no Instituto Tomie Ohtake, em São Paulo, entre 11 de Março e 9 de Maio de 2010. A exposição foi organizada pelo Museu de Design de Helsinque, com apoio da Embaixada da Finlândia. A Finlândia colocou o design como projeto prioritário, tornando-o fonte primordial da identidade e economia, reunindo criadores, forças produtivas, capitais de grande porte, governos e meios de comunicação neste projeto.

Cadeira K, 2005, de Harri Koskinen e Bottle and glasses, 1956, de  Timo Sarpaneva.

Veja também: design para crianças / o nome das cadeiras






Diariamente, recebemos vários comentários e emails pedindo dicas ou soluções para algum detalhe específico. Tentamos responder à maioria, mas é impossível atender a todos imediatamente. Então, se você deixou algum recadinho por aqui, ele será respondido ou um post será feito pra deixar tudo bem explicado!