aço corten | assim eu gosto
Casa em Estocolmo
Postado Por - 25 de março de 2012

Essa casa de 300m2 chama a atenção pelos ângulos diferenciados, que formam fachadas marcantes, e pelos materiais utilizados. O projeto é do escritório DAP Stockholm e a volumetria foi pensada para atender a demandas das especificidades do terreno, na posição do sol e da ventilação, além da vista para a floresta vizinha e da privacidade dos moradores.

As paredes das fachadas foram revestidas com pedra ardósia e aço cortein, de forma a marcar os volumes e evitar a necessidade de pintura frequente, um pedido dos moradores. O vidro também foi muito usado, permitindo a integração e a vista livre de vários ambientes.

A área de lazer, com deck de madeira, piscina de concreto, fica sobre uma rocha existente no terreno, e se integra com a sala e a cozinha. No segundo andar, um terraço, que recebe mais sol, se integra com a área da piscina através de uma escada.

A volumetria bem moderna cria vários ângulos diferentes e interessantes.

Como o terreno é inclinado, uma das paredes da piscina ganhou fechamento em vidro,como uma forma de integrar a piscina ao subsolo semi-enterrado.

Nos revestimentos dos ambientes internos os materiais naturais – como madeira e mármores – foram priorizados. Vejam na foto como a posição da casa favoreceu a vista para a floresta!

A cozinha é moderna e simples, mas muito bonita e funcional.

Adorei esse efeito do piso do banheiro, que foi revestido com ladrilho hidráulico de vários tons, que vão do branco ao azul escuro, passando pelo bege e o verde.

Projeto: DAP Stockholm via Archdaily.

 

 





Materiais e revestimentos
Postado Por - 20 de novembro de 2010

Uma seleção dos posts relacionados ao tema já publicados aqui no blog:

Tijolo Aparente

Concreto Aparente

Aço Corten

Cobogó

Painel vazado (1)

Painel vazado (2)

Athos Bulcão (azulejos)

Madrepérola

Mosaico de pastilhas / Painéis com pastilhas de vidro

Madeira Ebanizada

Madeira clara + branco

Paredes revestidas em madeira

Piso e parede iguais

Texturas Terracor

Parede-lousa

Listras coloridas

Feira Revestir 2010





Aço corten
Postado Por - 06 de maio de 2010

O aço patinável é conhecido pelo nome de suas marcas: Corten, Cor-Ten, Cosacor ou Niocor, sendo AÇO CORTEN a sua denominação mais popular. Uma das principais características desse tipo de aço é a formação de uma camada de cor avermelhada que surge quando exposto ao ar, como se estivesse enferrujado. Isso o torna uma material atraente, não só pelo aspecto industrial como também pela resistência à corrosão, sendo  muito utilizado na construção civil (edifícios, passarelas, pontes, viadutos) e na fabricação de esculturas e objetos decorativos. Uma de suas grandes vantagens é dispensar a pintura em ambientes extremamente agressivos, como em regiões de orla marítima, por exemplo. No Brasil este tipo de aço possui grande aceitação entre os arquitetos, aqui no escritório nós gostamos muito!

No processo de fabricação, o aço patinável  inicialmente tem uma coloração clara. Sua composição é semelhante à do aço comum, porém acrescida de substâncias anticorrosivas.  Quando expostos à atmosfera, e à ação do tempo, iniciam a formação de uma camada de óxido compacta e aderente – a pátina – que além de ser responsável pelo efeito enferrujado,  funciona como barreira de proteção contra a corrosão, sendo 3 vezes mais resistente que o aço comum. No Brasil, o aço corten é fabricado por diversas empresas e  está disponível sob a forma de chapas, bobinas e perfis soldados, possibilitando diversas utilizações.

Passarela Miguel Reale, na Av. Cidade Jardim, em São Paulo / Escultura de Richad Serra, em Londres.

The Torus an The Sphere, escultura de Richard Serra.

Pórtico em aço corten, corpo em tijolinho e pele de vidro. Edifíco Ícone Parque em Brasília (onde ficam a academia Body Tech e o restaurante Camarões), projeto Valéria Gontijo.

Fachada com materiais de diferentes naturezas: alvenaria, madeira e aço corten. O elemento de metal faz a ligação entre as lateriais do edifício, criando um desenho inusitado. Projeto Cybele Barbosa para Casa Cor Brasília 2009.

Casa Corten, em São Paulo, projeto de Marcio Kogan. Fachada de aço corten com volumetria simples pontuada por materiais como madeira e vidro. Na imponente fachada cega (sem janelas), se projeta a sombra de uma árvore da rua. Publicada na revista Casa e Construção.

Porta principal com pé direiro duplo em aço corten. Bela fachada! Projeto Roberto Migotto, revista Casas Contemporâneas.

Marquise do edifício do Centro Empresarial e Cultural João Domingues de Araújo (JDA), projetado por Carlos Bratke. Seu desenho contraria a materialidade e ultrapassa os limites do exterior, para marcar presença física no lobby.

Fachada da loja Animale, recentemente inaugurada no Shopping Iguatemi Brasília. Foto: Duetto.

Escritório com painel em aço na recepção.

Lareira executada em aço corten. Projeto Elena Colombo, na firefeatures.com

Painéis recortados em aço corten. Casa Cor 2009 de Mato Grosso do Sul, foto Arte Na Lata.

No lavabo, bancada e cuba de aço corten impermeabilizado com verniz marítmo que impede alastramento da ferrugem. Projeto Paola Ribeiro, site casa.com.br./ Porta de entrada projetada pelos arquitetos Antônio Ferreira e Mário Celso Bernardes, revista DCasa nº 36.

Estante escultura de Timothy Taylor.

Fonte da pesquisa: sites aço cortenletratura.

+ materiais e revestimentos






Diariamente, recebemos vários comentários e emails pedindo dicas ou soluções para algum detalhe específico. Tentamos responder à maioria, mas é impossível atender a todos imediatamente. Então, se você deixou algum recadinho por aqui, ele será respondido ou um post será feito pra deixar tudo bem explicado!