assim eu gosto
Assim eu gosto
Postado Por - 17 de janeiro de 2010

sala-com-parede-de-pedra

Assim eu gosto!

Ambiente todo clarinho com diferentes materiais e texturas. A parede de pedra iluminada é o grande destaque. Na decoração: bege + branco = lindo!

Espaço Gourmet Casa Cor Brasília 2009, projeto Cybele Barbosa via Anual Design.





Assim eu gosto
Postado Por - 12 de janeiro de 2010

assim eu gosto escada

Super original essa escada toda vazada com jardim no térreo. Os diferentes materiais foram usados de maneira harmonica: piso em marmoglass branco e madeira,  parede em pedra recortada branca e guarda corpo em vidro. Reparem que o primeiro degrau é uma prancha de madeira que já serve de aparador!

Projeto Andrea Mattos e Wanda Meyer . / Foto Clausen Bonifácio.

+ escadas aqui





Cobogó
Postado Por - 11 de janeiro de 2010

Scott Schuman, o badalado fotógrafo do blog The Sartorialist, está no Brasil para o Fashion Rio. Suas fotos são sempre um sucesso por retratar (e ditar) tendências para o mundo inteiro.

Na foto publicada esta semana, o que mais me chamou atenção (além da bolsa maravilhosa e todo o estilo da moça!), foi o painel vazado que está logo atrás. O painel de cobogós com pintura branca e iluminação azulada criou um efeito muito legal!

tipos de cobogo

Cobogó é um tijolo vazado, um elemento totalmente brasileiro que foi criado em Pernambuco, e pode ser feito em cimento, cerâmica e até vidro. Funciona para fechamento ou divisão de ambientes permitindo a passagem de luz e ventilação. Tudo a ver com o mega calor que está fazendo no verão do Rio de Janeiro nessa época, não é?!

biblioteca publica brasilia

cobogo-predios brasilia

Em Brasília, vários prédios mais antigos da Asa Sul e Norte possuem cobogós nas fachadas, corredores ou áreas de serviço. Até mesmo a recente Biblioteca Pública Nacional, projeto de Oscar Niemeyer, tem as fachadas feitas com o material. Pode-se dizer que o cobogó é uma marca da cidade!

cobogo arquitetura

Fachadas feitas com 4 tipos de cobogó. Projeto Domo Arquitetos, Casa Cor Brasília 2008.

restaurante coco bambu brasilia

Cobogó pintado de preto e usado como se fosse um biombo para separar os ambientes. Restaurante Coco Bambu Brasília, projeto Raquel Fechina.

Dois tipos de cobogó isolam a sala de estar. Projeto André Alf para a Mostra Artefacto Brasília.

Fachada ma-ra-vi-lho-sa do Hotel Qing Shui Wan, na China. Observem que foi usado apenas um tipo de cobogó, mas a iluminação fez toda diferença!

Esta fachada tem a mesma ideia da anterior, mas neste caso o cobogó não é vazado. Loja Hi-Lo, em Belo Horizonte.

kogan2

O arquiteto Márcio Kogan criou o Cobogo Haaz,  uma versão mais moderna do cobogó feita em mármore branco para uma exposição na Turquia. Lindo demais!

Inspirações… parece mas não é!

casa cor sao paulo renda

Chapas de alumínio que reproduzem um desenho rendado foram aplicadas sobre uma grande caixa de madeira. Projeto Marcia Coelho para a Casa Cor São Paulo 2009.

fachada loja farm rio

Treliças de ferro que lembram o assento de uma cadeira de palha. Fachada da loja Farm de Ipanema, projeto Bel Lobo.

cobogo moderno

A fachada recria elementos da arquitetura árabe sob nova ótica, uma releitura dos muxarabies treliçados de madeira. Os diafragmas são metálicos e possuem aberturas em diversos tamanhos e formas geométricas que se abrem e fecham de acordo com as condições externas de luz, como se fossem uma câmera fotográfica.Instituto do Mundo Árabe em Paris, projeto do arquiteto Jean Nouvel.

CONTINUA AQUI





7 dicas para organizar sua estante
Postado Por - 08 de janeiro de 2010
As estantes podem ser usadas em qualquer ambiente cumprindo a difícil função de organizar. São livros, louças, coleções, enfeites… Podem ser feitas em madeira, MDF, gesso, concreto… Depende muito do ambiente e do orçamento. Eu prefiro modelos mais simples e que misturem partes fechadas – pra guardar o que for feio, desengonçado, velho – e abertas – onde só pode ficar o que é bonito.

Mas cuidado! Uma estante bagunçada acaba com qualquer ambiente. Já uma boa organização valoriza o espaço, o móvel e os objetos, por mais simples que sejam. Por isso, aí vão algumas dicas pra você ter uma estante bem organizada e linda!

1. O primeiro passo para uma boa organização é uma boa faxina!!! Jogue fora, doe, conserte, recicle, reforme… Nada de encher a estante – e a casa – com badulaques e objetos sem a menor utilidade.

estante-embaixo-da-escadaCasa Cor Rio 2009, projeto Paola Ribeiro. Estante linda de madeira com iluminação por trás das prateleiras. O aproveitamento do vão da escada ficou muito bom!

2. O ideal é fazer um móvel sob medida, de acordo com o tamanho do ambiente e com as suas necessidades. Antes de encomendar, veja tudo que você pretende guardar e preste atenção nas medidas. Prateleiras com altura regulável permitem adaptações e evitam o desperdício do espaço.

Estante em laca cinza. Foto Revista Casa e Jardim.

3. Guarde livros mais antigos, apostilas, pastas e coisas que não combinem com a atual decoração em espaços fechados. Se sua estante for toda aberta, use e abuse das caixas! Escolha um modelo bem lindo e reúna objetos da mesma família, pra ser mais fácil achar depois.

estante-casa-cor

Home Office da Casa Cor São Paulo 2009, projeto Simone Goltcher. Estante feita em mdf com acabamento em laca branca e iluminação com xenon. A escada de bambu é um charme!

Caixas em couro branco com etiquetas. Foto Revista Casa e Jardim.

4. Separe oslivros por tema e coloque num canto para facilitar a visualização. Livros de uma mesma coleção devem ser dispostos juntos. O mesmo serve para as revistas. O ideal é não acumular edições antigas, a não ser que elas sejam consultadas constantemente.  Coloque na estante de forma horizontal ou vertical e disponha elementos de decoração junto a elas pra dar uma graça.

Estudio do Estilista Jum Nakao, projeto de Clélia Regina Angelo.

5. A distribuição das peças nas prateleiras de uma estante deve ser equilibrada, ou seja, o volume deve ser parecido em cada uma delas. Proporção é a palavra! Misturar peças decorativas na estante é essencial! Objetos coloridos dão vida entre os livros. Já as coleções e lembranças de viagem dão personalidade, mas com bom senso. Agrupe de acordo com a procedência, o estilo ou as cores. Ou então, o melhor é misturar esses objetos com os livros.

Estante em madeira e formica preta. Foto Revista Casa e Jardim.

6. Um truque para disfarçar as lacunas do móvel é escolher um livro com uma bela capa e colocá-lo na vertical, à mostra, no fundo da prateleira. O mesmo pode ser feito com um quadro. Fica lindo!

Em mdf com laca branca. Linda a parede do fundo em cimento queimado! Foto da Revista Casa Claudia.

7. Ter espaços vazios é super importante para dar leveza e valorizar as melhores peças. Por isso, mesmo que você só tenha objetos e livros lindos, não se empolgue! Mantenha alguns itens guardados e troque frequentemente, pra variar!

estante-de-casa-cor

Casa Hotel 2009, projeto Andre Teixeira e Fernanda Negrelli.  Estante em gesso acartonado, com fundo de espelho e papel de parede.

estantes-02

Em madeira ebanizada, essa estante ficou linda dividindo ambientes! Projeto Paula Andrade e Marcus La Motta.

+ como organizar e arrumar

+ estantes






Diariamente, recebemos vários comentários e emails pedindo dicas ou soluções para algum detalhe específico. Tentamos responder à maioria, mas é impossível atender a todos imediatamente. Então, se você deixou algum recadinho por aqui, ele será respondido ou um post será feito pra deixar tudo bem explicado!