About Mariana Lombardi

This author has not yet filled in any details.
So far Mariana Lombardi has created 576 blog entries.

Cozinhas estreitas

Cozinhas estreitas são comuns em apartamentos pequenos e nos trazem um desafio: inovar quando somos obrigados a colocar alguns itens que ocupam muito espaço – geladeira, fogão e forno, máquina de lavar roupa…

O post de hoje é para nos mostrar que pequenos detalhes podem fazer diferença e deixar esses ambientes super interessantes!

1- Cozinha pequena e estreita, com acabamentos brancos + detalhes de madeira clara na parede + piso de porcelanato tipo Mármore Carrara. Adorei o efeito da iluminação linear, tanto no teto como nos armários, seguindo o mesmo desenho da cozinha. Projeto Fernanda Marques.

2- Cozinha com copa integrada e painel/porta de madeira que escondem a área de serviço. Atenção para a disposição da geladeira, escondida atrás de um painel frisado que já serve de apoio para a mesa.

3- Manter o mesmo piso em ambientes integrados ajuda na sensação de que o espaço é maior. Aqui, a copa e a cozinha têm o mesmo piso de porcelanato tipo cimento queimado + acabamentos brancos. Observem que as bancadas têm profundidades diferentes (40 e 60cm). Projeto Figueiredo Fischer.

4- Cozinha pequena, com acabamentos em branco, madeira e preto. E essa parede na frente da pia?! ♥ Tem frisos verticais + prateleiras de madeira em “U” (mesmo acabamento da torre quente) para colocar enfeites, temperos e potinhos de biscoito. As prateleiras são ótimas soluções para cozinhas estreitas! Projeto Sérgio Caus.

assim eu gosto cozinha parede cimento queimado portobello

5- Cozinha com nicho de madeira no armário da frente da pia, que é todo branco. Uso muito essa ideia de nichos como bancadas de apoio, é uma ótima alternativa para cozinhas estreias, pois os armários podem ter profundidades menores do que as bancadas. Projeto Juliana Pereira Pulse. Foto Guilherme Jordani.

6- Assim como a maioria das cozinhas estreitas das fotos anteriores, essa aqui tem iluminação linear, no sentido do comprimento. Esse efeito pode ser feito com um rasgo no gesso + iluminação embutida ou com uma luminária linear embutida no gesso. O mercado oferece várias opções de modelos, inclusive sob medida. Projeto LB Arquitetura e Interiores.

7- Essa cozinha integrada tem fogão, pia e geladeira numa única parede, o que é uma boa ideia para cozinhas estreitas. Sem falar no espelho na frente da pia, que passa a impressão de uma cozinha mais larga. Na parede oposta, com menor profundidade, ficam um armário com nicho + uma bancada de apoio. Projeto Sesso & Dalanezi. Foto Thiago Travesso.

8- Cozinha com a mesma proposta de layout da anterior, que aliás é bem comum em apartamentos pequenos. A área de serviço fica escondida atrás da porta de vidro jateado. Projeto Mariane e Marilda Baptista.

9- Cozinha comprida, com luminária linear + vidro jateado na área de serviço. Um detalhe: bancadas mais altas (h=110cm) são para banquetas altas, que tem várias opções com desenho slim, dessas que ocupam pouco espaço no ambiente. Projeto Pedro Félix. Foto Gustavo Xavier.

10- Um dos grandes problemas numa cozinha estreita é o tamanho da geladeira. Aqui, para não abrir mão de uma geladeira grande, a solução foi tirá-la do corredor e aproveitar a largura da área de serviço. Projeto Milena Bomediano.

11- Ambiente pequeno, com armários e bancadas na mesma cor. A área de serviço fica escondida atrás de portas de correr. A parede de tijolinho é o ponto de destaque, adorei! Projeto Ana Colnaghi.

12- Cozinha linda, com bancadas e armários brancos + revestimento de inox nas paredes + ponto de cor nas cadeiras amarelas (que poderia ser qualquer outra, já que o ambiente é bem neutro). Projeto Taís Netto.

13- Cozinha preta e branca + detalhes amarelos. Gosto da ideia de ter a torre quente com cor de destaque.Projeto Adriana Agostinho.

Dicas!

-Cuidado com o tamanho e a disposição dos eletrodomésticos, verifique as medidas antes de comprar;

-A circulação deve ter no mínimo 90cm, ainda mais se ela for passagem para a área de serviço ou porta de entrada de serviço;

-No caso de bancadas com cadeiras ou banquetas, escolha modelos pequenos e com encosto fininho (ou sem encosto) para garantir a passagem das pessoas quando alguém estiver sentado;

-A profundidade padrão das bancadas de pia/fogão é entre 60 e 70cm. Os armários para louça podem ser menos profundos, com 35/40cm.

-Procure por mais cozinhas na Busca Refinada. Tem várias ideias lindas!

By |2018-11-12T14:20:19+00:00agosto 17th, 2017|Ambientes|2 Comments

Como definir a entrada da casa

Como definir a entrada da casa é um grande desafio, pois devemos considerar uma lista de fatores que devem funcionar em harmonia: o estilo da casa e da porta de entrada, o tipo de muro/portão, o piso externo (calçada) e o interno (hall de entrada), o jardim, a iluminação, a funcionalidade, a estética,… Dá um trabalhão! Por isso, resolvi selecionar algumas entradas de casas, cuja junção desses fatores foi bem resolvida.

piso entrada casa escada iluminacao

1- Casa com desnível e 3 tipo de piso: granito com iluminação embutida na escada + pedra cinza na garagem + grama perto do muro. A porta de entrada e o portão da garagem são de madeira ripada e o muro é todo revestido de pedra portuguesa vermelha. Projeto Ivana Cabral.

piso da entrada de casas

2- Casa moderna com fachada formada por brises verticais de madeira + entrada com espelho d’água e piso de pedra escura (pode ser um granito preto lixado), que formam um caminho irregular, com peças de tamanhos diferentes que parecem flutuar na água. Que efeito mais lindo! Projeto Pitsou Kedem.

3- Fachada de madeira ripada + entrada com piso de mármore travertino + iluminação marcando o caminho até a porta e destacando o paisagismo. Amo esse recurso de colocar as luminárias no piso e dos dois lados do caminho de entrada, uso muito nos meus projetos. Projeto Fernanda Marques. Foto Demian Golovaty.

4- Aqui a entrada da casa fica próxima da área de lazer, com piso formado por vários blocos de cimento queimado, que tem tamanhos e alturas diferentes, contrastando com a madeira das esquadrias. Olha o efeito desse pórtico de entrada com marquise em balanço! Projeto Elouardighi Mounir.

5- Fachada de mármore travertino + madeira escura + iluminação caprichada. O piso da entrada da casa (e acho que a garagem também) segue o mesmo padrão dos acabamentos das paredes, o que deixa o projeto ainda mais bonito e elegante. Projeto Elaine Zanon e Cláudia Machado.

6- Casa clarinha, com fachada revestida de mármore + piso no mesmo material + porta de entrada suntuosa, que além do pé direito duplo, tem os portais bem largos. Projeto Babi Teixeira. / 7- Porta de entrada branca + degraus soltos com piso de mármore ou granito (pode ser um granito branco acinzentado sem polimento).

8-Uau, que casa linda!A escada chama atenção por seus vários detalhes: degraus irregulares de pedra branca (ou seria cimento queimado?) que se espalham sobre o jardim e formam até uma área de espera (com banco de madeira) + iluminação embutida embaixo do degrau e ponto de led nos cantos superiores. A fachada tem parede de cimento queimado, madeira ripada e vidro. O jardim também merece destaque, super bonito! Projeto Leonardo Pascual. Foto Denilson Machado.

9- Entrada com piso de pedra e grama intercalada + iluminação com postinhos + jardim bem trabalhado. A porta pivotante de madeira é enorme e tem detalhe interessante na abertura, linda! Projeto Daniel Moura. Foto Fellipe Lima.

10- Entrada irregular, com piso claro de pedra + fonte nas duas laterais (acho chique!) + porta de madeira e vidro + pórtico de tijolinhos. Paisagismo Roberto Riscala.

Dicas!

-O piso mais nobre deve ser o da entrada de pedestre, caso você decida usar mais de um tipo de piso. Ele deve combinar com o piso do hall, por isso é comum o uso de mármores com acabamento rústico, tipo mármore travertino bruto.

– Uma ótima opção para o piso da entrada da casa é o granito sem polimento (levigado, apicoado, lixado), que fica bonito, nobre e é antiderrapante, sem ter o alto custo do mármore.

*Também vale dar uma olhadinha nos nossos posts sobre fachadas, portas de entrada e muros. Além das sugestões de piso para área externa.

 

Gostaram do post? Que outro tema gostariam de ver por aqui?

By |2018-11-12T14:00:22+00:00agosto 14th, 2017|Arquitetura|1 Comment

Cor da tinta: azul claro

cor da tinta take five sherwin williams

Olha que tom de azul clarinho mais lindo! Esse quartinho de duas irmãs tem a parede da cabeceira com tinta azul claro da Sherwin Williams, cor Take Five (6513) + cabeceira de laca branca (h=120cm) + adesivo de cerejeira da Elitize + enxoval de corujinhas da Pottery Barn. Uma ideia simples, fácil de fazer e com um efeito super delicado!

Foto revista Casa Cláudia.

Obs: Já que o monitor pode distorcer os tons, para escolher com mais segurança, compre uma latinha pequena e faça antes um teste de cor num pedaço mais escondido da parede. Para um acabamento mais bonito, use tinta acrílica acetinada. Veja a cor da tinta numa foto do catálogo e observem como a iluminação natural deixou a tinta mais clarinha:

+ cores de tinta aqui

By |2017-08-13T19:11:02+00:00agosto 13th, 2017|Dicas|0 Comments