assim eu gosto
Tijolo aparente – como escolher o seu
Postado Por - 06 de fevereiro de 2017

—–> continuação dos posts Tijolo Aparente (1) e Tijolo Aparente (2)

O tijolo aparente é assunto recorrente por aqui, já falamos várias vezes e ele continua atual, sendo uma excelente opção de revestimento. A cada ano as marcas investem em novidades, aumentando a variedade e “dificultando” a nossa escolha. São tantos tão lindos, qual é o nome desse que eu gostei?!

Para facilitar, fiz uma lista com as opções que costumo indicar para os meus clientes. São produtos maravilhosos, todos top de linha! 😉 Se tiverem mais sugestões, podem indicar que incluo no post, ok?

Lembrando que o tijolo aparente original depende da estrutura da casa e de como as paredes foram construídas. Se os tijolos existentes estiverem bem conservados, tem que ver a melhor forma de reaproveitá-los (falamos aqui). Já os tijolos artesanais são as opções que vou mostrar, podem ser de argila, cerâmica ou outros materiais e terem o mesmo aspecto do tijolo original.

ALGUMAS MARCAS E SUAS OPÇÕES

* Todas as empresas oferecem variedades de cores, acabamentos e tamanhos.

* Podem ser usados em ambientes internos e externos (muros e fachadas).

* As peças têm medidas de aproximadamente 7x22cm. A espessura geralmente é de 1cm, o que facilita a instalação.

* O tipo de assentamento mais atual é o com junta seca, ou seja, as peças são instaladas bem próximas uma da outra (com juntas mínimas em torno de 2mm) e ficam sem rejunte.

* Se o acabamento for de barro, o ideal é passar algum selador depois de finalizada a instalação, para evitar que soltem pó.

* A iluminação interfere na cor real do tijolo, confira o produto pessoalmente antes da sua escolha final. Dica: a luz quente deixa o efeito do tijolinho ainda mais bonito!

* Para mais informações e locais de venda, coloquei o site de todas as marcas junto com as descrições.

*Brick Studio – tijolos feitos de argila e cerâmica, com 12 cores diferentes. Dentre os mais parecidos com o tijolinho convencional estão: Morocco (é um dos mais usados da marca) e Grand Canyon (um pouco mais avermelhado). Mais informações aqui.

Projetos: Eliane Cardoso e Fernanda Gonçalves/ casa em Tatuí- SP/ sala 707 Arquitetura.

*Lepri – tijolos feitos de cerâmica e materiais sustentáveis, como resíduos de lâmpadas fluorescentes e louças. Acho que é a empresa com a maior variedade, com peças que reproduzem desde os tijolos clássicos ingleses até os de demolição. A linha Brick tem 7 categorias diferentes: Mattone, Contemporâneo, Anticatto, Natura, Torrone, Tradizzionalle e Marmo. Dentre os mais parecidos com o tijolinho convencional estão: Brick Mattone Rosso e Brick Contemporâneo Terracota. Mais informações aqui.

Projetos: sala Renata Lemos/ sala Jóia Bérgamo/ as duas salas de jantar por Meyer Cortez Arquitetura/ cozinha Adriana Giacometti.

*Palimanan – tijolos feitos de barro. A Coleção Tijolos tem 11 categorias diferentes e os mais parecidos com o tijolinho convencional são: Inglês Duet (um dos mais populares da marca), Provence Marceille e Rockface Colorado (esse é mais rústico). Mais informações aqui.

Projetos: jantar Duda Porto/ sala tv Zai Arquitetura/ sala tv GF Projetos/ bebê Daniela Schimitt / quarto Paola Ribeiro / churrasqueira Maria Antônia Castro.

*Pasinato – tijolos feitos de cerâmica natural, com mesclas de diferentes tonalidades. Na linha Trend Stone, as peças mais parecidas com o tijolinho convencional são: Vulcano Brick Stromboli (que é mesclado) e Vulcano Brick Vesúvio. Mais informações aqui.

Projetos: sala Melissa Colle/ sala Taíssa Carvalho/ sala de jantar Drops Arquitetura .

*Passeio – tijolos feitos de barro, o autêntico tijolinho. Tem dois tipos de acabamento nas bordas: Brique (mais rústico, que pode ser usado com o rejunte de 1cm, bem convencional) e Brique Lisser (com borda lisa). Dentre as várias colorações disponíveis, que podem ser mescladas, o Puro (tom natural do tijolo) e o Terracota (um pouco mais claro e menos vermelho) são os mais parecidos com o tijolinho convencional. A marca tem também o tijolo de tamanho grande. Mais informações aqui.

Projetos: sala Denis Resende/ sala tv Cyntia Sabat/ Rio Arquitetura/ Cristiane Maciel e Sony Luczyszyn.

*Portobello – tijolos feitos de cerâmica, com acabamento mais polido. Dentre os mais parecidos com o tijolinho convencional estão: Brit Abbey Road (peças de cores irregulares), Terracotta Di Bologna e Terracota Muro TramontoMais informações aqui.

Na segunda foto, projeto Beto Gebara e Marila Filártiga.

*Santa Luzia – tijolos feitos de poliuretano reciclado (tipo isopor), super leves. Com 14 opções de cores, os mais parecidos com o tijolinho convencional são: Ecobrick Terracota (mais claro) e Ecobrick Tijolo Envelhecido (mais escuro). Mais informações aqui.

Projeto: Cyntia Queiroz/ fachada Flávio Melo.

*Papel de parede tipo tijolinho – é a maneira mais prática de ter uma parede de tijolinho, mas a menos bonita, na minha opinião. Diante de todas essas marcas que citei, nenhum papel consegue dar o mesmo efeito – pelo menos os que eu conheço (mas aceito sugestões!). Não tenho um álbum específico para indicar, dei um Google e seguem os meus preferidos: 1  2  3  (na ordem da foto, não vi nenhum pessoalmente).

.

Gostaram do post? Que outro material vocês gostariam de ver por aqui?

.

+ dicas de materiais e revestimentos aqui





Wishlist
Postado Por - 27 de janeiro de 2017

A Poltrona Trik, do designer Jader Almeida é a minha paixão do momento! ♥ Lançada em 2016, é suuuuuper confortável, tem desenho diferenciado e pode ser usada em diversos tipos de ambientes, inclusive naqueles cantinhos, onde as costas da poltrona ficam evidentes. A base pode ser fixa ou giratória, com acabamento em tecido ou couro na parte posterior. É fabricada pela Sollos, com preço a partir de R$ 10 mil.

*Em alguns ambientes:

Poltrona Trik, na cor azul marinho, como peça de destaque num ambiente clarinho, com móveis off-white e de madeira clara.

A mesma poltrona azul, mas aqui o ambiente é bem mais escuro, com paredes pretas, iluminação direcionada e mobiliário de design arrojado. Projeto Moacir Schmitt Jr e Sálvio Moraes Jr.

Poltrona Trik, em tecido fendi + couro. Sala com piso de mármore + parede e teto de madeira ripada + mobiliário elegante + pendentes Nut. Projeto TSAE Arquitetos.

Com diversos tipos de acabamentos e cores, inclusive na opção couro + tecido.

Quem também amou essa poltrona? 





Pendentes leves e modernos na mesa de jantar
Postado Por - 20 de janeiro de 2017

Pesquisando sobre pendentes leves e modernos para serem usados em salas de jantar, me encantei com a variedade de opções. São luminárias com design diferenciado, acabamento metálico (nas cores prata, preta, dourada, bronze, rose…) e algumas tem detalhes em vidro ou no próprio metal.

Na maioria dos projetos eu identifiquei as peças e coloquei o nome e site, mas faltaram algumas e quem quiser ajudar é só falar que atualizo o post, combinado? 

Pendente Heracleum II, deMarcel Wanders e Bertjan Pot, para a Moooi. Essa luminária lembra uma planta mediterrânea com folhas ramificadas e é de um material (electrosandwich) que dispensa fiação interna, tem em dois tamanhos. Sala de jantar com acabamentos em madeira clara e off-white (paredes, cortinas e o tecido das cadeiras) + pendente leve e orgânico. Projeto Patrícia Martinez.

Pendente Heracleum II, da Moooi. Sala de jantar com mesa grande e cadeiras estofadas + pendente de destaque + jardim de inverno. Projeto Adriana Mundim e Fernanda Galvão.

Pendente Heracleum II, da Moooi. Mais duas salas com esse pendente de latão e led (acho lindo demais!), cuja madeira é o principal acabamento da decoração. Na primeira foto, projeto Anna Malta e a arquiteta Andrea Duarte.

Pendente Xadrez, da Cristiana Bertolucci, que tem hastes metálicas (cor latão escovado) e lâmpadas aparentes. Nesse ambiente da Casa Cor Brasília, o pendente moderno foi usado numa varanda de estilo despojado, com parede e mesa de madeira + cobogó Luna da Solarium. Projeto Juliana Santana.

Pendente Xadrez 3D, da Cristiana Bertolucci, com acabamento em latão escovado. Ambiente elegante da Mostra Artefacto, com pendente leve + mesa oval branca e cadeiras de madeira e couro caramelo + tapete geométrico + painel de madeira em ripas. Projeto Roberta Banqueri.

Pendente Xadrez 3D, da Cristiana Bertolucci. Loft da Casa Cor Brasília, com acabamentos em cimento queimado, mármore e madeira + pendente moderno. No fundo, observem o banco de madeira + pendentes com lâmpadas de filamento. Projeto André Alf.

Pendente Nó, da Cristiana Bertolucci. Na mesma linguagem do Xadrez, mas com o desenho mais irregular, esse pendente permite diferentes montagens. Aqui, sala de jantar com mesa de madeira e cadeiras de couro + parede de madeira e piso de mármore travertino.

Pendente Brotas, da Cristiana Bertolucci. Sala atual, com mobiliário neutro e pendente de metal e vidro sobre a mesa de jantar de madeira + cadeiras de palhinha + quadro formado por uma composição de fotos. Projeto Triplex Arquitetura.

Pendente de vidro retorcido e detalhes cromados. Sala de jantar com mesa grande de madeira de demolição + paredes revestidas de madeira (com detalhe do nicho para os quadros) + piso de cimento queimado. Projeto Fernanda Cassou.

Pendente de vidro retorcido e detalhes cromados – o mesmo do projeto anterior, numa proposta totalmente diferente. Aqui a sala é mais moderninha, com móveis de laca e madeira. Projeto NR Arquitetura.

Pendente Modo, do Jason Miller, do Roll & Hill. Pendente de vidro e metal. Sala de jantar moderna, com 2 pendentes sobre a mesa retangular de laca branca. Projeto Fernanda Cassou.

Pentende Taraxacum 88 S, da Flos. Luminária super diferente nessa sala com mesa redonda prata e cadeiras estofadas em cinza + papel de parede listrado em preto e branco. Projeto Moacir Schmitt e Sálvio Junior.

Pentende Taraxacum 88 S, da Flos. Projeto em tons terrosos, com mesa de madeira e cadeiras de couro + parede com pastilhas douradas.

Luminária de lâmpadas de filamento. Esse tipo de composição formada por várias lâmpadas de filamento já não é novidade e pode ser encontrada em várias lojas. Pode ser usado em todos os tipos de ambientes, em diferentes quantidades, desenhos e cores. Eu adoro o efeito e acho que tem ótimo custo x benefício! Projeto Adriana Piva.

Pendente AIM, da Flos. Sala de jantar com acabamentos claros, mesa e cadeiras de madeira + pendentes pretos como destaque. Projeto Fernanda Cassou.

Pendente Tabla P, da Cristiana Bertolucci, com acabamento preto (não tenho certeza se é esse, mas parece bastante!). Sala de jantar com piso preto + parede de tijolo aparente + mesa branca e cadeiras estofadas com tecido geométrico. Adorei a ideia dos 5 pendentes fixados na parede e disfarçando a viga que passa justamente em cima da mesa! Projeto Drops Arquitetura.

Pendentes String Light Sphere, de Michael Anastassiades para a FLOS. Sala de jantar com pendentes formando desenho no teto, lindo e simples, eu adorei! A decoração tem parede de pedra + painel de laca ao lado da mesa + mesa branca e cadeiras de madeira e couro. Projeto Dubal Arquitetura.

Pendentes redondos de metal e vidro. Sala de jantar leve, com pendentes de vidro sobre a mesa de madeira com cadeiras de palhinha. Projeto Bruno Carvalho e Camila Avelar.

Pendente Cine, da Bertolucci, formado por 8 refletores de latão escovado com madeira (também podem ter 4 ou 6 refletores). Loja Dpot com mesa grande de madeira (10 lugares) + luminária  que permite diversos focos de luz. Projeto Paulo Corrêa.

Pendente Cine, da Bertolucci, com 6 refletores de cobre e madeira. Sala de jantar com materiais neutros e luminária de destaque + mesa de madeira + parede revestida de madeira (adorei esse detalhe do aparador cavado) + espelho bronze. Projeto Drops Arquitetura.

Pendente Cine, da Bertolucci, com 4 refletores de latão escovado. Sala de jantar com mesa retangular e cadeiras com estofado geométrico + quadros de fotografias sequenciais (num lindo tom de verde) + aparador de madeira. Projeto Triplex Arquitetura.

♥ Coloquei mais algumas fotos na nossa pastinha de pendentes no Pinterest!

+ salas de jantar aqui





Moodboard
Postado Por - 18 de janeiro de 2017

Olha a leveza que essas prateleiras fininhas dão nessa estante! Elas são metálicas, com pintura preta e fixação estruturada no próprio painel de madeira Nogueira (ou na parede). Elas também podem ser de madeira laqueada de preto, mas não aguentariam o peso desses objetos que estão expostos na foto. O fundo é revestido de madeira de tom médio e veios na vertical – já mostramos aqui. Observem que os enfeites são grandes, como os vasos brancos e o quadro; os livros coloridos são sempre ótimas escolhas para locais com materiais neutros (madeira e preto).

Projeto Fernanda Cassou.





Revestimentos 3D
Postado Por - 15 de agosto de 2016

Revestimentos 3D são lindos, atuais e versáteis! Eu sou apaixonada por esses acabamentos, tanto que sempre postamos por aqui e também no Instagram, e logo perguntam o que é, qual a marca, onde vende… ou seja, a paixão não é só nossa, todos querem usar texturas nas paredes de casa!

revestimentos 3d biancogres assim eu gosto

Essa versatilidade que conquistou a todos garante novidades constantes, pois as marcas investem em novos produtos e o mercado tem várias opções de materiais, acabamentos, desenhos e cores. Sem falar que podem ser usados em diversos ambientes, desde salas e quartos, até cozinhas e banheiros.

Hoje, vamos falar dos revestimentos 3D da Biancogres, empresa parceira aqui do blog ♥, que tem produtos desenvolvidos por uma equipe especializada, sintonizada com as tendências mundiais de design, criando acabamentos que podem ser usados em ambientes residenciais e comerciais, desde os mais simples até os mais sofisticados.

Os revestimento com textura da Biancogres são ideais para as paredes, tem acabamento acetinado, formato 33x58cm e são retificados (o que permite a junta de 1mm, deixando um rejunte mínimo e quase imperceptível). Entre os meus favoritos estão:

biancogres galax bianco

É um revestimento com relevo, formando listras irregulares e de diferentes tamanhos. Veja mais sobre ele aqui.

parede textura galax bianco biancogres revestimento 3d

Banheiro revestimento Biancogres Galax Bianco + aparador de porcelanato bege. Adorei a iluminação, que destacou a textura do material e deixou o ambiente lindo! Foto Júlia Ribeiro.

biancogres stelle bianche

É um revestimento com relevo, formando desenhos que lembram estrelas. Veja mais sobre ele aqui.

revestimento com relevo biancogres stelle bianche

Copa com pé direito alto e meia parede revestimento Biancogres Stelle Bianche + pintura bege escuro. Adoro a ideia desse material  sendo usado na copa!

apartamento parede textura 3d biancogres

Cozinha com parede lateral revestida de Biancogres Stelle Bianchi + piso de porcelanato Biancogres Chicago Grigio + bancada de mármore e armários de madeira. Projeto Vitor Souza.

banheiro marmore travertino textura branca

Banheiro com acabamentos em mármore Travertino + bancada de silestone branco + parede de Biancogres Stelle Bianche. Projeto Heloísa Santos.

banheiro parede textura revestimento 3d biancogres

Dois banheiros com revestimento 3D texturizado nas paredes do box (Biancogres Stelle Bianche) + nicho para shampoo cavado na parede (um de concreto aparente e outro de mármore branco). Projeto Studio 247 e Tais Netto.

biancogres stelle fendi

É um revestimento com relevo, formando desenhos que lembram estrelas. Veja mais sobre ele aqui.

revestimento parede sala biancogres stelle bianche

Parede com revestimento Biancogres Stelle Fendi + aparador de madeira e laca branca + lindos enfeites. Adorei esse cantinho!

parede sala textura fendi

Sala com piso de porcelanato + detalhes de madeira + parede texturizada cinza (Biancogres Stelle Fendi), destacando o sofá e o mobiliário contemporâneo.

porcelanato biancogres stelle fendi marmore

Banheiro com paredes revestidas de Biancogres Stelle Fendi + piso  de porcelanato Calacata Cremo, da Biancogres + bancada de mármore Carrara. Olha que legal o efeito dessa pintura no teto! Projeto Marco Dias Reis.

revestimento textura biancogres stelle fendi

Cozinha com bancada de granito preto + parede revestida de Biancogres Stelle Fendi. Lindo! Projeto Fernanda Schmitd.

*Os produtos da Biancogres podem ser encontrados em diversas lojas pelo país, para saber o local mais próximo de você, clique aqui.

.

+ materiais e revestimentos aqui






Diariamente, recebemos vários comentários e emails pedindo dicas ou soluções para algum detalhe específico. Tentamos responder à maioria, mas é impossível atender a todos imediatamente. Então, se você deixou algum recadinho por aqui, ele será respondido ou um post será feito pra deixar tudo bem explicado!